NUNCA DESISTA DE VIVER :. Salem Cury


NUNCA DESISTA DE VIVER
Salem Cury
Lua de Papel 

Recomendo!

Apesar de não curtir muito os livros de autoajuda, esse pura e simplesmente surpreendeu-me completamente, porque foi um dos livros mais tocantes, que tive o prazer de ler.

Quero agradecer à editora Lua de Papel por ter cedido esse exemplar e  me concedido a honra de conhecer essa obra imperdível, que me proporcionou não só uma leitura profundamente emocionante, como também momentos de reflexão e de um grande aprendizado.

Recebi-o, dia 22/07/2010, juntamente com dois previews dos lançamentos da editora e dois marcadores. Adorei!

Neste livro, o autor, irmão do best-seller Augusto Cury, narra seu drama familiar e a forma como o superou, não desistindo de viver.

Salem Cury era um homem bem-sucedido, pessoal e profissionalmente. Era um juiz federal, que apesar de viajar bastante, era um pai e um marido presente, amado por sua esposa e por seus dois filhos. Até que um dia, no entanto, o destino se encarregou de dilacerar a felicidade que Salem vivia sem dar-se conta. Num fim de tarde, voltando de uma viagem, sua família seria brutalmente arrancada dele. Ele ficara em casa enquanto sua esposa levava para um passeio seus dois filhos e um amiguinho deles. O que era apenas um programa de fim de semana acabou por se transformar em uma tragédia. Um acidente de carro pôs um ponto final naquelas quatro breves existências. Uma emboscada? Vingança? Acerto de contas devido ao cumprimento de suas funções? Salem não saberia dizer com certeza. Sua vontade imediata era a de desistir da vida, entregar-se a lamentações e angústias, pensando em tudo que poderia ter sido e não foi. Mas, em um momento sublime, ele compreendeu, como se decifrasse uma mensagem mandada por sua família de onde ela estivesse, que precisava encontrar forças para seguir em frente.

É muito tocante você ler os trechos em que ele fala do seu amor incondicional pelos filhos, Salem e Salomão. Em muitos momentos emocionei-me, porque eram crianças adoráveis, espertas. É difícil assimilar essa tragédia!

Abaixo segue um trecho do autor, onde ele fala sobre isso:

"Levei quatro anos para ter a coragem de olhar todos aqueles acontecimentos bem de frente. Estranha colcha de retalhos.

Estava tomado pela amargura. Tão distante de tudo, que até a presença de muitas pessoas me incomodava. Queria ser confortado, mas paradoxalmente tendia a recolher-me em minha concha, caramujo escondido nas profundezas do mar.

Era preciso encontrar um jeito de acomodar, no peito, a dor da perda - e essa viverá comigo, eu sei - ao lado da esperança no presente e no futuro. A reconstrução íntima é um trabalho lento e delicado. Mas eu, Salem Cury, sou um exemplo vivo de que ela pode ser feita. Seja qual for a sua devastação. Tenho, hoje, mais forçaspara viver o presente e almejar o futuro. Eu consegui."

~ Salem Cury ~

Apesar do drama, há algumas passagens belíssimas no livro, alguns textos profundos citados pelo autor, que são de uma poesia, uma singeleza, que nos trazem lindos ensinamentos. O mais curioso é que eu já conhecia alguns deles.

De um momento para outro tudo se acaba
e as esperanças se despedaçam...

... até que se encontra um motivo para
viver e não desistir jamais.
Por mais intensas que sejam as adversidades, é preciso enfrentá-las. Se vamos superá-las, depende de nossa insistência. Se vamos vencê-las, depende de nossas forças Se doravante teremos forças, com certeza as teremos e de fato as encontraremos, se realmente as quisermos.

~ Pág. 21 ~

Recomendo esse livro a todos àqueles que sofreram a dor da perda e agora convivem com a saudade, como também àqueles que renderam-se aos inúmeros problemas que invadiram suas vidas e foram dominados pelo desespero e consequentemente pelo medo. Quem já não passou por isso, pensando que aquele momento de horror nunca ia acabar? É justamente nessas horas que temos a nossa vida colocada à prova em nossas mãos. Mas, no fim, acabamos vencendo, superando e prosseguindo... nessa batalha e jornada árdua.

Afinal, lendo esse livro, aprendi que podemos viver com grandes dificuldades e mesmo assim prosseguir, como também ressaltou ainda mais o que eu já sabia, que devemos valorizar aqueles a quem amamos ou que nos marcaram no decorrer de nossas vidas, enquanto estiverem ao nosso lado, antes de se distanciarem e se forem, definitivamente, sem avisar, seja um pai, um amigo, um irmão, enfim, uma pessoa querida por você e que faça parte da sua convivência diária ou da sua vida.

Enfim, pode faltar tudo em sua vida, mas, definitivamente, não lhe pode faltar alegria. Jamais desista de viver, apenas porque até hoje você não conseguiu encontrá-la.E la está em você. Basta olhar para esse interior complexo.

~ Pág. 179 ~

E aí, gostaram?

Para mais informações, acesse os sites abaixo:

Blog da Lua: http://www.leya.com.br/luadepapel
Facebook | Leya Brasil: http://bit.ly/aK0WkW

21 comentários:

  1. Que lindo, um livro de auto ajuda!
    Adorei, as vezes é bom né?
    Alguns desses livros dão um paz na gente, eu gosto de ler as vezes, e esse parece que vc gostou, muito bom!
    Anotanto a dica!

    ResponderExcluir
  2. Nossa achei lindo, deve ser realmente quase insuportável perder toda a fanília desse jeito. Creio que todos que passaram por isso devem ter pensado em desistir, acho que esse livro deve ser uma grande lição de superação.

    Bjks ;)

    ResponderExcluir
  3. Ai...que lindo...
    É bom ler livros diferentes e que nos dão força para seguirmos em frente.

    ResponderExcluir
  4. Ai, quem podia imaginar né? Mas não são todos os livros de auto ajuda que realmente acrescentam algo na nossa vida.
    Adorei conhecer este livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Carla!
    Otima resenha, mas não curto autoajuda. Eu nem peço livro do gênero porque sei que não vou ler. kkk
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Não leio muitos livros assim, mas gostei.

    Sempre é bom ter um bom por perto.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Ahh, eu não gosto muito de livros de Auto-Ajuda, o único q eu li foi Comer Rezar Amar, mas eu não sabia q era Auto-ajuda! hahahahah
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  8. Tb não gosto muito de livros de auto ajuda... Mas vale a dica. Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Eu estou lendo e estou adorando!!!!
    Concordo com você, também não sou fã de auto ajuda, mas este é uma exceção.
    Beijão
    Van - Leituras Pontocom

    ResponderExcluir
  10. Sou muito fã de auto-ajuda...
    Sempre tiramos muita coisa boa deles, mesmo que não precisemos!!!
    XD

    ResponderExcluir
  11. Olá Amiga, tudo bem?
    Lindo livro com uma bela mensagem, vou procurar pra comprar =)
    Você tá sabendo da promoção que tá rolando no blog do Pimenta Chic? Tá valendo um super perfume Givenchy, pra você ficar super perfumada pro seu amor!
    Dá uma passadinha lá pra saber mais =)
    http://bit.ly/b7P

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Mais que um livro de autoajuda, esta obra é a descrição pormenorizada da dor de um homem que, de uma hora para outra, se viu sem nada: sua esposa Josi, e seus filhos Salem e Salomão.
    No veículo estava também outra criança, amiga de seus filhos.
    O acidente ocorreu de forma inexplicada, ao que tudo indica, represália por conta das sentenças que ele aplicou. Todos morreram carbonizados.
    Conheci pessoas que por bem menos, puseram fim as suas vidas, no entanto, apesar de tamanha dor, Dr. Salem provou que nós humanos, somos a criação mais perfeita de Deus, pois passar por uma dessas e continuar vivendo, é um ato de heroísmo!
    Hoje, casado e com dois filhinhos, percebe-se o quanto esse ser é especial, persistente e iluminado...uma lição de vida em forma de homem!

    ResponderExcluir
  13. Sempre leio livros de auto ajuda. Sempre trazem reflexões sobre a vida,assim como grande aprendizado para nós ou para laguém que muitas vezes estão necessitando de uma força e nos faltam argumento e podem ter certeza que Deus nos trará a memória todo aprendizado para podermos ajudar a um amigo. Não li por indicação, mas admiro o irmão do autor e percebi que sereia(como é de fato)uma ótima aquisição.

    ResponderExcluir
  14. Nossa vou correndo comprar esse livro, parece ser muito bom, ja li as obras do irmão dele o Augusto Cury, e amei todos, esse deve ser maravilhoso também, ainda mais por ser um livro que conta uma experiência veridica... obrigada pela dica...

    ResponderExcluir
  15. Recomendo esse livro, além de ser uma historia real, nos dá a sensação de paz, sempre que posso volto nos capitulos para relembrar e é perfeito.

    Gostaria de indicações de livros bons como este!

    Bjs

    ResponderExcluir
  16. estou lendo este livro e pretendo gostar

    ResponderExcluir
  17. Sinceramente era tudo que eu precisava !!!

    ResponderExcluir
  18. tudo que eu precisava !!!
    nossa muito bom quero ler logo esse livro...

    ResponderExcluir
  19. Silvana Almeida30/11/12 14:40

    estou lendo o livro...é tocante...nos faz refletir e a valorizar os instantes vividos com nossos entes queridos.
    Eu recomendo!

    ResponderExcluir
  20. Não há como comparar,Salem Cury e Augusto Cury,uma preciosidade de escritores. Já havia me familiarizado aos escritos de Augusto Cury. lendo o livro "Nunca desista de seus sonhos" de seu irmão, Foi uma seleção completa. Sou admirador de grandes títulos de livros,mas os irmãos Cury,são fantasticos!
    Parabéns,que Deus os abençoe e conforte o coração de Salem Cury,seja seu companheiro nas horas dificeis. Grande abraço!
    Jose de Alcântara Xavier

    ResponderExcluir
  21. Doutor Salem Jorge Cury.
    Ótimo livro "Nunca Desista de Viver". Toda fortaleza desaba,mas com estas suas palavras e testemunho,moveu e comoveu minhas estruturas. As vezes achamos que sabemos demais,aí vem as surpresas que a vida nos proporciona. ao folhear estas paginas,me coloquei no seu lugar,lembrando de entes queridos,que hoje não estão mais neste mundo. Seu testemunho me sustentou,apesar de que o consolo merecido,é inteiramente a você"
    Grande abraço;
    José de Alcântara Xaviér

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009,2013 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.