Dália Azul - Nora Roberts

DÁLIA AZUL
NORA ROBERTS

Este livro, cujo original em inglês Blue Dahlia, com 378 páginas, é o primeiro volume da Trilogia das Flores, onde a autora conseguiu entrelaçar a vida de três personagens femininas formidáveis e a amizade entre elas. Cada livro da trilogia focará na história de cada uma: Stella, Roz e Hayley.

Stella Rotchild era casada com Kevin, um homem doce, confiável, carinhoso e maravilhoso, além de ser seu amigo e sua vida. Amavam-se e tinham uma vida em comum além de muitos sonhos.

Após enviuvar, com uma hipoteca e um coração partido, ela tenta recomeçar uma vida nova ao lado dos dois filhos pequenos e hiperativos, Gavin e Luke.

Perdê-lo partiu meu coração. Uma parte de mim só queria deitar-se e morrer, e outra tinha de passar pela dor e pela raiva... e viver.

Pág. 197

Nunca se deixou abater ou tornou-se fragilizada após a morte de Kevin, mas sua perda deixou-a abalada e instável por dentro, mas seguira em frente pelos filhos tentando se reencontrar nas suas raízes.
Acaba tornando-se gerente de uma estufa e criando laços de amizade com Rosalind ou Roz, dona da Harper House, que era uma mulher divorciada, perspicaz, determinada, forte, elegante, sensata, inteligente, orgulhosa, decidida, objetiva, direta, corajosa e reservada em relação à vida privada, que criou os três filhos sozinha depois de sofrer algumas desilusões amorosas e construiu um negócio do nada.

Stella era madura, pacata, sensata, perfeccionista, prática, obstinada, organizada, meticulosa, circunspecta, entusiasmada e cheia de energia, mas autoritária, inflexível, presunçosa, extremista. Teve uma infância conturbada, confusa e aborrecida, porque era filha de pais divorciados e, apesar de se dar bem com o pai, tem uma relação conflituosa com a mãe.

Acaba conhecendo
Harper, o filho mais velho de Roz, é um homem bom e solitário, que vive feliz junto das plantas, além de desajeitado e sonhador; Hayley Phillips, prima de Roz, uma jovem grávida, prestes a ser mãe solteira, inteligente, orgulhosa, honesta, expansiva e engraçada; além do irritante Logan Kitridge, que é um belo, talentoso e criativo paisagista, suscetível, alto, moreno, sexy, dinâmico e desimpedido, por quem se vê irremediavelmente atraída e tendo uma relação complicada.

Ele era esguio, duro, sério, arrogante, abrupto, autoritário, grosseiro e rude, mas sincero, honesto, intenso, hiperativo, amável, versátil e irresistivelmente atraente com um humor instável único. No fundo sentia-se solitário, já que crescera numa fazenda e tinha um grande amor pela terra.

Enquanto Stella era muito estruturada, certinha, obsessiva por objetivos e perfeccionista, ele é totalmente o oposto, além de descontraído, espontâneo e desorganizado! Ela não fazia o seu estilo e não tinha nenhuma intenção de namorá-la, mas, como em todo romance que estamos acostumados a ver, os dois eram livres, tinham interesses mútuos e havia uma química palpável entre os dois. Com essas fagulhas entre os dois, será que rola alguma coisa? Leia e descubram!


Não havia nada de hesitante no beijo, nada de experimental ou particularmente amigável. Era apenas exigente, com um vestígio de irritação. “Tal como o homem”, pensou ela vagamente. Ele estava fazendo o que pretendia fazer, determinado em ir até o fim, mas não particularmente contente com aquilo.

Pág. 172

Doce e generosa, ela reconstruiu sua vida onde sua maior prioridade são os filhos encantadores. Por isso, não quer qualquer tipo de envolvimento para não gerar qualquer imprevisto, porque em seu coração havia dor e medo de amar novamente. Por isso, luta contra tudo aquilo que sempre acreditou e defendeu.

O que vocês nem imaginam é que essa mansão centenária é assombrada por uma noiva fantasma não identificada, mas maternal que entoa cantigas de ninar à noite com uma voz suave, triste e sonhadora, cuja raiva e dor a mantiveram viva por muito tempo vagueando pela casa há mais de um século e fará de tudo para separar o casal que resolve investigar o seu passado. Quem é ela? Que tristeza é essa carrega?

Na orla do espelho, pelo canto do olho, viu uma sombra, um movimento.

Pág. 119

Para piorar ainda mais a situação, há um mistério acerca dos sonhos estranhos de Stella com uma enorme e maravilhosa Dália Azul, que não pertencia àquele lugar. Seu significado me emocionou demais no final!

Será que Stella e Logan, com todos os percalços da vida, voltarão a amar novamente? E o mistério acerca da Noiva Harper será solucionado?

Achei a capa deste livro sensacional em comparação com a original. Por incrível que pareça este é o primeiro livro da autora que leio e só posso dizer que me tornei fã (e agora, estou com medo de me viciar!). Apesar de várias indicações de amigas nunca tive a oportunidade de ler sua obra por falta de tempo mesmo, mas este livro me surpreendeu pela leitura fluída, pela história envolvente com muito drama, intriga, romance, humor e tragédia aliada ao sobrenatural, mesclando todas as espécies de flores e garanto que nunca mais as verei da mesma forma.

Com o princípio emocionante e arrebatador, que me levou às lágrimas, consegui também me divertir com as crianças por conta do humor presente no livro, entre eles:

- Recebemos uma nota cada um, porque ele disse que tínhamos trabalhado tão bem que, em vez de escravos, tínhamos sido promovidos a mão de obra barata.
Stella não conseguiu evitar uma gargalhada.

Pág. 355
- Você não é bonito – disse Luke entre risos. – Por que é que ela beijou você?
- Garoto, porque eu sou irresistível.

Pág. 298

Além do romance focado nos protagonistas, não tive como não me arrepiar com o suspense sobrenatural, que ainda tem muita coisa a ser esclarecida nos próximos volumes.

A história é ambientada em Memphis, no Tennessee, a terra do Elvis Presley, com direitos às visitas a Graceland. Este momento do livro para mim foi mágico, porque adoro o Elvis.

Como em todo romance, há uma mensagem de esperança, fé e otimismo em meio às adversidades mostradas nas entrelinhas que vale a pena como reflexão.

Recomendo a todos que apreciam um bom romance, com personagens fortes, cativantes e apaixonantes! Não há como não se apaixonar!


TRILOGIA DAS FLORES
(In The Garden)

1. Dália Azul (Blue Dahlia) - Stella
2. Rosa Negra (Black Rose) - Rosalind
3. Lírio Vermelho (Red Lily) - Hayley

17 comentários:

  1. Bia Carvalho23/07/2012 17:48

    Ansiosa para ler esse livro. Sou fã da Nora e não nego hahaha

    Bjks
    Bia
    www.amormisterioesangue.com

    ResponderExcluir
  2. Carla_Blackhawk23/07/2012 19:44

    Como sempre, arrasando nas resenhas!


    Aproveito pra deixar, mais uma vez, parabéns pelo seu niver!
    "Que além dos aniversários e através do sempre você seja muito feliz".
    Feliz aniversário.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Que resenha ótima! Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro mas sou uma fã devotada da Nora, tenho mais de 50 livros dela... E tenho certeza que essa trilogia é tão boa quanto as outras dela, ou melhor! Não acredito que foi seu primeiro ''Nora'', hehehe =) Bem-vinda ao clube, se você continuar a ler Nora, vai se apaixonar também, tenho certeza!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bia.

    Depois de ter lido este não vejo a hora dos próximos serem lançados p/ lê-los!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Doidinha.

    Mais uma vez agradeço suas palavras e seu carinho de sempre!

    Fico feliz que tenha gostado da resenha.

    Nunca pensei que fosse tão difícil resenhar um livro da Nora sem soltar spoilers! [risos]. Foi duro não poder contar tudo o que gostei dele. ^^

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Patricia.

    Pois é, acredite! [risos].

    Gostei muito da escrita da Nora e me tornei fã, depois de tanto ouvir as recomendações das minhas amigas, especialmente da e @Barbara_Sant e da Carla_Blackhawk, que só indicam livros ótimos.

    Preciso ler alguns dela que tenho aqui em casa, como "Segredos" que dizem ser excelente!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Esta trilogia está prometendo. Como fã não posso deixar de ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  8. Já me apaixonei!
    Depois da resenha da Tonks e agora essa sua resenha primorosa só peço que ainda dê tempo de pedir para a editora para ler.
    Caso não dê já ta na lista de desejados!
    Linda resenha amiga, parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Rose.

    Leia sim, você vai gostar muito.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Leninha.

    Este romance da Nora Roberts mexeu comigo, porque nunca tinha lido nada da autora. Agora estou curiosa p/ os próximos volumes serem publicados aqui.

    É a sua cara, porque tem de tudo um pouco. E o Logan... sem comentários. ^^

    Leia sim, você vai amar!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Sério que esse livro é assim tãaaao bom? Fiquei super na dúvida entre comprar ou não e acabei deixando de lado.
    Não curti muito a capa e quando vi que tinha um toque sobrenatural dei um salto para o lado.
    Acho que estou numa péssima fase de leituras =O


    Beijos e saudades

    ResponderExcluir
  12. Oi, Babi.

    Como o primeiro livro da Nora que leio, achei este livro maravilhoso e me tornei fã dela! ^^

    Sério que não curtiu a capa?! Eu achei linda, porque sempre apreciei a natureza!

    Eu também estava nessa fase, mas agora estou dando sorte!

    Saudades também. Espero que esteja se divertindo bastante.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Carla,


    Eu sabia que vc ia amar Nora Roberts!
    Ela faz com que fiquemos viciadas em seus livros.
    A trilogia do Jardim sempre esteve na minha lista de futuras leituras e quando soube que ia sair aqui fiquei mega feliz, fiquei super feliz por você ter gostado.
    E agora vc tem de ler a MORTAL! kkkkk Ali será um vicio delicioso pra vc! kkkkkk


    Faby - Adoro Romances de Aracaju


    PS: Eu queria esperar pra ler os três juntos, mais já vi que não vai dar pra esperar mais! kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  14. Saudadinha de estar por aqui ... Desculpe minha falta de tempo.

    É amiga acho que vc é a mais nova viciada do Noraholics rsrss
    Ela é uma maga das letras não é mesmo ?! Ela escreve a coisa mais banal de uma forma tão extraordinária que a gente para até de respirar. Eu quero um dia quando eu estiver bem velhinha, ter o privilégio de contar pros meus netinhos que li todos os livros dela :-)

    Sobre Dália Azul, diferentemente de vários livros dela, não vemos menção a Irlanda ou algum irlandês gostosão. Vc vai se apaixonar irremediavelmente pela Irlanda de Nora Roberts quando ler os outros livros/séries/trilogias.

    Amei sua resenha empolgada :-)

    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Vou ler com certeza!
    Já tinha gostado da resenha da Tonks, depois da sua, só carimbou o selo: Vai para a lista de desejados!
    Bela resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
  16. Ainda não li nada da Nora Roberts, como você por falta de tempo.
    Fiquei fascinada pela história.
    Com certeza já entrou para a minha lista de desejados!

    http://grilsandbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Déborah.

    Este foi o primeiro livro dela que li e amei!
    Vale a pena ler e se encantar com os personagens.

    Beijos.

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.