O Futuro de nós Dois - Jay Asher & Carolyn Mackler

A HISTÓRIA DE NÓS DOIS
JAY ASHER & CAROLYN MACKLER
Galera Record


A trama deste romance (The future of Us, 384 p.) se passa em 1996.

Filha de pais divorciados, que estão reconstruindo suas vidas com novas famílias, Emma, uma jovem gentil, inteligente e cheia de inseguranças como todos nós, acaba ganhando um computador do pai distante.

Em contrapartida, ganha também um CD-ROM da AOL - com instalação e cem horas de acesso gratuito à internet - de Josh, seu vizinho e melhor amigo, já que seus pais superprotetores e invasivos não aprovam por ser perda de tempo e pelo fato de salas de bate-papo ter gente mal-intencionada.

Josh é adorável, inteligente, gentil e reservado. Nutre um amor platônico por ela, pois a conhece e gosta dela pelo que é, mas esta acabou perdendo-o. Por isso, queria que tudo voltasse a ser como antes. Ele sempre está interessado em algo de longo prazo, o que faz dele o garoto dos sonhos, mas também acaba sempre de coração partido.

Durante toda a minha vida, Josh tinha sido a única pessoa com quem sempre pude contar. Se algo acontecesse entre nós e não desse certo, eu sabia que iria perdê-lo. Mas, ao tentar nos proteger, acabei perdendo Josh, de qualquer maneira.
Pág. 80

Ao acessar pela primeira vez a internet discada (que era de uma lentidão. Quem passou por essa época, vai se identificar em muitas situações, ainda mais quando utilizávamos o CD para a instalação do discador, ouvíamos músicas Discman, assistíamos a vários filmes e seriados que hoje são clássicos. Adorei o fato dos escritores terem feitos várias referências da época, o que fez com que a leitura ficasse ainda mais divertida), acaba descobrindo o Facebook (que ainda não tinha sido criado) e fica cada vez mais confusa por não saber o que era “status”, “solicitação de amizade” e “cutucar”. Desconhe o que é iPad, blog..., coisas que atualmente fazem parte do nosso cotidiano hoje. Naquela época, tudo era muito simples, mesmo com as dificuldades que enfrentávamos. Nós éramos felizes e não sabíamos! Bem, chega de divagações...

Através dos comentários se depara com seu futuro e de seus amigos dali a quinze anos e não gosta nada do que vê, porque fica completamente assustada.

Mas, mesmo que todas essas coincidências sejam verdade, por que ela foi aparecer no meu computador?
Pág. 28
– Acho que o site pode ser de verdade – diz Emma. – E não estou feliz.
– Dá pra ver. Mas por quê?
– Não – responde ela. – Estou falando do futuro. Eu nunca vou ser feliz.
Pág. 35

Os dois eram inseparáveis, mas há seis meses as coisas estão estranhas entre eles desde que sofrera uma rejeição dela e isso doeu demais, pois sempre teve uma queda pela amiga, que sempre o viu como um amigo ou irmão. Sempre se apoiaram, mas desde então estão distantes, pois ele não frequenta mais sua casa e ambos não compartilham mais seus anseios, sonhos e frustrações, desde que o magoou.

Não estou exatamente esperando pelo amor, porque vai saber se isso algum dia vai acontecer, mas sempre pareceu que estaria dando uma parte muito grande de mim para um garoto.
Pág. 71
Sempre me protegi quando a questão é amor. E talvez seja esse o problema. Por não permitir que me magoe agora, as reverberações são de muito mais mágoa depois.
Pág. 337

Mesmo assim, eles se reaproximam depois de analisarem alguns fatos contundentes e começam a desvendar em segredo detalhes de suas vidas, porque Emma está convencida de que viu seu futuro daqui quinze anos, o que interferirá na atualidade, porque a cada acesso os fatos se modificam, o que a deixa completamente arrasada e o cético Josh muito feliz, porque conquistou a gata mais popular do colégio.

Gostei de ver o quanto ele era maduro e tentava entender e aceitar os fatos, bem diferente de Emma, que surtava por qualquer coisa e isso me irritava um pouco. [risos].

Sua melhor amiga e confidente, Kellan, a nerd que tem um relacionamento conflituoso com Tyson, quer que Emma se apaixone antes de se formar, já que
mesmo namorando Graham com quem toca em uma banda , não acredita no verdadeiro amor, mas deixa a janela do seu coração aberta para quando acontecer.

Enquanto isso, ela pensa que modificando seu futuro tem uma chance de ser feliz. Será?

Ambos vão encarar seus erros e acertos, porque cada ação tem uma reação. As ações presentes reverberarão em mudanças no futuro. Não avaliam as consequências enormes que advirão disso.

- Bom, se algum dia você precisar de conselhos a respeito de como fazer um relacionamento de verdade funcionar, estou logo ali do seu lado.
Pág. 201
- Esquecer? – Os olhos de Josh faiscam de raiva. – Você sabe o que eu sentia por você! Não pode ficar me sacaneando por causa de um jogo idiota.
Pág. 243

Ficam nervosos, porque tudo parece tão frágil, porque as repercussões são impossíveis de prever, já que tudo vira uma competição e não entendem o motivo. Conseguirão contornar os problemas e encontrar a felicidade que tanto almejaram?

- Se existe uma pequena parte de você, por menor que seja, que já imaginou como Josh seria se fosse mais do que um amigo, talvez devesse pensar em fazer algo antes que seja tarde demais.
Pág. 220
Será que estraguei minha amizade com ele para sempre por causa daquele beijo? Ou porque não tinha uma resposta clara a respeito de por que eu o beijei?
Pág. 299

O enredo transcorre no período de uma semana, cujos capítulos são curtos e intercalados sob a perspectiva de Emma e Josh. Depois de ler tanto drama, tive uma leitura leve, envolvente e despretensiosa com personagens principais e secundários muito bem construídos e que me proporcionaram um torvelinho de emoções.

Além da playlist, que me fez viajar no tempo, apreciei muito a diagramação e as páginas em sépia do livro que foi bem agradável aos meus olhos de leitora e deu para diferenciar cada capítulo alternado sob perspectivas diferentes. Minha única queixa é que queria que os autores tivessem desenvolvido mais o final previsível, porque queria ver além disso.

Apesar da simplicidade, este romance juvenil traz muitas reflexões e uma delas é para nos concentrarmos no aqui e agora, porque o destino fará com que tenhamos o futuro que sempre almejamos. A meta é nos concentrarmos naquilo que queremos para nossas vidas, mesmo que precisemos nadar contra a corrente para conseguir, tendo em vista algo que nos faça muito feliz.

6 comentários:

  1. Ola, não gostei da capa mas adorei sua resenha.
    Adorei essa reflexão de tudo que acontece no presente impactará no futuro, uma boa dica de leitura !!
    Beijos
    Raíssa Lis
    Flor de Lis - http://florderaissalis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Raíssa.

      A capa não chama a atenção, mas como diz o ditado: "Nunca devemos julgar um livro pela capa", porque sempre acabamos nos surpreendendo, seja de modo positivo ou negativo.

      Espero que apreciei tanto quanto eu quando o ler.

      Beijos.

      Excluir
  2. Oi, Carlinha!

    Tenho lido algumas resenhas desse livro e já estava hiper ansiosa para ler - isso antes da de ler a sua. (rs) Você sempre acaba me deixando louca para ler o livro! (rs)

    Mas realmente parece incrível! A capa está linda!

    Beijos,
    Inara
    http://www.lerdormircomer.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Inara.

      É um livro muito gostoso. Viajei no tempo.
      Bom para entreter mesmo. :)
      Você vai gostar.
      Beijos.

      Excluir
  3. Oi Carlinha!!! Esse livro é muito fofo. Dá uma nostalgia, não é mesmo?
    Ah, ainda não tinha dito, mas adorei o novo layout. Mudou, mas amntendo as características.
    Bjksss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ro.
      Com certeza! Pura nostalgia.
      Viajei no tempo da internet discada... hehehe.
      Fico feliz que tenha apreciado o novo layout. Foi difícil, mas valeu a pena o resultado final, porque quis manter a mesma essência sem perder a identidade do blog. ^^
      Beijos.

      Excluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.