Revelações - Linda Howard

REVELAÇÕES
LINDA HOWARD

Bertrand Brasil

Este é o primeiro livro da autora que leio, com 294 páginas, cujo original em inglês Kill and Tell é o primeiro livro da trilogia "CIA’s Spies".

Há mais de vinte anos, Dexter, um ex-veterano da Guerra do Vietnã, abandonou a esposa Jeanette e a filha Karen, por isso se arrepende de não ter sido um bom marido e pai, mesmo que a esposa ainda sentisse um amor inabalável. O que matara seu espírito era a única coisa que o mantinha vivo.

Passara a vida toda pagando pelo crime cometido. Agora era a vez de outra pessoa continuar por ele.

Pág. 11

Desde os treze anos, Karen carrega um grande ressentimento e raiva do pai, porque nunca aguentou ver a mãe sofrer quando este as abandonou (isso será esclarecido no final do livro).

Como um homem podia fazer isso? Será que não sentia nenhuma ligação, nenhuma responsabilidade com sua família? Como ele podia ter magoado sua mãe daquela maneira e ainda sentir-se à vontade para aparecer ou telefonar sempre que quisesse? O que ele tinha para Jeanette amá-lo até a morte?

Pág. 108

Abalada com a morte da mãe, um dia recebe uma caixa misteriosa com os pertences do pai, cuja ausência moldara sua vida e, logo depois, entra em choque, ficando entorpecida e ainda mais fragilizada, ao descobrir que ele foi encontrado morto como um mendigo por um tiroteio nas ruas de Nova Orleans.

Este assassinato não tem o menor sentido para o detetive de homicídios Marc Chastain, mas no decorrer das investigações descobre um jogo político por poder e morte, que colocará a vida de todos os envolvidos em risco, especialmente a de Karen que, sem saber, carrega algo valioso que o algoz almeja tanto afinco com o intuito de apagar qualquer tipo de rastro que o condene. O que será?

Aquilo não parecia ter nada a ver com drogas. Talvez o cara tivesse simplesmente se metido com as pessoas erradas; talvez estivesse no lugar errado, na hora errada, e algum espertinho o tivesse matado. Era provável que nunca descobrisse, mas detestava mistérios.

Pág. 37
O onde, o quando e o como não importavam, apenas o quem e o porquê.

Pág. 57

Marc era um policial honesto, implacável e respeitado por todos. Antiquado, colocava suas crenças e virtudes acima de tudo. Era estiloso, sofisticado, retraído, simpático, compreensivo, gentil,
galanteador, romântico, dominador, possessivo, confiante, impassível, severo, incansável, além de emanar uma sensação de conforto e segurança, inclusive uma aura de masculinidade, magnetismo e sensualidade, como também formal, direto, ágil, controlado, rápido, mortal e frio com os criminosos.

Além do assassinato de Dexter, há diversas mortes, entre elas a de Rick Medina, um inteligente e afável agente contratado da CIA, mas frio em serviço, que foi friamente assassinado. A história de seu filho, o calmo e observador John Medina, uma lenda nos círculos da CIA, que aparece muito pouco, mas também dá nome à trilogia, é contada no segundo volume.

Já Karen, que trabalhava como enfermeira, era ativa, calma, competente e racional. Apesar de aparentar frieza, ela era sensível e simpática. Amargurada, escondia seus sentimentos para se proteger. Solitária, usava isso como um mecanismo de defesa depois de tanto sofrimento, já que carregava um grande pesar e desde pequena nunca se livrou do medo e do desespero. Amorosa, protetora, forte, mas fechada não confiava nos homens, por isso sempre evitou qualquer envolvimento emocional, porque tinha medo de arriscar e amar alguém que não retribuísse da mesma forma.

A princípio tenta resistir à forte atração que o charmoso detetive emana. Intenso, de forte personalidade, o atraente Marc fará de tudo para conquistá-la e provar que seus sentimentos são verdadeiros, porque por trás dessa máscara aparentemente rude, ele é um homem que ama sem reservas, mas Karen resistirá aos seus encantos de sedução, mesmo sendo caçada pelo assassino de seu pai?

Por isso, se ele a detestava tanto, por que colocou em ação suas táticas de sedução?

Pág. 156

Correndo risco de vida, só poderá contar com a sua proteção, mas terá também a felicidade que sempre buscou inconscientemente? Leia e descubra.

A leitura é ágil, fluída e envolvente narrado em terceira pessoa. Apesar do princípio lento, adorei este romance policial de suspense com algumas cenas muy calientes carregada de sensualidade entremeadas de momentos tensos repletos de reviravoltas e um desfecho com uma revelação bombástica de tirar o fôlego.

Com enredo e personagens cativantes, me tornei fã desta autora. Quem adora os romances da diva Nora Roberts, com certeza irá se encantar com a forma como Linda Howard conduz a trama com todos os ingredientes que apreciamos tanto em romances do gênero. Não há como não torcer e vibrar com os personagens a cada página lida.


Trilogia CIA’s SPIES

1. Revelações (Kill and Tell)
2. Atração Implacável (All the Queen’s Men)
3. Beije-me enquanto Durmo (Kiss me White I Sleep)

14 comentários:

  1. Primeira resenha que leio deste livro e fiquei hiper interessada na história.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Uia, já gostei!
    Pelo jeito o livro tem o mesmo fio condutor de Reencontros que li da autora e me apaixonei.
    Com certeza o final deve ter sido emocionante e único.
    Já foi para a lista de desejados.
    Amei sua resenha amore, como sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leninha.

      Estou doida pelo "Reencontros". Preciso comprar e conferir essa história.

      O final de "Revelações" foi ótimo e tenso também.

      Gostei muito da química entre a Karen e o Marc, que entraram na minha lista de personagens favoritos. ^^

      Você vai amar, porque é o mote que você curte! ^^


      Excluir
  3. oi Carlinha!

    Não conheço nenhum livro da Linda Howard =(

    Eu li sua resenha e fiquei com vontade agora....

    Como faz? kkkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ca.

      Também não conhecia, só de ouvir falar.
      Li e adorei a forma como ela escreve.
      Você ia gostar ainda mais de um certo detetive... [risos].
      Beijos.

      Excluir
  4. Débora Jacqueline02/09/2012 20:49

    Olá,Carla!
    Já tinha lido dois livros da Linda Howard,ela escreve muitoooo...assim,como a Nora.
    Sou super fã das duas:D
    Esse ainda não li ,mas,com certeza irei ler;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Débora.
      É a primeira vez que li um livro dela e adorei!
      Vale a pena a leitura!

      Excluir
  5. Olá amore
    tudo bem?
    venho sugerir que curta minha pagina no face
    há 4 sorteios no blog para vc participar
    e será uma honra ter sua participação!
    espero que curta e que o blog possa te dar dicas
    que realmente sejam valiosas =)
    obrigada
    super beijo♥
    www.coisasdeladdy.com
    www.facebook.com/coisasdeladdy

    ResponderExcluir
  6. oi Carla, nem sabia que Linda Howard tinha livros pela Bertrand, fiquei curiosa com sua resenha, principalmente por ser 'um policial romântico', colocando na lista, que só cresce.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fotos e Livros.
      Tem vários livros publicados pela Bertrand.
      Estou doida para ler a continuação dessa série.
      A minha lista em vez de diminuir só aumenta. rs.
      Beijos.

      Excluir
  7. Oi, Carla!


    Bela resenha,achei interessante a história,gosto da Linda Howard! Ainda não li nada dessa série, mas com certeza está na lista de desejos.
    Bjs
    Luciana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu.
      Acredita que este foi o primeiro dela que li?!
      Mas adorei o enredo. Muito bom.
      Leia que você vai gostar.
      Beijos.

      Excluir
  8. Fiquei em dúvida em relação ao livro.
    quando comecei a ler a sua resenha não gostei, a história não estava me interessando, mas da metade para o final comecei a achar interessante e envolvente.
    #dúvida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Déborah.
      O começo do livro é assim mesmo, mas depois a história te envolve.
      Como este é o primeiro volume da trilogia é complicado.
      Ainda não li os outros. Esperando um preço ótimo pra adquirir.
      Li dois dela e achei "Reencontros" superior a este e o melhor até agora.
      Beijos.

      Excluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.