À Primeira Vista - Nicholas Sparks

À PRIMEIRA VISTA
NICHOLAS SPARKS
Arqueiro


Este romance (At First Sight, 256 p.) é a continuação de “O Milagre” (True Believer, 238 p., Agir), que narrou a história dos protagonistas, quando Jeremy viajou com o objetivo de escrever um artigo para uma revista científica sobre um fenômeno de luzes fantasmagóricas que estava ocorrendo no cemitério de Boone Creek, uma cidadezinha rural e hospitaleira, na Carolina do Norte, onde conheceu Lexie e se apaixonou perdidamente.


Será que de fato é possível amar alguém à primeira vista?

Aos 37 anos, Jeremy Marsh é um homem cético e pragmático. Jornalista prestigiado trabalha como colunista da revista Scientific American onde se dedica a desmascarar fenômenos sobrenaturais. Divorciado, estava plenamente convicto de que jamais se apaixonaria novamente e se mudaria para outra cidade.

Caçula de seis filhos de uma família ítalo-irlandesa, seus amigos acham que está agindo por capricho e se precipitando quando está prestes a se casar com Lexie Darnell que mal conhece.


Estava um pouco assustada com a velocidade dos acontecimentos. Será que ele estava mesmo apaixonado? E ela? Estava apaixonada por ele?
Pág. 23

Em meio a tantas mudanças, busca equilibrar-se no campo afetivo e profissional.


(...), e se ela não o aprovasse? E se ela visse essas manias não como particularidades, mas como falhas de caráter?
Pág. 29

Abriu mão da carreira, dos amigos e da família em nome do amor, deixando sua vida em Nova York para trás ao se mudar de cidade, porque queria construir uma família, já que sua vida passou por uma transformação drástica e repentina.

Aos 31 anos, ela era encantadora, corajosa e conservadora. Uma bibliotecária romântica e inteligente que teve uma relação conturbada, mas é uma guerreira. Órfã desde criança foi criada pelos avós paternos. Viúva, sua avó Doris, era dona de um restaurante e possuía poderes mediúnicos.


Apesar de serem dois estranhos, ela mudou-o como ser humano e fez com que reavaliasse suas prioridades adiando seus planos profissionais. Quando tudo parecia perfeito, ele recebe um e-mail misterioso que irá testar a força de seus sentimentos e abalar a sua fé no amor.

Era uma mensagem simples e o cursor intermitente parecia zombar dele: COMO VOCÊ SABE QUE A FILHA É SUA?
Pág. 85
Que tipo de ser humano poderia escrever algo assim? E por que razão? Para fazer uma brincadeira?
Pág. 86

Atormentado pela suposta traição da amada com seu amor de infância, seu bloqueio de escritor persiste, mas não imagina que será amaldiçoado e, ao mesmo tempo, abençoado pelo destino com o desaparecimento de uma amiga dela, que afetará suas vidas.


- Quem é você?
- O seu noivo – respondeu Jeremy, e sua voz ficava cada vez mais alta. - E acho que mereço uma explicação. Primeiro, vejo vocês de mãos dadas, depois descubro que você está desmarcando nossos encontros para ficar com ele...?
Pág. 107

Conseguirão viver com verdades distorcidas?

Desde que chegara a Boone Creek, sua vida fora uma sequência de problemas e tristezas, e para quê? Porque ele amava Lexie? Então, como é que ele estava enfrentando tantas adversidades e ela estava ótima? Por que ele tinha de ser o bode expiatório?
Pág. 115

Cheio de questionamentos, ele sempre teve uma vida vazia e duvida que a criança seja sua.

E se ele pegasse o diário e visse algo sobre a Lexie que desconhecesse ou não desejasse saber? Será que isso afetaria seus sentimentos por ela? Será que o faria desistir e fugir dali, sem nem mesmo olhar para trás?
Pág. 118

Apesar de amá-la profundamente não imagina que dias piores estão por vir e transformarão sua vida num pesadelo!


Era impossível de acreditar! Aquele que deveria ser o dia mais feliz de sua vida, de repente, se transformara no pior de todos, e nada poderia preparar um ser humano para um fato como aquele.
Pág. 240

Apesar de serem opostos ambos tem uma conexão intensa. Ele tenta se adaptar a essa nova vida com muito romantismo e companheirismo, rumo ao amadurecimento e descobrirá que o amor tem o poder de transformar, de ferir e de curar. Em meio a muito sofrimento, alegria e redenção só o amor dá sentido à vida.

Há muitas mensagens e reflexões belíssimas focadas em conceito de traição, confiança e fé, que servem para qualquer casal que passa por tantas adversidades. Temos que acreditar que as coisas estão predestinadas a ser o que são.


A confiança precisa ser conquistada? Ou é simplesmente uma questão de fé?
Pág. 100
- Bem, eu diria que quando um não quer dois não brigam. Imagino que os dois estejam certos e que os dois estejam errados. É assim com todas as brigas. As pessoas são o que são, ninguém é perfeito, mas casamento significa formar um time. Vocês vão passar o resto da vida aprendendo um sobre o outro e, de vez em quando, a coisa explode mesmo. Mas a beleza do casamento é que, se você escolheu a pessoa certa, se os dois se amam, sempre encontrarão uma maneira de resolver as questões.
Pág. 138
O que está acontecendo com vocês, todo esse estresse em cima dos dois... isso se chama vida. E a vida tem uma tendência a pregar peças quando a gente menos espera. Todo casal tem seus altos e baixos, todos brigam, mas o importante é isto: que vocês são um casal, e casais não conseguem funcionar sem confiança. Você precisa confiar nele e ele precisa confiar em você.
Pág. 150

Gostei muito da capa que segue o mesmo estilo de outros livros do autor ("O Melhor de Mim" e "O Casamento") que foram lançados pela Arqueiro.

Se você não leu “O Milagre”, assim como eu, pode lê-lo de forma aleatória, que não vai interferir em nada.

É um romance marcante, dramático e melancólico, cuja narrativa foi eloquente e envolvente, que retrata as incertezas, as tensões e as angústias de um casamento não convencional colocando à prova o seu amor, sua confiança e sua fé inabalável onde foram forçados a superar todos os obstáculos que a vida colocou em seus caminhos e aprenderam fazer concessões.

O enredo dilacerante e, ao mesmo tempo, profundamente comovente mostra que devemos valorizar cada momento, porque não sabemos o dia de amanhã e tudo é muito tênue. Devemos superar as adversidades, perseverar sempre e fortalecer cada vez mais este sentimento que nos une, o que acaba sendo uma bênção.

Em diversos momentos fiquei angustiada, ansiosa e frustrada juntamente com o casal, especialmente no desfecho dramático, que foi inesperado e não pude conter as lágrimas e chorei demais, porque não acreditava que o autor estivesse brincando desse jeito (Nesse momento, lembrei-me de “Tudo pela Vida”, da autora Danielle Steel).

Mais uma vez, Nicholas Sparks me surpreendeu, porque não tenho palavras para descrever o turbilhão de emoções que tive no decorrer da leitura. Ele é exímio na arte de escrever sobre as relações e as emoções humanas, com uma capacidade de criar personagens cativantes e colocando-os em situações com as quais nos identificamos, cujo desfecho sempre termina de forma surpreendente, seja com um final feliz ou triste.


Apesar do princípio lento, este é mais um que entrou para minha lista de favoritos! Preparem seu coração e seus lencinhos, se emocione e reflita sobre lições de amor e de vida.

18 comentários:

  1. Boa Noite, Carla.

    Eu não sou fã do autor, mas gostei da resenha.
    Agora estou curiosa para ler À Primeira Vista, só tenho a sensação que vou chorar horrores! Me diga,estou enganada, hein?

    Beijos
    Lulu
    Apaixonada por Romances

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lulu.

      Sou fã de alguns livros do autor que me cativaram, este foi p/ a lista.

      Se você for sensível e emotiva, vai chorar muito no final. Prepare seus lencinhos!

      Apesar disso, a leitura vale a pena porque é uma lição de amor e vida.

      Beijos.

      Excluir
    2. Vai chorar sim. Esse é a continuação de um outro, "O Milagre". Perfeitos, todos dois .

      Excluir
  2. Não vejo a hora de começar a ler os livros do Nicholas Sparks!
    A dúvida cruel persiste.
    Qual ler primeiro?
    Nada melhor do que uma boa resenha para me ajudar.
    É muito bom quando conseguimos captar a emoção que se quer passar através das palavras. Me faz pensar... será que sentirei o mesmo?... será que que eu também gostarei do livro?
    Essas indagações só me fazem querer conhecer a história.
    E foi assim quando li sua resenha, que por sinal ficou ótima, me deixou ansiosa pra pra lê-lo.

    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ronevia.

      Adoro os livros desse autor. Indico alguns dessa lista para você ler (Alguns estão resenhados aqui no blog): "Um Amor para Recordar", "Noites de Tormenta", "Diário da nossa Paixão", "O Casamento", "Um Porto Seguro" e a "A Última Música".

      Cada livro sempre passa uma emoção diferente. Quando adoramos é muito difícil expressar em palavras tudo o que sentimos. E Nicholas é mestre em nos deixar assim, sempre trazendo ótimas reflexões com suas histórias emocionantes.

      Chorei em vários romances, são exceção os que não me emocionaram de alguma forma.

      Beijos.

      Excluir
  3. Oi Carlinha!

    Pulei para as considerações finais, apenas para não estragar a emoção kkkk

    Estou curiosa com a história, e certeza que vou me emocionar \o/

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ka.
      Se prepare, viu?
      Fortes emoções a aguarda e haja coração.
      Depois me diga o que achou.
      Beijos.

      Excluir
  4. Eu tenho sempre medo ao começar um livro do Nicholas Sparks, acho que ele tem algum contrato com as fábricas de lenços de papel kkkk
    Esse livro não foge a regra, né?
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rosana.

      Concordo plenamente com você. [risos]

      Estava tudo maravilhoso, de repente CABUM!

      Foi um chororô que só Deus duvida!

      Todos os livros dele são assim, exceto dois que não me fizeram chorar, o que foi um milagre. [risos]

      Mesmo assim, achei linda a mensagem final. :)

      Beijos.

      Excluir
  5. Apesar de todas as lágrimas derramadas com seus livros, eu sou fã deste autor.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Mesmo derramando muitas lágrimas com as histórias do NS, ainda sim sou fã dele, pena que ainda não li este livro.
    Bjs, rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rose.

      Também sou, porque não conheço nenhum autor que conheça tão a fundo a alma humana e consegue transmitir isso em seus livros.

      Este livro é maravilhoso! Me emocionei demais no final.

      Beijos.

      Excluir
  7. Carla, você tem o Dom para fazer resenhas e deixar a o leitor com vontade de ler o livro. Sou fã do Sparks e estou atrasada com as minhas leituras. Esse livro já estava nos meus desejados e por consciência ganhei de presente da minha amiga Patty. Se já estava louca para lê-lo, agora então quero mais. Adoro livro com dramas, mensagens implícitas e que passam mensagens fortes. Pelo que entendi esse é mais um drama romântico maravilhoso escrito pelo meu titio Sparks.

    Linda resenha.

    bjs no core

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Glaucia.

      Obrigada pelos elogios. :)

      Alguns livros do autor que li me decepcionaram muito, mas este foi um dos que entrou na minha lista de favoritos.

      Tenho "O Milagre", que comprei em uma promoção, mas até hoje não tive tempo de ler. Dizem que é bem light, mais focado no romance, enquanto este foi um drama só, mas você se envolve com o enredo e se vê torcendo até a última página pelo casal.

      Não tem como não chorar no final! Foi triste, mas ao mesmo tempo uma bênção. Prepare os lencinhos.

      Beijos.

      Excluir
  8. Muito boa a resenha... Quando terminei de ler "O Milagre" estava navegando pelo site do Sparks e soube que havia uma continuação para ''O Milagre'' e não tinha chegado no Brasil, sem previsão para isso, então li aqueles resumos e descobri o final da história... Vendo que o livro está a venda senti remorso por ter sabido os principais acontecimentos, mas mesmo assim estou louca para ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jéssica.

      Há muito tempo sabia disso, porque tinha visto a edição portuguesa.
      Sempre torci muito para que saísse por aqui e foi bem gratificante.

      A história foi tocante e o final inesperado. Não queria que tivesse esse desfecho, porque no fundo sou uma romântica incorrigível e torço por finais felizes.

      Não tem como não ficar tocado pelo drama do casal.

      Beijos.

      Excluir
  9. Muito boa a resenha... Quando terminei de ler "O Milagre" estava navegando pelo site do Sparks e soube que havia uma continuação para ''O Milagre'' e não tinha chegado no Brasil, sem previsão para isso, então li aqueles resumos e descobri o final da história... Vendo que o livro está a venda senti remorso por ter sabido os principais acontecimentos, mas mesmo assim estou louca para ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jéssica.

      Há muito tempo sabia disso, porque tinha visto a edição portuguesa.
      Sempre torci muito para que saísse por aqui e foi bem gratificante.

      A história foi tocante e o final inesperado. Não queria que tivesse esse desfecho, porque no fundo sou uma romântica incorrigível e torço por finais felizes.

      Não tem como não ficar tocado pelo drama do casal.

      Beijos.

      Excluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.