Crepúsculo :. Stephenie Meyer


CREPÚSCULO
STEPHENIE MEYER
Intrínseca

Título original - Twilight
Título em espanhol - Crepúsculo
Título em português (Portugal) - Luz e Escuridão

PRIMEIRO VOLUME DA
SÉRIE 'CREPÚSCULO'

"NUNCA PENSEI MUITO EM como morreria - embora nos últimos meses tivesse motivos suficientes para isso -, mas, mesmo que tivesse pensado, não teria imaginado que seria assim. (...) Sem dúvida era uma boa forma de morrer, no lugar de outra pessoa, de alguém que eu amava. Nobre, até. Isso devia contar para alguma coisa."

Isabella Swan chega à nublada e chuvosa cidadezinha de Forks - último lugar onde gostaria de viver. Tenta se adaptar à vida provinciana na qual aparentemente todos se conhecem, lidar com sua constrangedora falta de coordenação motora e se habituar a morar com um pai com quem nunca conviveu. Em seu destino está Edward Cullen.

Ele é lindo, perfeito, misterioso e, à primeira vista, hostil à presença de Bella - o que provoca nela uma inquietação desconcertante. Ela se apaixona. Ele, no melhor estilo "amor proibido", alerta: Sou um risco para você. Ela é uma garota incomum. Ele é um vampiro. Ela precisa aprender a controlar seu corpo quando ele a toca. Ele, a controlar sua sede pelo sangue dela. Em meio a descobertas e sobressaltos, Edward é, sim, perigoso: um perigo que qualquer mulher escolheria correr.

O que Bella não percebe é que quanto mais se aproxima dele, maior é o perigo para si e para os que a cercam. E pode ser tarde demais para voltar atrás... Combinando sensualidade e mistério, romance e fantasia, Stephenie Meyer produz uma trama de extraordinário suspense neste primeiro volume da série que marcou sua estréia literária. Tremendamente sedutor, Crepúsculo mantém seus leitores ligados até a última página.

Clique aqui e leia o primeiro capítulo, publicado no site da editora Intrínseca.

Site oficial do livro no Brasil:
http://www.intrinseca.com.br/crepusculo


O FILME

CREPÚSCULO

Título Original: TWILIGHT

A série fez tanto sucesso que saiu das páginas para as telas pelo estúdio Summit Entertainment.

A história de amor entre uma mortal e um vampiro, chegou aos cinemas sob a direção da cineasta Catherine Hardwicke.

No papel de Bella está a jovem atriz Kristen Stewart. Já Edward é interpretado pelo ator britânico Robert Pattinson e Jacob é interpretado por Taylor Lautner.

A jovem Bella vai morar com seu pai em Forks e acaba se interessando por Edward, que esconde um segredo a respeito de sua origem. Os dois passam por momentos especiais juntos e descobrem o amor de uma maneira inocente.

Saiu o trailer oficial do filme "Twilight" que estreou no dia 21 de novembro de 2008 nos Estados Unidos.

No Brasil, estreiou em 19 de dezembro de 2008.

Clique aqui para ver o trailer legendado e saber mais informações sobre o filme.

Site oficial do filme: http://www.twilightthemovie.com/
Site oficial do filme no Brasil: http://www.crepusculofilme.com.br/

♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸.•♥
Recomendo!

Deixo aqui meu comentário construtivo sobre um excelente livro!

Para mais informações sobre a saga Crepúsculo
e sobre a autora Stephenie Meyer, clique aqui.

O livro marca a estréia da autora americana Stephenie Meyer na literatura como um fenômeno do mercado editorial. A autora surpreendeu destacando seu livro Crepúsculo, na lista dos mais vendidos do jornal New York Times. O livro faz parte de uma saga que reúne Lua Nova, Eclipse e Amanhecer, que traz o grande final, encerrando a saga, que se tornou uma febre ao vender mais de cinco milhões de exemplares em todo o mundo.

A saga até poderia ser uma história comum, se não fosse por um elemento irresistível: o objeto da paixão da protagonista é um vampiro. Assim, soma-se à paixão um perigo sobrenatural temperado com muito suspense, e com isso resulta-se numa leitura de tirar o fôlego. Um romance repleto das angústias e incertezas da juventude - o arrebatamento, a atração, a ansiedade que antecede cada palavra, cada gesto e todos os medos.


Nesse universo fantástico, os personagens - humanos ou não - se mostram de tal forma familiares em seus dilemas e comportamentos que o sobrenatural parece real. A autora torna perfeitamente plausível - e irresistível - a paixão de Bella, uma garota de 17 anos, por Edward, um vampiro encantador.

Abaixo deixo a sinopse:


“Nunca pensei muito em como morreria – embora nos últimos meses tivesse motivos suficientes para isso –, mas, mesmo que tivesse pensado, não teria imaginado que seria assim. (...) Sem dúvida era uma boa forma de morrer, no lugar de outra pessoa, de alguém que eu amava. Nobre, até. Isso devia contar para alguma coisa.”

Quando Isabella Swan se muda para a melancólica cidade de Forks e conhece o misterioso e atraente Edward Cullen, sua vida dá uma guinada emocionante e apavorante. Com o corpo de atleta, olhos dourados, voz hipnótica e dons sobrenaturais, Edward é ao mesmo tempo irresistível e impenetrável. Até então, ele tem conseguido ocultar sua verdadeira identidade, mas Bella está decidida a descobrir seu segredo sombrio.

O que Bella não percebe é que quanto mais se aproxima dele, maior é o perigo para si e para os que a cercam. E pode ser tarde demais para voltar atrás...

Combinando sensualidade e mistério, romance e fantasia, Stephenie Meyer produz uma trama de extraordinário suspense neste primeiro volume da série que marcou sua estréia literária. Tremendamente sedutor, Crepúsculo mantém seus leitores ligados até a última página.

Esclarecendo que esse é o primeiro livro do gênero sobrenatural e terror que leio, pois sou meio 'cabreira' com essas coisas. Confesso que morro de medo!!! (risos).

Eu peguei o primeiro livro da saga para ler, simplesmente porque havia muitos amigos que gostavam e falavam da série. Por isso, fiquei interessada em conferir. Tudo isso, muito antes da série virar febre mundial. Esse é um dos motivos que muitas pessoas entram no mundo ‘Crepúsculo’. A partir daí, eu li todos os livros da saga. E garanto que apesar de ser focada para o público juvenil, muitos adultos que gostam de histórias de ficção e fantasia irão se apaixonar pelos livros dessa série apaixonante e fascinante. Tenho certeza absoluta!!! ;)

Ao ler Crepúsculo no ano passado, senti-me inebriada!!! Me apaixonei pela essência da história de amor de Bella e Edward.
Ficava sonhando acordada... Apesar de ter adorado a saga, acho que a autora perdeu um pouco o rumo da história nos outros livros da série.

Mas, garanto que essa não é a melhor série de vampiros, mas sim uma linda história de amor!

Pois, depois dessa febre mundial, foram surgindo vários livros novos não conhecidos por aqui com o gênero 'vamp-lit' e várias séries, mas algumas delas ainda nem li, mas pretendo, entre elas "Academia de Vampiros", da Richelle Mead e "Sookie Stackhouse", da Charlaine Harris!


Mas, voltando ao assunto... :)

Primeiramente, confesso também que me apaixonei pelo Edward Cullen. Ai... ai... ai... Oh, my God! - Afinal, quem não se apaixonou por esse vampiro adorável e sonhou em ser Bella por um dia? (risos) - Apesar de ser um vampiro atormentado e sensual, Edward é incrivelmente perfeito, tudo que uma mulher sonha - exceto a parte do vampiro, já que acho meio nojento sangue... Eca! Então, quando lia me esquecia do 'vampiro', via eles como meros mortais. :) - Ele dá muita dor de cabeça, para muitos homens por aí. Ele é gentil, cavalheiro, lindo de morrer e... a lista não pára por aí. :) Ele é o companheiro perfeito, romântico, protetor, altruísta, adorável, inteligente, decente, generoso. Ahhh... Perfeitooo! Eu sei que lá no fundo tenho razão, pois o que seria de uma boa historia sem um exagero? Mas não vamos muito longe. (risos).

Segundo, adorei a epígrafe do livro, que é um trecho maravilhoso da Bíblia, porque tem tudo a ver com a história. Excelente!


Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim,
Disse Deus: Não comereis dele,
Nem nele tocareis
Para que não morrais.

~ Gênesis, 3:3 ~

Terceiro, amei a capa do livro, que faz uma linda simbologia com a maçã (e, no filme, essa é uma das cenas mais lindas!). Abaixo deixo uma curiosidade a respeito da maçã:

Segundo Stephenie Meyer, a maçã na capa de Crepúsculo representa o “fruto proibido”.

"Eu usei a escritura dos Gênesis (localizada depois das tábuas dos mandamentos) porque eu adorei a frase 'o fruto do conhecimento do bom e do mau'. Não é exatamente assim que Bella acaba? Com um trabalho de conhecimento do que é bom, e do que é o mau. O legal dessa maçã é que ela tem muitos outros significados simbólicos. Você tem a maçã de Branca de Neve, uma mordida e você fica congelado num estado de não-exatamente-morte… e aí você tem Paris e a maçã dourada da mitologia Grega - veja quantos problemas aquilo começou. Maçãs são frutas bem versáteis. No fim, eu amei a linda simplicidade da foto. Pra mim, ela diz: escolha."

(A tradução foi feita por mim, mas antecipadamente peço desculpas se tiver algum erro, já que não domino muito o idioma. Como achei muito interessante, resolvi traduzir e postar essa curiosidade aqui, mas esclareço que estou dando os devidos créditos. Se você quiser ler na íntegra, acesse o "FAQ de Twilight" no site oficial da autora, em inglês)

O enredo é muito diferente dos personagens dos romances contemporâneos, que mesmo com suas dificuldades, aproximam-se de nós, reais, como se os conhecêssemos. Por isso, esse livro torna tudo tão real, além dos sentimentos e emoções presentes em nós humanos e também traz conceitos inimagináveis, o que torna o romance intrigante.

A mortal Bella e o imortal Edward são o principal foco da saga, onde você acaba se rendendo ao encanto da paixão e do romance dos dois e fica sonhando e suspirando acordada... Eles são duas almas gêmeas, cujo amor impossível transcende todas as barreiras rumo à eternidade.

De três coisas eu estava convicta.

Primeira, Edward era um vampiro.

Segunda, havia uma parte dele – e eu não sabia que poder essa parte teria – que tinha sede do meu sangue.

E terceira, eu estava incondicional e irrevogavelmente apaixonada por ele.

~ Bella Swan ~

Não é porque me encantei por esse adorável vampiro, que dá vida e intensidade à trama, que gostei de tudo na série ou dos personagens. Em alguns momentos, fiquei atormentada, com raiva, frustrada, esbravejei, chorei, me emocionei, gargalhei... Enfim, tive as mais diversas emoções. Em outros posts, falarei um pouquinho mais do que gostei e desgostei, é claro, pois afinal nem tudo é perfeito! :)

É claro que esse livro nos traz uma grande lição! A capacidade de entender, separando a realidade da fantasia, que as dificuldades podem ser sanadas, que os medos podem ser superados, que os preconceitos podem ser abandonados, se o amor for realmente forte. Também nos ensina valores morais de amizade, lealdade, família, caráter, altruísmo, etc.

Essa história de amor com vampiros é impossível de largar antes do fim. Ela fervilha com a atração das paixões proibidas, somadas ao tempero inebriante do sobrenatural. Movida a suspense e romance, manterá os leitores virando as páginas furiosamente.

Gostei de todos os livros da saga, principalmente este que é o princípio de tudo, onde Bella e Edward se conhecem, e se apaixonam à primeira vista, e Jacob Black ainda é um personagem secundário, o que torna o livro mais interessante com muito assunto para os próximos livros da série.

Amei o carinho com que Edward trata Bella, além dos perigos que estão à espreita para atrapalhar esse amor.

Amei muitas partes no livro, aqui só citarei algumas delas - que são muito engraçadas -, já que são tantas... (risos):

~ Edward e os Cullen, é claro!
~ Quando Bella acorda e, ao ver que Edward ficou, sai correndo em cima do colo dele, que assusta. Hilário!
~ Quando Bella diz que odeia o frio e sangue (mal sabia ela que iria se apaixonar por um vampiro, que é "frio" e tem sede de sangue).
~ A aula de tipagem sangüínea, que foi muito engraçada também.
~ O encontro na campina e o primeiro beijo de Bella e Edward. Lindo demais!
~ A cena hilária do segundo beijo onde Bella desmaia nos braços de Edward.
~ A visita aos Cullen.
~ O tombo de Bella na campina, antes do jogo de beisebol.
~ A perseguição e as lutas dos vampiros com James.
~ O baile, etc...






A Editora Intrínseca lançou uma segunda edição especial do primeiro livro da série, que vem com um pôster exclusivo!

Não é linda?!

Quando terminei de ler todos os livros da saga, resolvi assistir ao filme baseado no primeiro livro: Crepúsculo. Apesar de ter gostado do filme, a fotografia e o Robert Pattinson encarnando o Edward, achei-o muito “fraco”. O filme edita e modifica muitas cenas importantes do livro. Preferencialmente, prefiro mil vezes os livros, que são muito mais emocionantes e apaixonantes!!!!

Não sei porque, mas sempre me decepciono um pouco com todos os filmes adaptados nos livros! (risos). O único filme que eu assisti, que foi superior ao livro, foi "Um Amor para Recordar", com Shane West e Mandy Moore, baseado no livro 'Um Ano Inesquecível', de Nicholas Sparks. Mas voltando ao assunto Crepúsculo... :)

O filme é um pouco incompreendido para as pessoas que não leram o livro, mas com seu estrondoso sucesso de bilheterias, elas buscam informações, facilitando a compreensão.

Com um orçamento muito modesto que adquiriram para a produção do filme, acho que ele poderia ser muito melhor, principalmente na questão dos efeitos especiais e sonoros. O filme tem alguns momentos ridículos, que podem provocar riso. Em particular por causa da maquiagem patética, que deixa os vampiros todos embonecados, com cara de pó de arroz. O trailer chama a atenção para a ação, mas esta é pouca. As fãs que me perdoem - podem chiar, falar à vontade -, mas nesse filme achei péssima a atuação dos atores.

Por outro lado, apesar do custo baixo, fizeram um bom filme, o que dá um ponto a favor.

O livro é excelente, uma história apaixonante! Um dos melhores que já li, mas como citei acima,
apesar de ter adorado a saga, acho que a autora perdeu um pouco o rumo da história nos outros livros da série.

A série é demais e empolgante! No livro, os personagens são muito mais apaixonantes do que no filme, principalmente o Edward. (O Robert Pattinson, apesar de ser lindo, ainda não me convenceu como o Edward nesse primeiro filme. Já no segundo filme, está bem similar ao do livro!!!). Mas, ainda prefiro o do livro! :)

Achei que o filme deixou muito a desejar, como citei acima.

Como fã da saga, espero que os filmes seguintes melhorem muito (porque hoje em dia uma das coisas mais questionadas são efeitos especiais e sonoros, maquiagem). Para um livro em série que é transformado em filme, as pessoas esperam melhorias em sua direção, produção e na atuação dos atores.

Aqui no Brasil, em 20 de novembro de 2009, estreiou a seqüência do filme Crepúsculo, que intitula-se A Saga Crepúsculo: Lua Nova. (Apesar de algo que achei 'bizarro', eu adorei, mas falarei sobre ele em outro post).

É isso aí, deixo aqui a minha dica de hoje!

Em outro post, falarei sobre o segundo livro da saga, Lua Nova
.


Algumas das fontes citadas são da Comunidade no Orkut, Wikipedia e do site oficial da autora Stephenie Meyer.

6 comentários:

  1. uuuuauuuu, que linda sua resenha... e agora me deu vontade d eler...

    ResponderExcluir
  2. Eu amei essa série.
    Eu li todos em 1 semana.
    Desesperador, não é ?
    Sonhei com os vampiros da Stephenie por um bom tempo ...
    Sua resenha ficou Nota 10.
    Beijos de fada.
    Luka.

    ResponderExcluir
  3. Adooro a saga Crepúsculo. Mas devo admitir que toda a vez que me pergunto tenho vergonha de admitir porque acabou virando modinha :/

    xxx

    ResponderExcluir
  4. Ei Carla,

    Menina mas vc não tem preguiça mesmo de escrever rsrsrs
    Eu amo esta sérei, já li umas 4 vezes ou mais todos os livros.
    Podem criticar falar o q quiserem, eu amo a história, os personagens tudo rs

    Já do filme não gostei não ;P

    bjo

    ResponderExcluir
  5. Oi! Tem um selinho pra você no meu blog :)

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Carla,
    sua resenha ficou perfeita.
    Você se aprofundou, pesquisou, ficou maravilhosa.
    Confesso que até fiquei com um pouco de vergonha da minha, que ficou MUUUUITO simples perto da sua, rs
    beijos

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.