Finale - Becca Fitzpatrick

FINALE
BECCA FITZPATRICK
Intrínseca


Este livro (Finale, com 304 p.) é o último livro da saga Sussurro.
 

[Aviso: Antes de ler esta resenha, alerto-os de que pode conter spoilers para quem ainda não leu os volumes anteriores.]

- Sei que não posso sentir seu toque, mas sinto seu amor, Nora. Lá no fundo. Isso significa tudo para mim. Eu queria poder sentir você da mesma forma que você me sente, mas tenho seu amor. Nada nunca vai ser mais forte que isso. Algumas pessoas passam a vida inteira sem experimentar os sentimentos que você despertou em mim. Não posso reclamar.

Pág. 235

Nos volumes anteriores, vimos o quanto o mundo de Nora Grey se transformou desde que conheceu Patch Cipriano e vice-versa. E, em meio a um amor que enfrentou tantas barreiras, agora há uma guerra à espreita que pode abalar essa relação – que está cada vez mais forte -, porque as tensões entre os anjos caídos e nefilins estão cada vez mais acaloradas.

Tinha perdido Patch uma vez, e sem querer ser melodramática, preferia a morte. Patch estava na minha vida por um motivo. Eu precisava dele. Éramos duas metades de um todo.
Pág. 44

Nora – que continua impulsiva, imatura e irritante - tem que liderar o exército nefilim para eliminar os anjos caídos da face da Terra impedindo que os nefilins sirvam a eles eternamente, o que consequentemente destruiria seu amado Patch.


Como se amam, ambos se unem e bolam um plano para que todos acreditem que não estão mais juntos manipulando assim os grupos rivais até convencerem-nos de que essa guerra é um erro. Por isso, tentam descobrir tudo antes que a guerra ecloda e seja tarde demais.

Não gostava nada da ideia de fingir namorar um nefilim para aumentar a minha popularidade. Na verdade, isso parecia um desastre iminente, mas queria deixar tanta confusão para trás.
Pág. 19

Mesmo que não a aprovem como líder, os nefilins colocarão Nora à prova. Sem saída, ela deve provar sua lealdade – que está dividida por namorar Patch - por ações e pretende libertá-los dos anjos caídos, pois se não assumir essa liderança pode ser morta juntamente com sua mãe por conta do juramento.


Eu não só mataria a minha mãe e a mim se falhasse em liderar o exército de Hank, mas também agora sabia que também ia matar Dante se não levasse o exército à vitória. Mas e quanto à paz? E meu acordo com os arcanjos?
Pág. 71

Em desvantagem por conta da sua reputação e credibilidade baixa, começa um rigoroso treinamento físico com a ajuda de Dante, porque se torna alvo de anjos caídos, arcanjos e nefilins e tem que aprender autodefesa, porque não está preparada para lutar.


As artes do mal estavam sendo usadas na Terra? Os nefilins tinham uma arma secreta, fabricada em um laboratório secreto?
[...]
- Você precisa escolher, Nora. Não pode ser leal a nós e ao que quer que ainda exista entre você e Patch. Tem se saído muito bem, mas, no fim, terá que escolher a quem será leal. Ou está com os nefilins ou está contra nós.
Pág. 83

Como se não bastasse tudo isso, ela ainda tem que lidar com a megera da Marcie, sua mãe, com suas inseguranças e ciúmes em relação ao seu amor por Patch por conta de Dabria.


- Tenho que aguentar meu namorado preferindo agir com a ex, que ainda é apaixonada por ele, como você bem sabe!
- E eu sou apaixonado por você. Mesmo quando é irracional, ciumenta e cheia de vontades.
Pág. 145

Enquanto isso, Patch – que continua inteligente, apaixonado, sexy, intenso, superprotetor e possessivo - pode ser acorrentado no inferno por um arcanjo, que o está ameaçando. Sua confiança e fé em Nora é tão inabalável, que não a merece por sua intransigência.


- (...). Já errei, e paguei por esses erros, mas suspeito que eles não vão desistir enquanto não me trancarem no inferno.
Pág. 119

O casal vai ter que encarar suas diferenças ancestrais e terão que tomar uma grande decisão: ignorá-las ou deixá-las destruir o amor pelo qual sempre lutaram?


Patch significava mais para mim do que eu conseguia exprimir em palavras. Seu amor e fé em mim atenuaram as decisões difíceis que fora forçada a tomar recentemente. Sempre que a dúvida e a tristeza invadiam minha mente, tudo que eu precisava fazer era pensar nele. Não sabia se tinha feito a melhor escolha todas as vezes, mas de uma coisa eu não tinha dúvida: tinha acertado com relação a Patch. Não podia desistir dele. Nunca.
Pág. 31-32

Em meio a guerra e a arte do mal, lutas e perseguições, ação e suspense - além de muitos mistérios a serem desvendados -, o amor triunfará nesse duelo mortal?


- Você é uma garota forte, e é minha. Mas força nem sempre significa brutalidade. Você não precisa sair batendo nos outros para ser uma guerreira. Violência não é força. Lidere seu exército pelo exemplo. Há uma solução melhor para isso tudo. A guerra não vai resolver nada, mas vai separar nossos dois mundos, e haverá baixas, incluindo humanos. Não há nada de heroico nessa guerra. Ela levará a uma destruição diferente de tudo que você ou eu já vimos.
Pág. 147

Como nos livros anteriores, a capa é sensacional, mas sinceramente Finale não correspondeu às minhas expectativas. Senti-me profundamente decepcionada com a conclusão da saga, que me trouxe um torvelinho de emoções conflitantes, porque ao mesmo tempo em que apreciei algumas cenas fiquei completamente incomodada com outras.

A leitura fluiu agradavelmente, mas senti que algumas coisas foram desnecessárias por serem repetitivas – para quem acompanha a série desde o princípio –, como também forçadas demais. Mesmo achando irrelevante, é uma boa para quem não acompanhou ou se esqueceu de algum detalhe na trama.

Algumas questões abordadas no livro me intrigaram, assim como alguns mistérios desvendados me surpreenderam. Adorei e fiquei tensa nas cenas de ação que irradiava adrenalina pura. Em contrapartida, a teimosia de alguns personagens me irritou, principalmente de Nora (Grande novidade, né?)

A meu ver, Nora não evoluiu nada! Queria ter visto um amadurecimento na personagem. Acho que os únicos centrados e maduros na história eram o Patch, que sempre salva-a das enrascadas (achei que ele perdeu um pouco daquela essência bad boy que me encantou tanto ao longo da saga) e o Scott, que me surpreendeu positivamente e passei a gostar ainda mais dele (Simplesmente, não acreditei no desfecho que a Becca deu para ele. Só sei que surtei e gritei: “WTF!”).

Depois de duas desilusões amorosas, parece que as coisas estavam se ajeitando para Vee, mas uma BOMBA caiu em sua cabeça, o que me deixou estupefata!!!

Apreciei a volta de alguns personagens secundários, mesmo que os antagonistas fossem detestáveis desde o princípio e adorei alguns momentos comoventes e românticos – que perdeu um pouco da emoção contida nos anteriores -, especialmente os tocantes ao Patch, mas o que mexeu comigo foram as cenas das páginas 296 e 297 (não posso dizer o que é, senão estaria soltando um MEGA spoiler, mas antes disso fiquei com o coração na mão!).

Apesar de algumas revelações surpreendentes e do final previsível, senti que faltou um desenvolvimento melhor na trama, pois a autora deixou muitas lacunas - que ficaram sem explicação a respeito de Dabria, Blythe, Marcie, Vee, os exércitos, o duelo final e outros pontos da trama -, como se estivesse indiferente a fatos cruciais e importantes, sabe? Queria que algumas coisas fossem mais exploradas e detalhadas, o que infelizmente não aconteceu. Por mim, já tinha encerrado em Silêncio. Não aguentei tanta enrolação para chegar a um desfecho que não teve a mesma emoção que vivenciei nos outros livros. Fiquei profundamente decepcionada com o epílogo completamente vago, porque queria um final mais digno para encerrar a saga.

Mesmo assim, apesar dos prós e contras contidos neste livro, ela ainda é envolvente e compensa pelo Patch! 


Quero deixar claro que esta é apenas a minha opinião de leitora, que pode divergir de muitas. Por isso, aconselho-os a lerem sem altas expectativas.


Saga "Sussurro"
(The Hush, Hush Saga)

1. Sussurro (Hush, Hush)
2. Crescendo (Crescendo)
3. Silêncio (Silence)
4. Finale (Finale)

10 comentários:

  1. Já estou um pouco decepcionada. Não é a primeira pessoa que diz que o final foi previsível e não se agradou do livro. Esse é o problema com séries e trilogias. Geralmente as autoras se perdem no final. Logo lerei para ver o que acho. Depois falo para você o que achei.

    bjs no core

    ResponderExcluir
  2. Não li a resenha por ainda nem li Silêncio mas estou bem ansiosa para ler.
    Quero muito terminar de ler logo esta série.

    Beijinhos,
    Thais Priscilla
    http://thaypriscilla.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. A resenha ficou muito boa, eu ainda não li o livro, mas infelizmente já esperava essa decepção com o final que vc falou, já tem alguns volumes que a série me desencantou.

    ResponderExcluir
  4. Oi carlinha!
    Estou tão atrasada na leitura desta série... só li o primeiro o.O
    Agora que acabou, eu leio tudo de uma vez kkkkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Eu estou apavorada viu?
    Detesto final de saga decepcionante, deixa um gosto tão amargo :(

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li os outros livros, por não ter este ainda, pois quero ler a série completa. Você não é a primeira a falar sobre a decepção com o final de Finale. Mesmo assim to ansiosa para conhecer essa saga.

    Bjos!

    ResponderExcluir
  7. Carlinha, não li a resenha porque parei no primeiro livro da série... essa é uma série que não me interessa muito. Não gostei do primeiro livro e não me animei a ler os demais ><

    Beijos,
    Nanie

    ResponderExcluir
  8. Acabei lendo só o susurro, não tive muita paciência para ler os outros...
    Quem sabe um dia eu termine....

    http://feliciity-unjourdepluie.blogspot.com.br/p/parceiros.html

    ResponderExcluir
  9. Só falta Finale para fechar minha série e depois... Ler todos!

    ResponderExcluir
  10. Uma pena mesmo Carla,

    Eu tive a mesma sensação sabe, mais uma final de série que me decepciona, gostei muito mais dos outros livros, apesar que pra mim, poderia ter acabado no Silêncio se não tivesse tanta enrolação e "encheção de Linguiça"
    Só se salva mesmo o meu amor, PATCH, esse com certeza faz valer a pena ler as chatisses da Nora!

    Faby - Adoro Romances de Aracaju

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.