Eclipse :. Stephenie Meyer

ECLIPSE
STEPHENIE MEYER
Intrínseca

Hoje quero falar sobre a segunda edição especial com pôster exclusivo do terceiro livro da série Crepúsculo, ECLIPSE, que já está nas livrarias, de todo o Brasil, lançada pela editora Intrínseca para prestigiar o filme, A Saga Crepúsculo: Eclipse, que estreia dia 30 de junho de 2010.

Amei receber o meu exemplar especial de
ECLIPSE, da Intrínseca, no dia 11 de junho de 2010.

Agora tenho os dois livros, já que o primeiro eu comprei o ano passado, mas achei magnífica a foto da capa dessa edição especial, já que tem tudo a ver com a história, pois Bella está dividida entre os dois.

Se vocês repararem na capa, na pupila da Bella está o Edward e na contracapa, está o Jacob. E o pôster exclusivo que vem com essa edição é lindo!!! Demais, não é?

Está esperando o que, para adquirir o seu e se apaixonar por essa história.

Abaixo falarei mais sobre ele. Já tinha essa resenha da primeira edição lançada aqui. Mas agora, com essa nova edição toda especial, com a capa do filme
Eclipse, que estreia no fim desse mês, resolvi atualizar essa postagem.

Para quem não viu ainda, ou não sabe sobre o livro ou a série, veja mais informações a seguir.

♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸¸.•♥


ECLIPSE
STEPHENIE MEYER
Intrínseca

Título original - Eclipse
Título em espanhol - Eclipse

TERCEIRO VOLUME DA
SÉRIE 'CREPÚSCULO'

"No silêncio mortal, todos os detalhes de repente se encaixaram, numa explosão de intuição.

Havia algo que Edward não queria que eu soubesse. Algo que Jacob não teria escondido de mim. Algo que pôs tanto os Cullens quanto os lobos no bosque, movendo-se juntos numa proximidade perigosa. (...)

Algo que eu, de algum modo, esperava. Que eu sabia que aconteceria de novo, tanto quanto desejava que jamais acontecesse.

Nunca teria um fim, teria?"

Clique aqui e leia o primeiro capítulo, publicado no site da Editora Intrínseca.

Site oficial da saga no Brasil: http://www.intrinseca.com.br/crepusculo

O FILME

A SAGA CREPÚSCULO: ECLIPSE

Título Original - THE TWILIGHT SAGA: ECLIPSE

A série fez tanto sucesso que saiu das páginas para as telas pelo estúdio Summit Entertainment.

A continuação da história de amor entre uma mortal e um vampiro, terá sua estreia mundial nos cinemas em 30 de junho de 2010, intitulado "THE TWILIGHT SAGA: ECLIPSE", sob a direção de David Slade.

No elenco principal,
continua Robert Pattinson, Kristen Stewart e Taylor Lautner. Nele vamos acompanhar a história da Bree (você entenderá melhor se ler A Breve Segunda Vida de Bree Tanner, da Stephenie Meyer.) que será interpretada pela atriz Jodelle Ferland. Já Victoria será interpretada por Bryce Dallas Howard, que substitui a atriz Rachelle Lefevre, e Riley pelo ator Xavier Samuel.

Bella e Edward estão juntos, mas a sua relação proibida é ameaçada de ser destruída novamente por um vampiro mau que ainda busca vingança. Bella é forçada a escolher entre o amor verdadeiro de Edward ou a sua amizade com Jacob Black, já que as lutas entre vampiros e lobisomens continuam. Mas há ainda outra opção para Bella fazer, a mortalidade ou imortalidade?

Site oficial do filme: http://www.eclipsethemovie.com/

♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸¸.•♥´¨´♥•.¸¸.•♥•.¸.•♥

Recomendo esse terceiro livro, que é um dos meus preferidos da saga, porque é o livro que tem mais ação, emoção do princípio ao fim.

Para mais informações sobre a saga Crepúsculo, que vendeu mais de 85 milhões de exemplares em todo o mundo, e sobre a autora Stephenie Meyer, clique aqui.

Primeiramente, quero dizer que apesar dos livros dessa série fascinante ser focada para o público juvenil, muitos adultos que gostam de histórias de ficção e fantasia irão se apaixonar. Isso eu garanto! Com certeza absoluta!!!

Eclipse alcançou o primeiro lugar na lista de mais vendidos do 'The New York Times' e vendeu mais de 45 milhões de exemplares em todo o mundo.

"'BELLA?' A VOZ SUAVE DE EDWARD surgiu atrás de mim. Eu me virei e o vi disparando com leveza pela escada da varanda, o cabelo esvoaçando. Ele me tomou nos braços num só movimento, como havia feito no estacionamento, e me beijou de novo. Esse beijo me assustou. Havia tensão demais, foi brusca demais a pressão de seus lábios nos meus - como se ele estivesse com medo de termos pouco tempo para nós dois."

Enquanto Seattle é assolada por uma sequência de assassinatos misteriosos e uma vampira maligna continua em sua busca por vingança, Bella encontra-se cercada de perigos outra vez. Em meio a isso, ela é forçada a escolher entre seu amor por Edward e sua amizade com Jacob - sabendo que essa decisão tem o potencial para reacender o conflito perene entre vampiros e lobisomens. Com a proximidade da formatura, Bella tem mais uma decisão a tomar: vida ou morte. Mas o que representará cada uma dessas escolhas?

Os leitores fascinados por Crepúsculo e Lua Nova vão devorar ansiosamente Eclipse - o terceiro livro da excitante saga de amor e vampiros assinada por Stephenie Meyer.

Eu amei Eclipse, a continuação de Lua Nova, embora muitos achem não ser o melhor da saga. Mas convenhamos de que a saga não teria uma boa história sem a relação do trio Bella, Edward e Jacob, o que dá uma apimentada a mais à trama.

No livro anterior, Lua Nova, vimos que Bella ficou devastada com a partida repentina de Edward e o quanto sua amizade com Jacob cresceu.

Eu achei que Eclipse foi o ápice da série, porque é onde nós vemos o desenrolar de um triângulo amoroso. Nele, Edward tenta recuperar o tempo perdido de Bella com Jake, porque ele está tão acabado que nem pode falar direito, já que aceitou ser parte desse mundo. É nele que ocorre o choque entre os vampiros e lobisomens. Edward e Jacob usam suas armas para disputar o amor de Bella, que continua insegura e frágil, mas ela se vê no dilema de protegê-los. Uma luta feroz se aproxima, além da ameaça de uma legião de recém-criados rondando os domínios dos Cullen.

Achei o livro emocionante a cada página e surpreendi-me a cada desfecho dos personagens. Definindo em uma só palavra: Eletrizante!

Achei muito empolgante, repleto de ação do começo ao fim. Adorei saber um pouco mais sobre os Cullens e a lenda dos Quileutes. Achei que esse livro teve muitas coisas favoráveis, entre elas: o amadurecimento da relação entre Edward e Bella, a união dos vampiros e lobisomens para salvar Bella.

Neste terceiro livro, mergulhamos mais uma vez nos sentimentos conflitantes de Bella que, após retornar da Itália, está de castigo e frustrada, porque o ensino médio está no fim. Mas, no decorrer da história, veremos diversas questões pelos quais a personagem está afligindo-se. Deve tornar-se imortal, ou ficar com Jake ou Edward como humana?

Mas, como sempre, o imprevisto acontece, causando mais confusão. Um exército de vampiros recém-criados está à solta e os Cullens, que estão de volta, especialmente Edward, estão mais alertas do que nunca e acham que isso é apenas uma desculpa para a volta dos Volturi. Enquanto isso, Bella está indecisa entre esoclher sua amizade com Jacob como humana ou o amor que sente por Edward tornando-se vampira, o que pode originar uma batalha entre lobisomens e vampiros pondo a vida de sua nova família e os seus antigos amigos em risco. E o inesperado acontece... (Não vou citar mais nada aqui, senão revelarei fatos importantes e não quero estragar a surpresa de você apreciar um bom livro).

O epílogo de Eclipse é contado do ponto de vista de Jacob. Adorei essa parte, conhecer a Leah e o Seth.

Adorei a ilustração da capa original, que faz uma bela simbologia à história!

A fita vermelha partida representa a escolha que Bella é obrigada a fazer entre Edward e Jacob, e também a ideia de que pode acabar com sua vida como humana.

Adorei a volta dos Cullens e de Edward, as cenas românticas e engraçadas. Mas também adorei conhecer mais o Jacob e os Quileutes que são divertidos! Apesar do Jacob ser insistente e, ao mesmo tempo, persistente em seus sentimentos com Bella, ele acaba ficando meio chato, depois de uma determinada cena... (quem leu sabe do que estou falando). Mas apesar disso, acho que ele é o amigo ideal, fiel, sempre pronto para ajudar nos bons e maus momentos. Acho-o até uma pessoa mais saudável para Bella (muitos vão me 'matar' por estar dizendo isso, mas se você pensar melhor, quem não queria um amigo assim?), porque, ao ser abandonada por Edward, Bella encontrou nele o companheiro, o apoio e o consolo de um verdadeiro amigo, mas... Edward é sua alma gêmea, então... é difícil de explicar...

Como já sabemos, em Crepúsculo estabelece-se o romance entre Bella e Edward... E aí, a amizade de Bella e Jacob cresce em Lua Nova, mas em Eclipse são os três juntos, porque Jacob e Edward tem que formar uma equipe e tentar ser amigos para protegê-la. Então, Eclipse é como o ápice do fim da série, onde é o triângulo amoroso, porque depois de Lua Nova é tudo muito tranquilo para Bella, já que ela está muito sólida em sua relação, contente e feliz.

Achei o máximo a epígrafe do livro. Tem tudo a ver com a história, porque faz uma comparação entre o lobisomem e o vampiro, ou seja Edward e Jacob:



FOGO e GELO

Alguns dizem que o mundo acabará em fogo,
Outros dizem em gelo.
Pelo que provei do desejo
Fico com quem prefere o fogo.
Mas, se tivesse de perecer duas vezes,
Acho que conheço o bastante do ódio
Para saber que a ruína pelo gelo
Também seria ótima
E bastaria.

~ Robert Frost ~


Eu amei várias coisas no livro:

1. A relação dos personagens dos livros clássicos, tais como: "Romeu & Julieta" (Shakespeare), Elizabeth Bennet e Sr. Darcy ("Orgulho e Preconceito", Jane Austen), Cathy e Heathcliff ("O Morro dos Ventos Uivantes", de Emily Brontë);

2. As citações das frases belíssimas do livro da Emily Brontë;

"Se tudo o mais perecesse e enquanto ele perdurasse, eu ainda continuaria a existir; e se tudo o mais restasse e ele fosse aniquilado, o universo se tornaria muito mais estranho."

"Eu não posso viver sem minha vida! Não posso viver sem minha alma!"

~ Bella e Edward citando frases do clássico "O Morro dos Ventos Uivantes", de Emily Brontë ~

3. Conhecer a história dos Cullens individualmente. Achei muito triste e surpreendente a história da Rosalie e do Jasper. A, partir daí, comecei a vê-los com outros olhos, especialmente a Rosalie, porque finalmente entendi o por que da sua aversão pelo fato da Bella querer ser imortal.

4. Adorei as cenas engraçadíssimas da rivalidade e tensão entre Edward e Jake por causa de Bella (o soco de Bella em Jake, a barraca, etc.);

5. Amei todas as cenas românticas entre Edward e Bella, é claro. (Aquela da cama enorme no quarto foi hilariante e o pedido foi lindo!), etc.

6. Gostei de muitos momentos com Jake também, apesar de achar ele insistente demais com a Bella (risos). Adorava as conversas divertidas entre eles na cozinha da casa dela. Mas amei uma frase dele, que tem tudo a ver com o enredo e a dinâmica de Eclipse. Fiquei até com pena do Jake! A frase segue abaixo:

Com as nuvens, eu posso lidar.
Mas não posso lutar com um eclipse.

Gostei de muitas coisas, apesar de ter desgostado de outras (para mim a Bella continua sendo patética e chata no sentido de ela ser avessa à algumas coisas, tais como não gostar de receber presentes, não deixar a Alice ajudá-la nos preparativos, etc. Às vezes, isso acabava me irritando. Acho que quem dá intensidade à trama são os Cullens e os Quileutes), mas pesando na balança há mais prós do que contras. Se eu for enumerar todos, daria um post imenso. Por isso, só citei aqui alguns. Mas isso não quer dizer que não apreciei a série. Adorei e me tornei fã, mas sempre tem algumas coisas que não concordamos ou gostamos. (risos).

No final do livro Eclipse, vemos uma luta e uma vampira recém-criada, Bree. No livro, A Breve Segunda Vida de Bree Tanner: Uma História de Eclipse, da escritora Stephenie Meyer, lançado pela Editora Intrínseca, e já nas livrarias, saberemos um pouco mais acerca da personagem e como foram criados o bando dos recém-criados, seus medos, conflitos, etc. Nele saberemos muitas respostas, que não pudemos ver em Eclipse com uma nova perspectiva sob o olhar da vampira Bree Tanner.


Neste quinto livro, veremos a série sob um novo olhar: Bree é uma jovem que vive nas trevas e pertence ao devastador exército dos recém-criados. Eles se preparam para atacar Bella e os Cullen. O desenrolar da história de Bree, apesar de breve, é essencial para a compreensão de todo o universo visto até agora.

Não vejo a hora que chegue 30 de junho para eu assistir ao filme The Twilight Saga: Eclipse, baseado no terceiro livro da série, sob a direção de David Slade.

Estou ansiosa! Vamos aguardar!

É isso aí, deixo aqui a minha dica de hoje!

Em outro post, falarei sobre o livro A Breve Segunda Vida de Bree Tanner e o livro que encerra a saga Crepúsculo: Amanhecer.

6 comentários:

  1. Podem falar o que quiserem mas sou mega fã da Saga Crepúsculo.
    Amei cada livro. Definitivamente mexeu comigo !
    Realmente Eclipse é o ápice da saga.
    Parabéns pela resenha.
    Bjs
    Luka.

    ResponderExcluir
  2. Adoro Eclipse, na verdade adorei toda a saga.
    Ansiosa pela estreia do filme!
    Adorei o post!
    beiijão

    ResponderExcluir
  3. Ei Carla,

    Eu amoo a saga de paixão, ja reli umas 4 vezes e queria ter tempo de reler de novo pra colocar no blog rsrs

    bj

    ResponderExcluir
  4. Minina, acredita que tenho os 4 livros e os filmes, nem li e nem vi nenhum ainda? Rapaiz, coragi, Carlota! kkkkkkkkkkkk, bjins.

    ResponderExcluir
  5. Oi Carla
    Eu adoro a Saga Crepúsculo. Para mim, o livro mais fraco é Lua Nova. Eu amei Eclipse, foi um de meus preferidos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Ah... Foi em Eclipse que eu definitivamente passei a odiar a Bella e a considerar a pior mocinha de todos os tempos.
    Mas nem vou ficar debatendo esse assunto porque tenho amor a minha vida. rsrs
    Enfim, concordo plenamente com você que Jacob seria mais saudável a ela por todos os motivos que citou.

    ai... Jacob Black! Eu morro ainda... *__*

    Beijos.

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.