Garota Exemplar - Gillian Flynn

GAROTA EXEMPLAR
GILLIAN FLYNN
Intrínseca


Este thriller brutal e mordaz (Gone Girl, 448p.) me surpreendeu a cada página e permeou minha mente por vários dias depois de concluída a leitura, porque fiquei estarrecida com o desenvolvimento da trama. Já li muitos livros do gênero, mas nenhum foi tão impactante quanto este.

Narrado em primeira pessoa, o livro foi dividido em três partes intercaladas sob a perspectiva do casal, Nick Dunne e Amy Elliott, que aparentemente estão apaixonados e levam uma vida perfeita, mas estão desempregados e se veem obrigados a mudar de cidade, devido aos problemas familiares dele.

- Amy, não entendo por que tenho de provar meu amor por você me lembrando exatamente das mesmas coisas que você, exatamente da mesma forma que você. Isso não significa que não amo nossa vida juntos.
Pág. 29

Aos 34 anos, Nick é um ex-jornalista irlandês especializado em cinema e dono de um bar. Está casado há cinco anos com Amy, uma escritora de testes de personalidade para uma revista feminina, mestre em psicologia e a inspiração de uma adorada série best-seller de livros infantis intitulada Amy Exemplar escrita por seus pais excêntricos e passivo-agressivos, porque sempre idealizaram a filha como a sua heroína dos livros, o que chegava a ser doentio.

De classe operária e preso num corpo de filhinho de papai, ele nasceu e foi criado na periferia por pessoas pragmáticas, irmão gêmeo de Margo - uma mulher defensiva que não aceita desaforo - e um pai internado numa casa de repouso com Alzheimer e que vive fugindo.

Era calmo, descontraído e humilde, mas também autocentrado e arrogante. Tinha um ligeiro déficit de atenção e nunca aspirou riqueza e fama. Sempre foi próximo da mãe e evitou ser como o amargurado, problemático e distante pai. Por isso, desenvolveu a incapacidade de demonstrar emoções negativas, o que o tornava um cretino aos olhos das pessoas e o principal suspeito no desaparecimento de sua esposa, em seu quinto aniversário de casamento, fato que permeia o livro inteiro.

Sei brincar, sei rir, sei provocar, sei celebrar, apoiar e louvar, mas não consigo lidar com mulheres raivosas ou chorosas. Sinto a fúria do meu pai crescer dentro de mim da forma mais feia.
Pág. 73

Aos 39 anos, Amy é brilhante, decidida e devastadoramente sarcástica. Levava uma vida impulsiva e competitiva. Adorava jogos, principalmente os de raciocínio, onde comemorava cada aniversário de casamento deixando pistas que levavam a uma caça ao tesouro (essas pistas são um dos fatores da reviravolta que deixarão o leitor de cabelo em pé). Nick nunca se empenhou em nenhuma tradição familiar, enquanto ela exagerava.

“Sei que estamos passando por um momento difícil. Eu ainda o amo muito, Nick, e sei que tenho muitas coisas nas quais preciso melhorar. Quero ser uma boa esposa para você, e quero que você seja meu marido, e que seja feliz. Mas você precisa decidir o que quer.”
Pág. 59
(...), eu tinha uma mulher que era minha igual, melhor que eu, em todos os sentidos, e deixei que minhas inseguranças, sobre perder o emprego, sobre não ser capaz de prover para minha família, sobre envelhecer, encobrissem tudo.
Pág. 378

O casamento está naufragando e o diálogo cada vez mais inexistente. Sempre foram opostos, mas se completavam, porém com o passar dos anos tornaram-se intolerantes e Amy é a única a fazer concessões, como vemos em seu diário. Antes de sumir, ela tinha decidido lutar para salvar o seu casamento.

- Minha esposa, Amy Dunne, está desaparecida há quase uma semana. Não tenho como transmitir a angústia que nossa família sente, o grande vazio em nossas vidas deixado pelo desaparecimento de Amy. Amy é o amor da minha vida, o núcleo da sua família. Para aqueles que não a conhecem, ela é engraçada, encantadora e gentil. É inteligente e carinhosa. É minha companheira e parceira em todos os sentidos.
Pág. 214

Amy que era extrovertida tornou-se uma pessoa tensa e amarga, sempre "aceitando" as falhas do marido, o que desencadeava muitos desapontamentos e ressentimentos comumente em todo casal com o passar dos anos. Já Nick que era gentil, carinhoso e amoroso, tornou-se rude, ressentido, malsucedido e descontava suas frustrações na esposa.

Amy me fez acreditar que eu era excepcional, que estava à altura do seu nível de jogo. Isso foi tanto a criação quanto a dissolução de nós dois. Porque eu não podia dar conta das suas exigências de grandeza. Comecei a ansiar por leveza e mediocridade, e me odiei por esses sentimentos, e no fim das contas, percebi, puni Amy por isso. Eu a transformei irritadiça e espinhosa que ela se tornou. Eu fingira ser um tipo de homem e me revelei outro bem diferente. Pior, me convenci de que nossa tragédia fora causada exclusivamente por ela. Passei anos me transformando exatamente na coisa que jurava que ela era: uma bola de ódio moralista.
Pág. 237

Ao longo dos anos cada um se esforçava para fazer o outro feliz, principalmente Nick sem raiva, sem discussões e com uma deferência constante. Será que encontraram uma maneira de fazer o relacionamento dar certo, mesmo tendo anos difíceis que fizeram com que se perdessem e esquecessem-se do outro?

(...): não importa quanto você e eu erremos, você sempre irá me amar e querer que eu seja feliz.
Pág. 152
Ele prometeu tomar conta de mim, e ainda assim sinto medo. Sinto que algo está errado, muito errado, e ficará ainda pior. Não me sinto a esposa de Nick. Não me sinto uma pessoa: sou algo a ser carregado e descarregado, como um sofá ou um cuco. Sou algo a ser jogado em um depósito de lixo, lançado no rio, se necessário. Não me sinto mais real. Sinto como se pudesse desaparecer.
Pág. 117

Desde seu sumiço e com indícios de assassinato devido à violência da cena do crime, o marido - sem álibi nenhum - age de forma inapropriada, evasiva e amarga, se tornando o principal suspeito, porque começa a cair em várias contradições e todas as pistas apontam para ele, já que sua esposa era perfeccionista e levava qualquer um ao limite.

(...), posso estar muito enganada. Porque algumas vezes, o modo como ele olha para mim... Aquele garoto doce da praia, o homem dos meus sonhos, (...). Eu o flagro olhando para mim com aqueles olhos atentos, os olhos de um inseto, puro cálculo, e penso: Esse homem talvez me mate.
Pág. 227
Ele arrancou fatias de mim com golpes entediados: minha independência, meu orgulho, minha autoestima.
Pág. 260

Pressionado pela polícia, pelos sogros, pela família e pela opinião pública Nick tenta provar sua inocência. Será que ele é realmente inocente? O que há por trás do desaparecimento de Amy?

- Você acha que ela poderia ter fugido? Fez isso parecer uma cena de crime e foi embora? Tipo esposa em fuga?
Pág. 198

A escrita da autora é fluída e envolvente em uma trama original, detalhista e muito bem construída dando ênfase à personalidade perturbada dos personagens, que carregam amarguras do passado, o que me deixou cada vez mais dividida acerca do caráter de cada um, que me despertou todo o tipo de sentimento contraditório.

Você consegue imaginar, finalmente revelar seu verdadeiro eu ao seu cônjuge, à sua alma gêmea, e ele não gostar de você?
Pág. 247

No princípio, o ritmo da narrativa é lento e quem não é acostumado pode até querer abandonar a leitura. Aconselho-os a não fazerem isso, porque irão se surpreender assim como aconteceu comigo. Apesar de não ter engolido o desfecho assustador, que não me agradou, amei o suspense e a dinâmica da trama, cuja segunda parte foi o seu ápice pela reviravolta sensacional que me deixou empolgada!

Este thriller eletrizante, visceral e de suspense me chocou por mostrar o quanto a mente humana é cruel e o quanto estamos a ponto de deixar aflorar nossa insanidade que nem imaginamos possuir (essa é uma das facetas da trama que me abalou por ver até onde um indivíduo é capaz de ir), porque estar dentro da cabeça dos personagens me afligiu pela complexidade de suas personalidades desafiadoras, porque eles são insanamente imperfeitos (não posso me estender, senão perde a graça da leitura). Adoraria ver um profissional analisando esse casal. Seria bem interessante!

Como em qualquer filme, seriado ou romance do gênero, costumo tecer muitas teorias e sempre acerto, mas mesmo prevendo o desenvolvimento desta trama, sua reviravolta chocante! Ao longo dos capítulos mudei constantemente de opinião, porque a autora me despistou com novas nuances na trama em diversos momentos. Quando pensei que tudo se encaminhava para um lado, ficava estupefata com a bomba seguinte! Se preparem, porque nada é como você prevê na primeira impressão, o que me deixou com o coração na mão.

Seriamente, não sei quem é o ser mais desprezível na história! Analisando dos dois lados, não dá para saber quem realmente é o herói ou o vilão da história, porque tudo tem uma dualidade que nos faz questionar se há um lado realmente inocente através de atitudes irresponsáveis, egoístas e deficientes de caráter. É difícil separar a normalidade da obscuridade que rondam suas vidas.

Além disso, mesmo complexos, os bem-estruturados personagens acabam nos cativando também com seu humor negro e nos despertando um torvelinho de emoções conflitantes, sendo os mais comuns: amor, ódio, pena, tristeza, desprezo e repúdio.

Leia! Fique desnorteado. Surpreso e, ao mesmo tempo, chocado com esse thriller visceral e arrebatador! Este livro foi inesperado porque li sem esperar nada dele e, em troca, ele mexeu profundamente as minhas emoções. Nunca mais lerei outro romance do gênero da mesma forma sobre a complexidade dos mistérios da mente humana. É de arrepiar qualquer leitor que adentra na história. É impactante! Juntamente com No Escuro, da Elizabeth Haynes, este é o segundo melhor thriller do ano que tive o prazer de ler.

A Fox comprou os direitos de adaptação do livro para o cinema (já fico até imaginando a tensão no filme e com aquela trilha sonora de arrepiar!).


36 comentários:

  1. Oba, ganhei o livro, eba!!!
    Sinto que vou gostar, ainda mais depois dessa resenha incrível!
    Parabéns amiga, cada vez mais você se supera!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leninha.
      O livro é sensacional!
      Sei que você curte um bom drama, mas se prepare para embarcar nesse thriller.
      É de arrepiar!
      Você vai amar e ficar dividida com seus sentimentos.
      Leia e depois me diga o que achou. :)

      Excluir
  2. Muito boa a sua resenha. Comecei a ler o livro hoje, espero gostar. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Nossa, pelo que você relatou sobre o livro, a história parece ser bem intensa e surpreendente!
    Eu já li varias resenhas sobre o livro e fico tentando imaginar o que aconteceu com Amy, eu suspeito que ela não seja tão inocente na história! Espero poder ler em breve pra conferir!
    Bjos ;)

    ResponderExcluir
  4. Ai,adorei o livro.Muito bom.Recomendo.

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não li, mas ouvi tantos comentários bons! A temática não é bobinha e isso atrai bastante. Saber que a história é surpreende já vale a pena. A informação de ritmo lento já tinha visto em outro blog.

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha está ótima, e pretendo ler esse livro em breve. Já li outras resenhas e comentários sobre ele e pelo que pude notar, todos gostaram muito.

    ResponderExcluir
  7. Quero muito ler esse livro!! Amo thriller. Suspense, emoção a flor da pele... Com certeza vou amar!!!

    ResponderExcluir
  8. Estão falando muito beem nesse livro. Sempre leio as resenhas sobre Garota Exemplar, porém nunca li
    :( Estou louca pra leerr :D

    ResponderExcluir
  9. Gostei!
    Sinto que vou me entregar e mergulhar nas páginas deste livro.

    ResponderExcluir
  10. Eu ainda não li esse livro, mas já ouvi falar, que é muitoooooooo bom, espero ter o meu, para ler, parabéns ao blog, otima resenha, linda.
    :)

    ResponderExcluir
  11. Quantos quotes perfeitos vi agora *-*
    Ansiedade pra ler só aumenta, muito bom esse livro né? Adorei!

    ResponderExcluir
  12. Alguns casais não conseguem extrair o melhor um do outro. O que é uma pena! Mesmo se amando (se é que se amam mesmo) não deveriam ser um casal ... Estou muito a fim de ler esse livro ... Adorei o blog ...beijo

    ResponderExcluir
  13. Amei essa sinopse desde a primeira vez. Esou gostando mais e mais de thrillers psicológicos...
    E a ideia da autora nos deixar em dúvidas quanto a Amy e Nick, brincando com nossas suspeitas vai dar um gosto a mais nessa leitura. Espero juntar as peças desse quebra-cabeças e descobrir antes do desfecho.

    ResponderExcluir
  14. Vi a capa do livro pessoalmente e achei tão simples e linda o contraste de preto e rosa arrasou..
    As resenhas e críticas me fizeram dar uma chance a leitura..adicionei para meta de leitura..

    ResponderExcluir
  15. Já li diversas resenhas sobre esse livro e, cada vez que leio uma nova, fico com mais vontade de lê-lo.
    Li O hipnotista (um thriller) no mês passado, mas a história não me envolveu. Espero que Garota exemplar consiga fazer isso.

    ResponderExcluir
  16. Muito legal adorei a resenha, foi a mais longa !!!

    ResponderExcluir
  17. Quero tanto ler este livro!!!!!!!

    ResponderExcluir
  18. Ah! Eu quero ler esse livro. Quando eu o vil pela primeira vez não dei muita atenção, mas agora eu estou realmente disposta a lê-lo.

    ResponderExcluir
  19. Parece ser uma história com personagens bem amargos e uma trama intensa e surpreendente, em que nem tudo é o que parece à primeira vista. Já está na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  20. A história é muito boa :) bora ler aushuashuh (Terminar de ler) o começo é bem tenso de se fixar na leitura, mas depois é só ficar a madrugada toda lendo aushuash

    ResponderExcluir
  21. Excelente resenha! =D Muito ansiosa para ler esse thriller arrebatador! É bem meu estilo de leitura, com romances policiais e afins. Quero ler logo logo =)

    ResponderExcluir
  22. Adoro triller de suspense e cheio de reviravolta. Me parece que em "Garota Exemplar", isso não falta. Fico impressionado quando um autor consegue nos surpreender em meio a tantos e tantos livros clichês.
    Bem curioso pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  23. Nossa Carla,resenha eletrizante!
    Realmente o livro Garota exemplar está dando o que falar,muitos comentários positivos,parabéns para a Editora Intrínseca pela divulgação,realmente um livro com certeza deve ser interessante acompanhar o rumo das investigações e tentar descobrir o que aconteceu com Amy e Nick em sua busca pela verdade.
    Interessante o livro ter um enredo tão fascinante e eletrizante e as investigações vão descobrir muitos fatos sobre o casamento,a vida e os segredos de Amy.
    Sabia que vai virar filme com a atriz Reese Whistherpoon sendo a produtora,mas será que ela também vai atuar no longa?

    ResponderExcluir
  24. Esse livro parece ser ótimo mesmo! Ta minha listinha de próximos, e espero ler até o final do mes que vem, porque tem alguns na frente que quero ler muito!
    bjus

    ResponderExcluir
  25. Adorei a história desde o primeiro momento em que a conheci. O fato de serem opostos porém se complementar, faz com que o casal se torne interessante. Após descobrir que sua esposa e ser apontado como suspeito, deve ser muito difícil para Nick lidar com tudo isso, e mais ainda, não ter ninguém ao seu lado. Estou muito ansiosa para ler, quero muito saber o final desse mistério. Ótima resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  26. Adorei a resenha. Só falta euzinha ler !!!!!
    #Ansiosa!

    ResponderExcluir
  27. Excelente resenha e historia adorei,espero ler em breve;*

    ResponderExcluir
  28. Ganhei o livro, e ele já esta é minha próxima leitura. Esse livro parece ser um daqueles trillers que te prende do início ao fim, que deixa você ansioso pra descobrir o mistério até o último segundo.

    ResponderExcluir
  29. Que bacana ver uma resenha tão bem feita, imparcial e de tão bom gosto Leninha você é uma das poucas que me prendem em resenhas e por isso digo que tudo que você indica eu compro de olhos fechados porque tem paixão aqui viu ! Quanto ao livro foi uma grata surpresa e vai estar em minha lista sim ! bjkas

    ResponderExcluir
  30. Cada vez fico mais ansiosa para ler este livro, parece ser tão bom! Sua resenha ficou perfeita, parabéns

    ResponderExcluir
  31. Quero muito ler esse livro! Quero mais ainda ganhar o livro! :)

    ResponderExcluir
  32. Bota personalidade perturbada nisso ^^
    Gosto muito de livros misteriosos, em que você chega a uma conclusão e de repente é surpreendida (E pelo que você diz na resenha, ele se encaixa perfeitamente), e quando lida com a mente humana, é como você mencionou, pode ser algo bem insano e cruel.
    Nossa, agora estou com ainda mais vontade de ler este livro!
    Muito boa a resenha.

    ResponderExcluir
  33. Esse livro parece muito bom.
    Adorei a resenha flor.

    Xoxo,
    Gabi

    ResponderExcluir
  34. Resenha muito boa, bem bacana. Estão falando suuuper bem deste livro, estou louca para ler!

    ResponderExcluir
  35. Que resenha maravilhosa!Estão falando super bem dele, to morrendo de vontade de ler.

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.