A Escolha de Cada Um :. Regina Monge

A ESCOLHA DE CADA UM
REGINA MONGE
Nossa vida é um caminho, uma grande aventura com momentos de pausa obrigatória em que devemos fazer escolhas.

Diante delas surgem etapas, obstáculos e novas vias que se abrem, é um convite para irmos mais além.

Cada escolha traz esperança, corrige trajetórias, transforma nossos sonhos em realidade. Você está preparado para fazer suas escolhas?

♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸.•♥

Caros leitores, o blog Sonho de Reflexão conta com mais uma parceria nacional: a escritora Regina Monge, que é muito gentil e um doce de pessoa.

Quero agradecer muitíssimo à autora, porque através do seu livro me trouxe alguns momentos maravilhosos e de profunda reflexão! Obrigada por ter me concedido a honra de conhecer essa obra inesquecível, preferencialmente nacional, que me proporcionou uma leitura profundamente envolvente e emocionante!

Gente, esse livro é tão bom, mas tão bom, que li-o em apenas dois dias!!! Ele é bem fininho, com apenas 160 páginas, mas só tive tempo de postar a resenha agora!

Sem mais delongas, agora vou falar desse livro maravilhoso! Para quem ainda não sabe, esse livro faz parte dos "Novos Talentos da Literatura Brasileira", que é um selo da Editora Novo Século. Pelo título, vocês pensarão que trata-se de mais um livro de autoajuda, mas afirmo que não é. Ele é um romance, que engloba sutilmente diversas nuances, entre elas o romantismo, fatos reais do nosso cotidiano e alguns deles surreais que, em alguns momentos da narrativa, convidou-me a refletir e, por conseguinte, acabaram surpreendendo-me, porque ele tem o dom de instigar-nos e fazer-nos viajar geograficamente e historicamente na segunda parte do livro, que fala sobre o amor e seu poder de transformação.

A história gira em torno de J. Hubert, um professor de História que apaixonou-se perdidamente por Helena, sua aluna, que, mais tarde, veio a tornar-se sua esposa. Eles tinham um grande sonho, mas isso não foi possível, e devido a essa impossibilidade um personagem muito especial e inusitado foi capaz de substituir esse sonho: um livro.

Vocês devem estar me perguntando: "Um livro?!"

Isso mesmo! Acabei torcendo e sofrendo muito com ele simultaneamente, porque ele é dotado de emoções como todos nós, seres humanos, com anseios, desejos, sonhos e frustrações, assim como todos os sentimentos que fazem parte do nosso âmago.

Parabenizo a autora pela genialidade ao dar vida a ele, e acho isso bárbaro, porque pela primeira vez, alguém colocou no papel algo que sempre imaginava ou vivia perguntando-me o tempo todo, mas acho isso digno de nota.

Uma vez, li uma frase que expressa bem esse sentimento e acho-a tão linda!

"Um livro...
aberto, é um cérebro que fala;
fechado, um amigo que espera;
destruído, uma alma que perdoa;
esquecido, um coração que chora".

(Amaral Fontoura)

Bem, continuando... No decorrer da história, esse personagem entrará na vida de diversos personagens, entre eles o Sr. Richard e suas duas sobrinhas, com o qual identifiquei-me prontamente, porque nós temos a mesma paixão em comum, e mudará indiretamente a vida de todos que, durante a narrativa, vão entrelaçando-se e cruzando seus caminhos.

Nesse meio tempo, vamos vivendo e nos emocionando com as aventuras e desventuras desse personagem em virtude de suas vitórias e derrotas (que também são presentes em nossa vida cotidiana), em busca do sucesso! Achei maravilhoso, porque muitos que estão começando a escrever agora vão identificar-se instantaneamente e torcer a cada momento por ele.

Como o livro é dividido em duas partes, essa parte é uma das mais lindas, onde vemos a luta e a superação desse personagem nos momentos mais adversos, mas que no fim consagra-se vitorioso e, nessa trajetória, acabou mudando e modificando muitas outras vidas, através da bela mensagem na história de Anna, filha de uma terapeuta e um médico renomado, que é uma mulher de fibra, talentosa e bem relacionada, além de ser uma executiva bem-sucedida, que vive em função do trabalho para preencher um grande vazio em sua vida, devido a um grande trauma ocorrido na juventude. Ela tem tudo para uma vida plena e feliz, mas devido a essa grande tristeza n'alma, ela tem medo de voltar a amar. Promovida no trabalho, ela decide tirar duas semanas de férias e viaja para Petra, na Jordânia, um lugar mágico e, ao mesmo tempo, místico que ela sempre sonhou conhecer. (Ao ler essa parte, lembrei-me da novela "Viver a Vida", do Manoel Carlos, onde a personagem da Taís Araujo era modelo e foi trabalhar lá. Lembram? A cada passagem pelos pontos turísticos e históricos de Petra, parecia que eu estava vivendo aquilo). Um dia, por obra do destino, caminhando e apreciando os pontos turísticos da cidade, ela esbarra com John, um turista americano, e nasce entre eles o amor à primeira vista, mas essa paixão conta com um grande obstáculo devido à distância em virtudes de suas carreiras profissionais. De volta ao Brasil, Anna tenta contactá-lo inutilmente e, em seu desespero, ela viaja para Nova York em busca de respostas, mas ela mal sabia que essa viagem mudaria todo o curso da sua vida.

E é, a partir daí, que a história desenrola-se com um mistério, uma doçura, um encantamento, que passamos a torcer pela felicidade de Anna, que nos surpreende a cada página lida até o emocionante, imprevisível e surpreendente final!!! Um final que eu não esperava, nunca me passou pela cabeça que pudesse ser tão imprevisível assim, mas eu amei!!!

Por isso, eu mais do que recomendo esse livro, porque a história é linda, e, ao mesmo tempo, tocante, onde mostra a superação, o crescimento e o amadurecimento de alguns personagens no decorrer da leitura, em vencer todas as dificuldades, transpondo barreiras e dando a volta por cima, rumo à verdadeira felicidade!

Além do mais, o livro tem cada frase, diálogo e lindas mensagens de arrepiar! Abaixo deixo apenas dois trechinhos de diálogos entre Anna e John para vocês apreciarem um pouquinho mais.

"(...). Se durante esses vinte anos você não amou, talvez não estivesse preparada para este sentimento. (...) Tudo acontece quando estamos mais preparados (...). Você escolhe a hora."

~ Pág. 119 ~

"Você já parou para pensar na vida como uma tela em branco, na qual se vai pintando o seu transcorrer?Na infância, você dá as primeiras pinceladas, na adolescência começam a aparecer os traços, na idade adulta começa a dar forma às imagens e na velhice tem a obra inteira por completo... Não é magnífico isso? Nós podemos criá-la, desde o início."

~ Págs. 130-131 ~

Garanto que vocês irão amar e, depois de tudo isso, só tenho a acrescentar que cabe a você, caro leitor, a escolha de lê-lo ou não, porque os personagens desse livro são como velhos conhecidos nossos, acordando sonhos e ilusões, que estão escondidos no canto mais recôndito de nossas almas. E, acredito, que essa história poderia ser de cada um de nós, porque quem já não teve a impressão de ter visto aquela pessoa ou vivido por aquela situação semelhante em algum lugar? Pois é, isso que esse livro mostra e também nos passa uma bela mensagem onde cada um tem o livre arbítrio de fazer uma escolha, mas se é a escolha certa, isso só depende de você, porque há inúmeras possibilidades e um Universo inteiro conspirando a seu favor!

Fiquei muito grata e honrada em resenhá-lo. Estou torcendo muito para que tenha uma continuação, porque percebi um pequeno detalhe na obra que daria ganchos para novas histórias, mas eu não vou contar esse detalhe. Ficaram curiosos, né? Vocês terão que lê-lo para saber do que estou falando. Segundo a autora, isso ainda está sendo analisado, mas vou ficar na torcida, para que isso aconteça. :)

Se quiser adquiri-lo, você pode comprar nas livrarias, nos sites online ou no próprio site da editora Novo Século, clicando aqui.

A AUTORA

REGINA MONGE


Nasceu em 1967, na cidade turística de Águas de São Pedro, no interior de São Paulo. Desde 1987, vive na capital. É comunicóloga, formada em Comunicação Social, com especialização em Produção Editorial pela Universidade Anhembi Morumbi. Tem MBA em Marketing pela ESPM e Especialização em História e Linguagem do Cinema pela PUC-SP. Desde adolescente sentiu-se atraída pela leitura; no início, teve sua curiosidade despertada pelas biogafias dos grandes líderes; em seguida, começou a escrever suas primeiras poesias, deixadas de lado pela correria da vida. A ideia da primeira parte de A Escolha de Cada Um surgiu-lhe no início dos anos noventa. Memorizou-a pelo período de dez anos quando, de repente, começou a receber uma nova inspiração para a segunda parte. Este livro também faz parte desses mistérios do Universo, que só o tempo explica. Para ele existir, houve um longo processo, porém a autora teve coragem de fazer sua escolha.

Você pode entrar em contato com a autora, que terá o maior prazer em conversar com vocês e responder eventuais perguntas, através dos links abaixo:

25 comentários:

  1. Oi Carla, eu já tinha lido uma resenha sobre esse livro, mas como sempre, suas opiniões me dão uma maior visão do que o livro trata exatamente.
    Imagino que esse deve ser um lindo e emocionante romance. Adoroooo rs
    Queria poder comprar todo livro bacana que conheço pelas resenhas rs
    Mas anotei a dica.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Carla;
    Estava animada para ler, e sua resenha só me fez aumentar o desejo =)

    Com certeza passarei este na frente de alguns....rs

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que resenha linda!! ^_^
    Parabéns..
    aim, agora eu tbém quero ler!! ^^
    kkkkkkkkk
    bjussssssssss

    ResponderExcluir
  4. Olá Carla! Parabéns pela resenha! Como você tb fiquei apaixonada pela narrativa da Regina Monge! E que simpatia né? Ela é um amor de pessoa, adorei conhecê-la!

    Beijossss
    Lili

    ResponderExcluir
  5. Perfeito amiga,a dorei a resenha!
    Imagina se vc estivesse inspirada hem?!
    beijão!

    ResponderExcluir
  6. Aaai, o meu chegou hoje e já to doida pra começar a ler, falam tão bem deste livro....

    Parabéns pela resenha, ficou muuito boa.

    Leituras Pontocom

    ResponderExcluir
  7. Oi, Nanda Meireles.

    Obrigada pelas lindas palavras!

    Fico muito feliz!

    Esse é um lindo romance, que tem o dom de encantar-nos!

    Você vai identificar-se prontamente com o "livro" de muitas maneiras, porque essa primeira parte mostra como é a trajetória de muitos escritores que estão começando agora e acho isso o máximo!

    Eu também queria poder comprar todos os livros excelentes que estão surgindo no mercado!

    Desse jeito vamos à falência! (risos).

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá, αηδψϊηћα ஐβϊττψஐ.

    Que bom que minha resenha te instigou!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sabrina.

    Obrigada pelo elogio!

    Você vai se apaixonar por esse livro, assim como eu.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Lili!

    Obrigada pelo elogio e concordo plenamente com você!

    A narrativa e a escrita da Regina é deliciosa! As horas voaram quando li!!!

    Ela é um doce!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Lena.

    Amiga, que bom que gostou!

    Aquele dia estava sem inspiração mesmo, por isso demorei tanto p/ resenhar. (risos).

    Mas depois que veio, fluiu lindamente!!! :)

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Vanessa.

    Obrigada, querida!
    Você vai adorar!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Muito legal o seu blog e já estou te seguindo.

    Quando tiver um tempo, venha conhecer um pouco do meu trabalho!

    Confira duas entrevistas:
    Jardim de Escuridão - Livro de Bianca Carvalho

    Paramita - CD de Luiz Vicunha

    BLOG // MYSPACE // TWITTER // ORKUT

    ResponderExcluir
  14. Olá meninas, a resenha ficou ótima e estou gostando de acompanhar os comentários.

    Obrigada pelo carinho. Bjs

    Regina Monge

    ResponderExcluir
  15. nOSSA, FIQUEI COM MAIS VONTADE AINDA DE LER.
    aCHO QUE VOU GOSTAR DESSE LIVRO.
    ESPERO NÃO ME DECEPCIONAR DEPOIS. ^^
    BEIJOS.

    ResponderExcluir
  16. Oi Carla!
    Adorei a resenha... e fiquei curiosa em ler esse livro. De acordo com o que você me passou, lendo esse livro nós crescemos muito com relação a sentimentos, apesar de ser um livro. Mas um livro abre portas, como no próprio livro.

    Adorei

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Fiqueei bastante curioso pra lê=lo! =D

    Gosto bastante de refletir... ainda mais sobre o belo e doce amor.. =D...

    É importante lermos livros desse tipo para não ficarmos só num gênero literário..

    Não tenho nenhum preconceito com auto-ajuda, na verdade, até gosto! =D

    Parece ser beem legal.. Um bjoo Carla =D

    ResponderExcluir
  18. Ei Carla,

    Luxo de resenha hein, da para perceber que vc amou o livro, não faz muito meu estilo de leitura mas as resenhas estão me animando ^^

    beijoo

    ResponderExcluir
  19. "Um final que eu não esperava, nunca me passou pela cabeça que pudesse ser tão imprevisível assim, mas eu amei!!!""
    Que maldade, agora eu quero ler o livro de qualquer maneira... ¬¬"
    Como faz nesse momento liso de ser??
    Adorei a resenha! \o/!

    ResponderExcluir
  20. Ja havia lido a resenha desse livro em outros blogs, mas em nenhum com tanta profundidade.Gosto de ler livros profundos, que nos faça pensar.Quero muito...

    ResponderExcluir
  21. Cada resenha melhor que a outra. E todas aguçam a minha vontade de ler os livros \o/

    ResponderExcluir
  22. Na minha lista de livros(que eu quero ler) tem uns 150 livros e a cada vez que eu entro em um blog minha lista aumenta! Vou ter que parar de entrar em blogs.

    ResponderExcluir
  23. Precisa dizer que quero esse livro?!

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.