A Jornada - Erin E. Moulton

A JORNADA: A história de quatro irmãs e uma viagem inacreditável
ERIN E. MOULTON
Novo Conceito

Este livro que no original em inglês intitula-se Flutter: the story of four sisters and the incredible journey, de apenas 200 páginas, mostra o quanto uma história mexe com o imaginário de uma criança, fazendo-as acreditar que tudo é possível, onde muitas vezes acabam adquirindo amor, sabedoria e força.

O enredo conta a história das irmãs Rittle, que vivem nas montanhas (o que me lembrou da história de Heidi, da Johanna Spyri): Dawn, com 11 anos e meio é a mais intelectual, mandona e sabichona; Maple Tessa, com 9 anos, é a mais sonhadora; Beetle, ainda bebê, mal sabe falar; e a recém-nascida, Lily Anne, que nasceu prematura e pode não sobreviver por problemas cardiovasculares, o que deixa a todos desolados, porque somente um milagre poderá salvá-la.

Depois de ouvir uma lenda acerca da Senhora dos Desejos, a Mulher Sábia da Montanha, que mora em uma fonte com água milagrosa, que poderá salvar a vida da caçulinha.

- (...). No tempo em que a Mulher Sábia da Montanha era um espírito de luz, ela era forte, com grande poder de cura; (...). Percebia que as pessoas sofriam e olhavam para o céu de vez em quando, implorando por conforto para suas dores. Ela sabia que podia abrandar o sofrimento delas, e queria muito poder ajudar mais. (...).

Pág. 27

A partir daí, Maple, com um plano mirabolante, Dawn e seu vira-lata Xereta fazem uma viagem inacreditável, munidas de um mapa, uma mochila com um kit de emergência, livro Lendas da Montanha, bússola, lanterna, suprimentos e sobras do jantar. Durante o percurso, descem rio abaixo pronto a levá-los ao desconhecido em uma floresta cheia de segredos, onde encontrarão montanhas, animais ferozes, correntezas, corredeiras fortes e imprevisíveis, tempestades, redemoinhos, pântanos, guarda-florestal, ursos selvagens, veados, castores, gambás, aves e passarinhos, barulhos assustadores, mas agora eles têm que se preocupar também com a própria sobrevivência, porque irão enfrentar uma jornada misteriosa, repleta de incertezas, perigos e caçadores ilegais que colocarão suas vidas em risco. E, a cada momento, são surpreendidas pela aparição de uma borboleta monarca, que sempre persegue-as, mas só saberemos o real significado disso no final do livro.

Não me recordo de estar tão assustada antes quanto me sinto agora, sacolejando pra cima e pra baixo nas ondulações do rio. Aliás, nem consigo me lembrar de ondas neste rio.

Pag. 65
- Maple, temos que voltar pra casa. Eu acho que isso não vai dar certo. A gente quase morreu pra chegar até aqui.

Pág. 81
A jornada nos levou a densas florestas, onde não havia um caminho a seguir, mas que depois se transformavam em campos abertos com nenhuma outra pegada além das nossas.

Pág. 95

Mas ao longo dessa aventura maluquinha enternecedora, o amor fraternal é maior que qualquer percalço encontrado pelo caminho e vão descobrir do modo mais difícil o quanto vale o amor e a amizade, que sempre temos que ter esperança nas maiores adversidades e que milagres existem, mas temos que ter fé e acreditar, porque muitas vezes eles podem estar mais próximos do que sonhamos imaginar.

Apesar de ser uma história fictícia e escrita com sensibilidade, há diversos momentos incomuns que achei surreal, o que é totalmente distorcido da nossa realidade (só quem leu, saberá realmente do que estou falando), mas o livro traz uma belíssima mensagem sobre a sobrevivência, a fé, a esperança e o amor familiar e fraternal, como também mostra o amor pelos animais e pela natureza em si, o que é um grande ensinamento para o público infantil.

Este livro, que me conquistou gradativamente, foi uma grande surpresa, porque achei tratar-se de uma história juvenil, mas na realidade é uma história infantil e gostosa de ler, para quem curte esse gênero, bem ao estilo dos livrinhos da famosa série Vagalume, que líamos na infância e adolescência. Quem não se recorda deles?

Apesar de alguns erros de revisão, essa edição está primorosa com uma capa linda e, em meio aos capítulos, um design ilustrado com várias borboletas que, ao longo da leitura, mostra a sua importância e significado na história. Sempre fui fascinada!

- (...) são mais fortes do que parecem (...) têm um poderoso instinto para saber como fazer para chegar aonde precisam, mesmo que nunca tenham estado lá antes. E também sabem como voltar para casa. Elas têm o instinto nas asas. Não são apenas bonitas. São resistentes, fortes e inteligentes, especialmente quando viajam em grupo.

Pág. 168


Quer ganhar o kit desse livro?

Para isso, basta:

1. Seguir o blog @sonhodereflexao e a @Novo_Conceito no twitter;
2. Comente coerentemente na resenha (o comentário é pelo sistema Disqus. Caso não apareça, atualize o seu navegador dando F5); e
3. Divulgue a seguinte frase no twitter:

#SorteioSonho: Ganharei o Kit A JORNADA que o @sonhodereflexao está sorteando (via @Novo_Conceito) -> http://kingo.to/RhO

- O sorteio irá até o dia 26/10, às 16h (Hora de Brasília).
- Será realizado pelo sorteie.me e o resultado sairá aqui no blog e na timeline.
- Não usem contas exclusivas para a promoção, pois pode acarretar na sua desclassificação por violação das regras, como consta nos termos de uso do sorteie.me, aqui.

44 comentários:

  1. Oi Carlinha!

    O que mais me tocou na história foi o desejo de conseguir um milagre para irmã. Em toda a inocência, elas pensaram primeiro naquela que era mais fraca, isso foi o que me tocou.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Que lindo *-*
    Deve ser uma história incrível mesmo de uma união entre as irmãs. Enfrentam o perigo,ursos e tal por causa da caçula. *-* Daria um belo de um filme,não acham?
    Quero ler \o

    ResponderExcluir
  3. Está é a primeira resenha que li deste livro e adorei!
    Estou com muita vontade de ler! Acho que vai ser uma aventura deliciosa!
    Estou esperando meu livro chegar!Bjos

    ResponderExcluir
  4. Adorei a história, li outras resenhas que falaram positivamente dele, bem curiosa pra ler!

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler esse livro.. quem sabe não ganho esse sorteio e me delicio com essa leitura?!

    ResponderExcluir
  6. Ahhh gente que resenha linda *--* estou apaixonada e louca para ler esse livro!!
    é o tipo de livro que eu estou precisando sabe, ando tão tristinha T.T
    Preciso de um livro para levantar meu astral.
    Muito obrigada!!

    ResponderExcluir
  7. Owwwwwwn, eu amei a história desse livro! mesmo! eu tenho irmãs, e eu sei que nós fariamos qualquer coisa umas pelas outras, como as do livro! Espírito de irmandade né? rsrsrsrs
    Beeeeijos

    ResponderExcluir
  8. PELO O QUE LI PARECE SER UM LIVRO INCRIVEL, ESTO LOUCA PARA LER

    ResponderExcluir
  9. Oi, Kassia.

    Nunca tive a oportunidade de ler Nárnia, mas já vi o filme.

    "A jornada" lembra um pouco, mas não tem nada realmente místico, só a crença e a fé das garotinhas, para que aconteça um milagre e que tudo é possível se você acreditar!

    Adorei essa mensagem de amor que o livro passa, o que é muito raro atualmente.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Com certeza! Ele vai adorar! ^^

    ResponderExcluir
  11. Exatamente! A imaginação delas vai longe!

    ResponderExcluir
  12. Sim, você lê rapidinho! A capa é linda mesmo!

    ResponderExcluir
  13. Também pensei que fosse um romance, mas foi uma doce surpresa!

    Concordo com você. ^^

    ResponderExcluir
  14. Adorava os livros dos detetives juvenis do Maros Rey. Um que amava eram os livros da Maria José Dupre, especialmente o "Éramos Seis", a história da Dona Lola. Já leu? É lindo!

    É uma doce lembrança! Bom relembrar esse tempo! Não tem nada a ver com "A Jornada", mas as aventuras das irmãs lembram muito esses livrinhos, ainda mais que transmitiam belas lições. =D

    ResponderExcluir
  15. Adoro esses livros, eles relaxam! E crianças aventureiras, então... Acho um pouco parecido com Nárnia, pelo menos essa parte de crianças corajosas em busca de algo desconhecido...
    E o motivo que as fazem ir nessa busca perigosa é ainda mais tocante. Ajuda entre irmãos é tão legal!

    Bjs.

    @crislayne_df 

    ResponderExcluir
  16. Esse livro é muito lindo! Adorei tua resenha! 
    Faz tempos que to querendo ele *-*
    beijos!

    ResponderExcluir
  17. A capa já é um luxo,e a historia adorei por ser das irmãs, amo tanto a minha que vou amar ler este livro!

    ResponderExcluir
  18. Oi, adorei a historia das irmãs. Só de ler sua resenha me deu uma vontade danada de ler o livroo! bjos

    ResponderExcluir
  19. Adoror os livros da série vagalume.. meu filho tem vários que lemos juntos as vezes!
    Esse livro parece ser bem bacana..acredito que irá encantar não só a mim..mas ao meu filho tb!

    ResponderExcluir
  20. Achei a história bastante interessante e, tomando como exemplo os livros que vemos ultimamente, o enredo é bem diferente. Sempre gostei de histórias que envolvem crianças, sempre dão um toque de pureza a mais!
    Estou ansiosa para lê-lo =D

    ResponderExcluir
  21. Estou louca pra ler a historia, alem da capa eu acho que essa jornada das irmas deve ser muito bonita.
    Bjs
    @Jennifer13d

    ResponderExcluir
  22. Achei a história linda, mostra o quanto a imaginação e a bondade das crianças podem levar á jornadas incríveis.
    A capa também é maravilhosa...

    Beijinhos
    Jordana Broering

    ResponderExcluir
  23. Tô apaixonado por esse livro. Gostei bastante da sua resenha, vc escreveu ela muito bem e está muito chamativa. Já li algumas resenhas do livro em outros e blogs, e como todas a sua está fantástica!

    ResponderExcluir
  24. Nossa!!!Quando vi a capa desse livro,não imaginei que fosse uma história tão linda.Gosto muito de aventuras ainda mais envolvendo ,quase crianças,irmãs e por uma razão tão nobre,que pedir um milagre para a irmã que acaba de nascer ,realmente adorei.

    ResponderExcluir
  25. O mais incrível é o ambiente formulado pela história. Embrenhar-se numa floresta, e todo aquele cenário desolador. No final um revelação em conjunto com esse plano de fundo é fantástico.

    #SorteioSonho: Ganharei o Kit A JORNADA que o @sonhodereflexao está sorteando (via @Novo_Conceito) -> http://kingo.to/RhO

    ResponderExcluir
  26. só 200 páginas ??  A história parece tão boa que eu já sei que vou sentir falta de continuação, sei que vou querer mais ... Sem contar que a capa é linda *-*

    Se puder, segue meu blog?
    http://temainconstante.blogspot.com/
    beijos :*

    ResponderExcluir
  27. eu me apaixonei pela capa! outra cposa que me surpeendeu foi o assunto do livro! eu pensei que era apenas mais um romance! gzuis! adorei mesmo!!! *~~~*

    As crianças de hoje precisam saber o que é entrar no mundo da magia da leitura! e se aventurar com a a imaginação!

    estou ansiosa para ler!

    ResponderExcluir
  28. Aiiii, eu adoro livros com crianças (talvez por eu dar aula pra crianças, hehe). Não fazia ideia de que esse livro era assim. E agora fiquei curiosa a respeito das borboletas que aparecem durante a jornada..... Preciso ler, tipo: agora, rs....

    ResponderExcluir
  29. Ai, que delícia! Também viajo no tempo quando lembro dessa coleção! Marcos Rey é meu autor favorito dentre os dessa série, mas O Escaravalho do Diabo é o meu livro preferido *-* Que lembrança gostosa... Mesmo que não ache que tenha a ver, quando ler A Jornada, vou me lembrar desses livros =D
    adoro livros com mensagens bonitas =D

    ResponderExcluir
  30. Oi, Nanie.

    Sempre que lembro dessa coleção, viajo no tempo. Tenho alguns deles até hoje e, de vez em quando, releio. ^^ Adorava as histórias do Pedro Bandeira, Marcos Rey. Bons tempos aqueles! Deixou saudades!

    Muitas situações vividas pelas garotinhas, lembram muito esses livros. Só você lendo mesmo para entender do que realmente estou falando.

    O mais válido são as mensagens que o livro passa. ^^

    Beijos.

    ResponderExcluir
  31. Eu já estava doida para ler esse livro. Mas a sua resenha me deixou com ainda mais vontade, quando li que o livro de alguma forma lembra os títulos da Coleção Vaga-Lume.
    Aqueles livros marcaram a minha infância, então, fiquei com ainda mais vontade de ler A Jornada *-*

    ResponderExcluir
  32. Concordo, Lia.

    É maravilhoso resgatarmos esses valores e isso é uma das grandes mensagens do livro. ^^

    ResponderExcluir
  33. Nos dias de hoje, onde os valores, contam muito pouco, uma história assim, é realmente muito bom. Gostei do modo como elas se unem no desejo de ajudar a salvar a irmã. Resgatando os laços familiares, que é tão pouco valorizado hoje em dia. Vlw a dica. Com certeza já faz parte dos livros desejados.

    ResponderExcluir
  34. Também, fiquei tocada por esse amor incondicional pelo próximo, nesse caso por um ente querido. ^^

    ResponderExcluir
  35. Oi, Gabi.

    Pode ler sem problemas, porque não tem nenhum spoiler! rs.

    Tem alguns errinhos, mas nada que interfira ou prejudique a história. ^^

    A capa é um arraso! Achei uma das mais lindas e tem tudo a ver com a história.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  36. Oi, Dé.

    Eu adorei o livro e quanto às partes surreais expliquei acima no comentário da Náh.

    "A parte surreal a que me referi é em relação às "quedas" (Você deve
    saber do que realmente estou falando), porque sabemos que na realidade
    qualquer queda seria fatal nesse caso, mas por se tratar de uma história
    fictícia e infantil, temos que relevar e dar asas a imaginação."
    ^^

    A leitura é gostosa. Tem o intuito de entreter. Adorei a imaginação fértil e a criatividade das garotinhas, que são bem maduras para a idade. :D

    Beijos.

    ResponderExcluir
  37. Oi, Náh.

    Fico feliz que gostou, o livro é fofo mesmo!

    As crianças vão adorar e também aprender belíssimas lições.

    A parte surreal a que me referi é em relação às "quedas" (Você deve saber do que realmente estou falando), porque sabemos que na realidade qualquer queda seria fatal nesse caso, mas por se tratar de uma história fictícia e infantil, temos que relevar e dar asas a imaginação. ^^

    Beijos.

    ResponderExcluir
  38. Ei, Carla! Acabei de ler esse livro! Eu achei muito fofo também, apesar das partes surreais! (rs) Realmente, uma belíssima lição de amor e do significado da família! 
    Bjus,
    Náh - @lerdormircomer 

    ResponderExcluir
  39. Oi Carlinha, quantos as partes surreais que você citou, eu as considerei normais por se tratar de um livro infantil... dei mais crédito a imaginação das duas meninas do que ao que realmente deve ter se passado...
    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  40. Carlinha,

    não li sua resenha inteira (só li os dois últimos parágrafos, onde você costuma deixar sua opinião) porque esse é o próximo na minha lista de leituras, rs. Mas não poderia deixar de dar uma passadinha para saber o que você achou.

    Poxa, tem erros de revisão? Que pena!
    Essa capa é linda mesmo!

    Beijocas,
    Babi Gabi

    ResponderExcluir
  41. Oi, adorei sua resenha, esse livro tem cara de ser bem interessante, sua sinopse me encantou e sua resenha também.

    Beijos ;*

    Caah
    http://openmindbook.blogspot.com/

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.