Selinho


Recebi esse selinho da querida Leninha, que sempre me indica nos memes, que adoro! Adorei! Mas uma pena que o poema que você citou é um dos meus favoritos, mas decidi colocar um que adoro. É um poema muito antigo de um livro francês que meu pai tinha, que se apagou com o tempo. Por isso, não me recordo a autoria do poema. Como tinha copiado ele em uma agenda de textos, poesias que amo, decidi compartilhar com todos vocês. Espero que gostem!

REGRINHAS:

1. Dizer qual blog que te repassou o selinho:

Sempre Romântica

2. Dizer qual sua poesia predileta:

"Soneto de Fidelidade", do Vinicius de Moraes, que até hoje me marca, assim como as do Carlos Drummond de Andrade, Fernando Pessoa, entre outros. Mas, hoje citarei uma que acho que ninguém conhece, que é linda!

Minha Tristeza, Minha Saudade

Você um dia achou meus versos muito tristes,
Quando os li, certa vez, para você...
E disse a me fitar, que quando a gente é amada,
Como o sou por você,
Vive sorrindo de alma deslumbrada
Para esse amor que é sonho, e que é beleza,
Porque no coração da criatura amada
Não deve haver lugar algum para a tristeza

Meu amigo, você porém não sabe,
Uma pequena coisa não comprrende:
Há nos meus versos tristes a saudade
De um bem que nunca tive e que ninguém entende
Há renúncias e dor nos versos que eu escrevo...
Os sonhos que persigo, assim, de olhos abertos,
E que me levam para a solidão:
A solidão maior que a dos vastos desertos...

(Versos meus refletis um triste coração...)

Mas ah! Você não sabe... eu escrevo outros versos
São mais tristes ainda.... Esses você não lê:
Jaziam pelo chão, como folhas dispersos...
Juntei-os um por um... Tenho todos guardados
Não quero entristecer os seus olhos amados...
São versos que compus chorando de saudade...
De saudade.... a maior! e apenas de você!

3. Repassar para 15 blogs:

8 comentários:

  1. Brigadinha pelo selinha, Carlinha!

    Adorei =D

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo selinho!
    cheirinhos
    rudy

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela lembrança. Achei o poema lindo e realmente não conhecia. Bjs, Rose.Obrigada pela lembrança. Achei o poema lindo e realmente não conhecia. Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. QUE COISA LINDA!!!
    Uma pessoa que escreve um poema tão lindo deveria ser reconhecido, pena que vc não sabe o nome do autor, uma pena mesmo!

    Mais um ponto em comum né amiga?!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá, meninas.

    Fico muito feliz que vocês gostaram do poema.

    >> Leninha: Eu era pequena quando li esse livro do meu pai, que se perdeu durante as muitas mudanças que fizemos. Por isso, não me recordo da autoria, o que é uma pena! Tinha cada poesia linda!!! Você ia adorar!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Carla! Como vai?
    Mas que belíssimo poema este de Vinícius de Moraes. Fui verdadeiramente tocada pelo saudosismo presente nele. Muito nostálgico, romântico...
    Aprecio muito a poesia de Quintana :)

    Gostei do seu blog!
    Beijinhos,
    Ana - Na Parede do Quarto

    ResponderExcluir
  7. Oi
    O Blog 100% Leitura completa dois anos!! Confira o Selinho no nosso Blog 
    ...
    ♡ ... http://malucosdaleitura.blogspot.com/ ... ♡
    ...
    xoxo

    ResponderExcluir
  8. Ai, adorei a indicação... vou preparar meu post...
    Nunca tinha lido esse poema, lindo...
    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.