AMOR SEM IGUAL :. Danielle Steel

AMOR SEM IGUAL
DANIELLE STEEL
Record

Título original .:. No Greater Love
Título em espanhol .:. No hay un Amor más Grande
Título em português (Portugal) .:. Um Amor Imenso

O romance nos leva ao início do século, retratando a vida de uma sobrevivente do mais famoso naufrágio já conhecido: o Titanic.

Uma leitura emocionante, que prende a atenção do leitor do início ao fim.

Tudo começou em abril de 1912, quando numa viagem infeliz a bordo do até então "perfeito" navio R.M.S. Titanic, Edwina Winfield deu início à sua saga.

Ao perder os pais no naufrágio, se viu na obrigação de cuidar dos seus irmãos mais novos, que também sobreviveram ao acidente, deixando de ser feliz para ver a felicidade dos irmãos.

Ano após ano, ela se vê como a matriarca da família, tentando cumprir o papel daquela que perdera.

A luta incessante de Edwina é emocionante, que somente após ver que cada um de seus irmãos estão já encaminhados na vida, consegue se libertar dos fantasmas daqueles que amara para cuidar da própria felicidade.

♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸.•♥

Recomendo!

Sou uma grande fã da escritora Danielle Steel e este foi o segundo romance dela que tive o prazer de ler e, a partir daí, não parei mais. Suas obras são fascinantes e são classificadas como "contos de fadas modernos". Para as românticas é um prato cheio!!!

Foi a primeira vez que li a respeito do naufrágio do Titanic. Fiquei abismada! Foi uma grande tragédia de grande proporção! Só muitos anos mais tarde, eu veria a dimensão dessa tragédia, ao assistir ao filme "Titanic", com Leonardo DiCaprio e Kate Winslet.

Em 1912, a jovem Edwina Winfield sobrevive ao naufrágio do Titanic, mas perde seus pais e seu noivo. A partir daí, torna-se tutora de seus irmãos pequenos e terá que enfrentar o difícil caminho de seguir adiante e recuperar a ilusão pela vida.


A tragédia do Titanic fornece o cenário dramático para este conto inspirador.

Um drama histórico na qual uma jovem mulher deve cuidar de si mesma, enquanto torna-se mãe de seus irmãos, após o noivo e os pais morrerem no Titanic.

A bordo do navio condenado, Edwina Winfield brinda seu noivado cercada por sua família. Mas o iceberg que quebra o casco do transatlântico abala sua vida, quando ela perde seus pais e seu noivo. Por mais de uma década, ela mantém o jornal, que é o império da família, para levantar a fortuna e manter seus irmãos juntos. Não há espaço para o amor até que dois homens trazem romance em sua vida novamente.


Esse livro é apaixonante! Eu me emocionei muito com a história dramática da personagem e impregnada de emoções, que durante o desenrolar da história teve muitas perdas em sua vida, mas consegue superar as adversidades da vida e se tornar uma mulher forte, de fibra para seguir adiante na luta para criar seus irmãos e manter a família unida.

Vivenciei as mais diversas emoções... Chorei, ri, vibrei e torci por Edwina, para que ela encontrasse sua felicidade depois de tantas tragédias em sua vida.

Fiquei apaixonada pela história. Danielle Steel nos encanta, nos envolve em cada história, que são apaixonantes!

O livro "Amor sem Igual" foi adaptado para o cinema em 1996, intitulado "Danielle Steel's No Greater Love". Estrelado por Kelly Rutherford, Chris Sarandon e Simon MacCorkindale.

Há uns dois anos atrás, tive o privilégio de assisti-lo, em um especial do Dia dos Namorados com filmes baseados nos livros da Danielle Steel, no canal MGM. E... fiquei fascinada!!!

Em comparação com o filme, o livro "Amor sem Igual" é superior, pois abrange mais a história e seus personagens.

O filme é emocionante também, mas deixou a desejar. Ficou faltando a história dos outros irmãos de Edwina e outros personagens que constam no livro, que é a sua essência. Concluindo, o filme é bem resumido, só centraliza em alguns irmãos, mas vale a pena ver!!!

Apesar disso, eu recomendo tanto o filme quanto o livro!

Mas prefiro muito mais o livro, é claro!!!!! :)

7 comentários:

  1. Fernanda,

    Em sua homenagem, postei a respeito do livro que você queria saber! rs.

    Espero que faça uma boa leitura!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Ah, obrigada pela resenha! Só aumentou minha vontade de ler o livro...

    Se eu já gostei do filme que, segundo o que você disse, é uma versão resumida, o livro deve ser maravilhoso mesmo! Está no topo da minha lista, sem dúvida. Quando der uma brechinha no orçamento vou comprá-lo.. :)

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi, Fernanda.

    Adquire sim. Você não se arrependerá!
    O romance é lindo!!!

    O único porém dos livros da DS, é que são um pouco caros mesmo!

    Faz algum tempo, que não compro mais livros dela, mas sempre tem ótimas promoções na Saraiva, no Submarino e nas Americanas.

    Sempre que posso, aproveito essa chance!!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ana.

    É muito comovente esse livro!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Reparou que citei seu blog e sua resenha no final do meu post??

    Eu sempre tive vontade de ler esse livro, como contei no começo do post, mas sua resenha sem dúvida me animou mais ainda...

    Apesar de ter feito algumas críticas, eu realmente gostei. É engraçado, todos os livros da Danielle q li até aqui tiveram vários elementos que não me agradaram mas, como um todo, gostei bastante de todos os livros dela... :)

    Depois vou pesquisar sobre esse Klone e Eu q vc falou.. já ouvi falar dele, rs..

    Bjoos!

    ResponderExcluir
  6. Olá, Fernanda

    Reparei sim e fiquei lisonjeada!

    Esse livro é lindo mesmo! Fico muito feliz em saber que minha resenha te animou a lê-lo!

    Concordo com tudo o que você disse nas suas críticas!

    Sempre tem algumas coisas que não nos agrada em seus livros, mas mesmo assim são bons!

    Quanto ao 'Klone & Eu', é hilariante! Muito engraçado! Foi um dos livros dela que me surpreendeu!

    Beijos.

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.