O Coração de Salatiel - Kézia Lôbo

O CORAÇÃO DE SALATIEL
KÉZIA LÔBO
Dracaena

Este é o primeiro livro da Kézia Lôbo que leio, com 264 páginas.

Segundo a lenda, há muitas eras seres humanos e mágicos viviam em harmonia, até que um dia esta foi quebrada quando um jovem desejava possuir todos os poderes de Salatiel, o senhor dos Elementais, que era dotado de muita sabedoria para manter o mundo equilibrado.

O estudo da magia era permitido somente aos magos e os que tinham um coração puro. Com um ódio mortal, um jovem resolveu se vingar e adquiriu os seus próprios poderes, tornando-se muito poderoso, o que culminou em uma batalha que durou anos e acabou sendo derrotado.

A partir daí, os humanos não podiam mais viver em paz, porque temiam que o mal se instalasse em seus corações e, para garantir a tranquilidade de seu povo, Salatiel forjou uma pedra que continha os poderes dos quatro elementos e metade de seu coração e deu para um humano cuidar, mas até hoje ninguém soube a quem foi destinada o poderoso coração de Salatiel (daí vem o título do livro), porque se caísse em mãos erradas a esperança estaria perdida para sempre.

Atualmente, Lenora, que sempre foi diferente d
esde a infância por proteger a natureza, as pessoas e os animais, ouvia lendas acerca de um mundo mágico e da mãe Terra, que era passada por várias gerações buscando o equilíbrio da natureza sempre que precisasse. Antes de falecer, tentando protegê-la, sua mãe lhe deixou um lindo colar, porque sua família passou dez anos se escondendo para proteger duas pessoas que lhe restou.

(...), deixo pra você esse presente porque lhe foi confiado desde o dia do seu nascimento, ele é seu por herança, mas não será um presente fácil de carregar, ele lhe acarretará muitas responsabilidades e algumas perdas, sua vida não será mais a mesma quando passar a possui-lo e você vai descobrir o porquê sozinha, (...), cuide dele e não deixe que nunca caia em mãos erradas. (...).

Pág. 32

Vivia feliz ao lado do tio Elros, que a criara desde que ficara órfã, e do primo Gilraen em uma fazenda. Ambos eram generosos e brincalhões, a bondade e a alegria em pessoa. Seu primo ajudava o pai na lavoura e protegia-a como a uma irmã. Apesar do povo alegre e hospitaleiro, ela mal sabia do perigo que a espreitava nas montanhas e florestas, já que a cidade tornou-se sombria, desde que Malghalad começou aterrorizar a população que se rebelava contra ele porque vinha conquistando cidades e aldeias, matando pessoas e as obrigando a servi-lo.

Apesar do que acontecia no mundo lá fora, ainda existia a felicidade, o amor, a esperança e a fé, isso era algo que mal nenhum seria capaz de tirar do ser humano que possuía um bom coração.

Pág. 27

Apesar de tranquila, Lenora emanava uma força e vitalidade de alguém que perdera muito na vida, mas um dia sua aldeia é destruída e queimada. Mesmo que tivesse que enfrentar o inimigo, decide viver para vingar a morte do tio barbaramente torturado e resgatar o primo, que acredita estar vivo, antes que fosse tarde demais, já que a obsessão de Malghalad pelo poder não tinha limites, porque proibira qualquer pessoa ou elemental (que odeia e teme) que herdasse ou usasse um poder ou magia que fosse mais forte do que ele. Muitos eram dizimados por ser uma ameaça que daria fim ao seu reinado, ou eram levados para o exército dele, se ficassem do seu lado. Tudo isso, porque procura a joia que pode lhe dar poder absoluto. Por isso, Lenora está com os dias contados.

Depois que viu aldeias serem atacadas e a população perseguida, ela está decidida a se vingar. Com uma esperança renascida, sai em busca da resistência para saber o paradeiro do primo numa cidade sem lei que abriga bandidos, assassinos, bruxas, desordeiros e todos os tipos de pessoas mal intencionadas e enlouquecidas que jamais encontraram a joia.

Em sua jornada, encontra Agnor, um mago muito poderoso e cego temido pelo Feiticeiro Negro; Eldred, um príncipe que carrega algo muito doloroso e Raizakan, um mendigo louco, fracassado, um grande guerreiro e servo fiel que carrega um grande segredo do passado que o atormenta e decide ajudá-la para expiar os pecados cometidos em vida.

Esses amigos foram privilegiados de conhecer pessoas distintas e vítimas das maldades de Malghalad. Todos tem uma missão a cumprir em busca da resistência que será desvendada no final.

Para isso, irá enfrentar diversos perigos em sua jornada e conhecerá também muitos amigos que irão ajudá-la em sua missão para encontrar uma segunda chance de mudar de vida e reparar erros do passado, encontrando florestas assustadores e vales sombrios, montanha enfeitiçada, um vilarejo misterioso onde a maldade reina em grau absoluto com seres antigos das trevas regidos pela escuridão, bandidos, bruxas, rebeldes, bêbados, krakes (corvos rastreadores difíceis de ludibriar que encontravam os elementais para o Feiticeiro Negro, que os matava sem piedade, já que Malghalad os temia, porque poderiam criar uma forte resistência que jamais o venceria porque eram poderosos), criaturas monstruosas e inimagináveis, além de pessoas sórdidas, sempre contando com a ajuda e proteção dos seres elementais e da natureza.

O que se sabe é que até hoje ninguém foi bem-sucedido nessa aventura cheia de percalços, porque as forças de Malghalad tornam-se mais fortes a cada dia.

- (...). Essa batalha que se inicia está longe de acabar, vocês terão perdas, mas vitórias também e, no fim, tudo valerá à pena, mas lembrem-se, nunca percam a esperança.

Pág. 179

Será que Lenora será capaz de desenvolver seu poder e descobrirá sua verdadeira origem? Juntamente com seus novos amigos conseguirão encontrar seu primo e impedir que Malghalad continue destruindo e aterrorizando a população cheia de dor, tristeza, sofrimento e conformismo por conta do caos que reina em Galahar?

Só garanto que em meio a isso nascerá um amor e por causa do colar viverão grandes aventuras que mudarão suas vidas drasticamente.

Achei a capa do livro excelente, porque, se você olhar minuciosamente, tem tudo a ver com o enredo, mostrando todo o processo de jornada da personagem.

Adorei o enredo, que me lembrou de algumas situações dos filmes “As Crônicas de Nárnia” e “Os Pássaros”, mas num determinado ponto da história a autora não explorou o romance entre dois personagens. Achei que foi meio frio, faltou química, paixão, porque não teve nada daquela fase da conquista e do namoro (olhares apaixonados, beijos, carícias...). Enfim, quando vi estavam namorando. Apesar de torcer pelo casal, que eram muito amigos, achei que faltou desenvolver melhor isso, devido ao sentimento fraternal que sempre os uniu.

A única exceção do livro (1ª edição: março/2011) foram diversos erros sérios de revisão, de digitação e de diagramação (nos rodapés e nos parágrafos), que me decepcionou e incomodou muito, como: gramaticais e ortográficos, de concordância verbal e nominal, troca de parentesco, algumas repetições, erros em palavras homônimas homógrafas que mudam todo o sentido da frase.

A autora está ciente desse fato e isso já está sendo providenciado, onde sairá uma segunda edição desse volume com os erros corrigidos. Vai demorar um pouquinho, mas vamos aguardar.

Fiquei feliz em saber que o livro fará parte de uma série. Segundo a autora me contou por e-mail, este livro é o primeiro volume de uma saga intitulada “Os Elementais”, onde teremos uma visão mais dinâmica do universo dos elementais e grandes surpresas.

O segundo volume já está sendo providenciado. No momento, ela está criando o esboço do enredo, ainda sem título definido, que provavelmente sairá o ano que vem.

Saiba mais sobre a autora e suas obras:

Blog | http://kezialobo.blogspot.com/
Twitter | @kezialobo
Contato | kezialobo@bol.com.br
Skoob da obra | O Coração de Salatiel



6 comentários:

  1. Oi, Cida.

    O livro é ótimo, exceto essa parte da revisão que deixou a desejar.
    Se desejar, você pode comprar direto com a autora.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carla.

    A história é ótima, mágica! Teve momentos que visualizei neste mundo. rs.
    Vamos aguardar os próximos lançamentos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Miriam.

    A história é ótima, ainda mais para quem gosta de magia e literatura fantástica.

    Eu lamentei muito essa questão da revisão, mas também já tinha sido avisada sobre isso.

    É uma pena, porque esta série tem tudo para ser um grande sucesso.

    Assim que lê-lo, me conte o que achou, ok? ^^

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Eu havia visto o livro, mas não imaginava que fosse  tão bom assim.
    Fiquei com muita vontade de ler.

    Bom final de semana.

    Bjos.
    Cida
    @c_I_d_a 
    http://www.moonlightbooks.net/ 

    ResponderExcluir
  5. Oi Carlinha!

    Estou muito interessada no livro, mas vou esperar uma outra edição, com menos erros kkkkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Carla!

    A Kézia já havia comentado que a revisão estava com muitas falhas, uma pena já que a publicar de um livro é a realização de um sonho.

    Vou lê-lo em breve e espero gostar!

    beijo

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.