Hathor :. Markus Thayer

HATHOR
Faz um tempo que concluí a leitura desse livro que recebi autografado do autor brasileiro Markus Thayer, nossa mais nova parceria, e só agora pude resenhá-lo, já que o tempo deu uma folga. (risos).

Li-o em um momento em que estava só lendo livros leves, o que foi um grande descanso dos temas densos e, garanto a vocês, que apreciei cada momento da leitura, mas chega de divagações... (risos).

A história se passa em 1856, em Cambridge, na Inglaterra.

John McBrian, é um jovem alto, magro e de cabelos castanho-escuros. Aos vinte anos de idade, focava-se nos estudos, porque é estudante de Engenharia. Seu pai era um próspero industrial da área têxtil em expansão. Queria que seu filho assumisse futuramente os negócios da família, porque queria dedicar-se à política, mas ele era fascinado pelo trabalho de Charles Darwin.

John leva uma vida pacata, que está prestes a mudar, quando seu professor,
Sir Oliver Stwart, pede que faça um trabalho sobre a Guerra das Rosas. Durante a pesquisa para compor esse trabalho, ele deparou-se com uma situação estranha. Na busca para enriquece-lo com detalhes, pegou um livro da biblioteca do conceituado colégio King's College e, ao manuseá-lo com cuidado, encontrou uma estranha colagem, percebendo duas folhas coladas com muito cuidado dando a impressão de que alguém queria esconder algo.

John manuseava o livro com extremo cuidado, pois, sendo amante da literatura, procurava sempre proteger ao máximo os livros. (...)
(...)

(...) começou a verificar a estranha colagem e percebeu que as folhas haviam sido cuidadosamente coladas apenas nas bordas, de modo que o meio ficasse livre, formando um tipo de envelope. Ficou claro que a colagem tinha sido feita com o propósito de tornar-se quase invisível.

Pág. 18

Ao mostrar ao seu mestre, viram que tinha uma inscrição em inglês, um desenho e uma data. Era um antigo mapa, através de um manuscrito de 150 anos.

- Não sei, eu prefiro acreditar que se trata de algum tesouro, alguma antiguidade perdida, alguma relíquia... (...).

Pág. 33

Juntamente com a ajuda de seu professor e William Kenward, seu melhor amigo, John começa a desvendar os códigos, criptogramas, anagramas e sequências numéricas que fez com que recordasse-me dos livros: "O Código da Vinci", "O Símbolo Perdido", do autor Dan Brown, com o professor de simbologia Robert Langdon (que adoro!); e "A Pirâmide Vermelha", do autor Rick Riordan, com os irmãos Carter e Sadie Kane.

Enquanto isso, a jovem Emma Balding, de 18 anos, trabalhava na casa de Sir Oliver e residia num vilarejo com sua mãe, Mary Balding. Ela nunca tivera a oportunidade de estudar e seu maior sonho era casar com Klaus, um prussiano, por quem nutria paixão e carinho, que era um ex-marinheiro que inspirava desconfiança na comunidade por causa de seus modos de agir e de sua postura. O futuro dos dois era incerto, porque ele sempre envolvia-se com brigas, jogos e não tinha um emprego fixo, mas tinha dinheiro. Suas amizades não eram bem vistas pelos moradores locais, porque acreditavam pertencer a um grupo de malfeitores, até que um dia, em uma terrível discussão, Emma acaba revelando a ele que seu patrão está seguindo um mapa antigo atrás de um tesouro e que está de viagem marcada.

A uma distância onde não poderiam ser facilmente vistos, um grupo de cinco homens, munidos de lunetas, acompanhavam os trabalhos dos pesquisadores do King's College.

Pág. 55

Emma está triste e ensimesmada desde que descobriu a verdade sobre Klaus e, com a ajuda da mãe, vai atrás dele, antes que este cometa uma loucura.

A situação foge do controle com a chegada delas ao local, até que uma mudança inesperada acontece.

Esse, na minha opinião, foi apenas um dos momentos mais tocantes do livro:

- (...) que uma sementinha precisa de terra fértil para germinar, o amor precisa de paz e harmonia para crescer saudável. Não há como construir uma vida melhor, turvando a consciência, profanando o que temos de mais sagrado, que é a paz interior. (...).

Pág. 71

Alguns rumos inesperados, colocarão John em extremo perigo ao lado do seu professor e do seu melhor amigo, que tem como objetivo chegar ao local apontado pelo mapa. Cruzando o oceano, eles vão parar no Brasil, mas são perseguidos por pessoas misteriosas.

(...) eram soldados de uma antiga organização ninja. (...) . Não conheceram outra vida senão a dos desafios e batalhas constantes. (...) , existiam para eles apenas dois finais possíveis: vitória ou morte! (...).

Pág. 95

Atormentados pelas incertezas, John e seus amigos terão coragem o suficiente para desvendar os mistérios instigantes, fenômenos inexplicáveis e mensagens criptografadas com a finalidade de possuir o maior de todos os tesouros, que só ele tem a chave onde o seu destino o aguarda.

O que será que eles encontrarão? Só digo que é inusitado e surpreendente!

Adorei diversos personagens, entre eles: Sir Oliver Stwart, o professor de John, que é uma pessoa brilhante e de grande generosidade; o inglês e melhor amigo de John, William Kenward, que tem uma memória extraordinária e não gostava de esportes; Mary Balding, mãe de Emma, que foi abandonada pelo marido ainda jovem e luta para criar a filha da melhor maneira, desejando que esta fosse feliz, mesmo não aprovando o seu namoro com Klaus; βriela e sua mãe PŸthia (segundo o autor me informou, os nomes se escrevem assim mesmo!), que são pessoas generosas e de uma meiguice encantadora. Não citarei todos aqui senão a minha resenha ficará extensa demais! (risos).

Para saber o que o aguarda nessa história repleta de aventuras, romances, mistérios e, é claro, muito suspense, assista ao
Booktrailer de "Hathor"!

"Hathor" foi um livro surpreendente com muitas reviravoltas em uma viagem fascinante rumo ao desconhecido. Adorei a história, que é bem diferente de todos os livros que já li desse gênero, assim como a narrativa bem construída e que flui tranquilamente onde deparamos com um mundo inacreditável, que só ousamos sonhar! A cada página, a cada capítulo, uma surpresa e a ansiedade de saber o que viria. Fascinante, arrebatou-me desde o início.

Ao chegar ao fim da leitura, vi que a história podia ter uma continuação, já que algumas questões ficaram nas entrelinhas, deixando algo em aberto. Ao perguntar ao autor sobre isso, ele confirmou:

"O livro tem continuação sim e já está sendo escrito. Quanto ao nome ainda não tenho um nome provisório, apenas tenho a vontade de colocar a palavra Hathor no início."

(Markus Thayer)

Achei a capa o máximo, porque tem tudo a ver com a história em si. Só quem leu o livro, entenderá o seu significado! Achei genial!

Apesar dos poucos erros de revisão que encontrei, esta está muito bem feita, já que os erros não interferiram em nada na história.

Quero agradecer muitíssimo ao autor, porque através de "Hathor" trouxe-me momentos divertidos! Obrigada por ter concedido-me a honra de conhecer essa obra imperdível, preferencialmente nacional, que proporcionou-me uma leitura profundamente envolvente, instigante e emocionante!

Para quem ainda não sabe, esse livro faz parte dos "Novos Talentos da Literatura Brasileira", que é um selo da Editora Novo Século, e é maravilhoso poder resenhar um livro nacional, já que este é apenas um dos muitos que estão na lista dos livros que li que não perde em nada comparado a muitos livros consagrados no exterior tanto no quesito criatividade quanto na qualidade em si. Isso me enche de orgulho, por ver que nossos autores estão se sobressaindo cada vez mais com histórias maravilhosas através dos livros nacionais que tenho lido ultimamente e quero parabenizá-los por isso. É uma pena que muitos não saibam valorizar a nossa literatura. Deem uma chance e garanto que vocês vão se surpreender!

Agora só me restar aguardar a continuação, já que estou ansiosa para saber o que acontecerá com o jovem John e seus amigos.

O AUTOR

MARKUS THAYER

Formado em Ciência da Computação e MBA em Controladoria. Especialista em Computação, é um grande entusiasta por física teórica e mecânica quântica. Separa uma parte de seu tempo para cinema, música, leitura e outras grandes paixões, como escrever histórias de ficção.

Para saber mais sobre o autor e sua obra:

No Blog Oficial: http://livrohathor.blogspot.com/


Você também pode comprar o livro autografado diretamente com o autor. É só entrar em contato através do e-mail markusthayer@gmail.com

21 comentários:

  1. ótima resenha de um livro maravilhoso!

    ResponderExcluir
  2. Ei Carlinha, como sempre sua resenha está ótima!! Eu tenho vontade ler esse livro!! Tomara q tenha promo!!

    ResponderExcluir
  3. Estou querendo ler tem tempos... Agora quero mais ainda!!!

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Adoro esse tipo de livro! Cheio de mistério, romance, amo!! Ótima dica, Carlinha, e como sempre, uma resenha perfeita!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Carla, gostei muito dos eu entusiasmo,e também gostei da dica.
    Acho que não me interessei muito pelo livro por estou numa fase "mais romantica" hehehehe

    Mas concordo com você que "nossos autores" estão mandando superbem.
    Bjusssss

    ResponderExcluir
  6. Esse livro parece ser muito bom =) Pretendo lê-lo em breve!

    ResponderExcluir
  7. este livro deve ser ótimoo, queria ganhar o sorteio para poder lê-lo .. bjs, fiquem com Deus ;*

    ResponderExcluir
  8. Já li várias resenhas (e há muito quero ler o livro), e, como digo, esse é o tipo de livro que causa polêmica: uns gostam muito, outros nem tanto... o fato é, só saberei depois que ler.
    cheirinhos
    Ruddy

    ResponderExcluir
  9. Adoro essas histórias cheias de místérios, vai aguçando ainda mais a nossa curiosidade!

    ResponderExcluir
  10. Tenho lido muitas coisas boas sobre esse livro mta vontade de ler sempre bom prestigiar a literatura nacional!

    ResponderExcluir
  11. Carla, muito obrigado pela resenha, ficou maravilhosa.
    A todos, muito obrigado pelos comentários e pelo carinho.
    @MarkusThayer

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha, quero muito ler

    ResponderExcluir
  13. Gsotei muito da resenha Carla!
    Eu sempre gosto das suas resenhas amiga!
    kkk.
    Ficam tão boas que só por conta delas já tenho vontade de ler o livro.
    E esse, além de ser autor brasileiro, jpa estou sentindo que vale sim a pena! kkkk

    ResponderExcluir
  14. Olá, pessoal!

    Fico muito feliz que vocês gostaram da resenha.

    Muito obrigado pelo carinho!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Markus.

    Que prazer ter você por aqui!

    Fiquei muito feliz em saber que você apreciou minha singela resenha! Agradeço sua gentileza!

    Torço muito, para que seu livro 'Hathor' seja um sucesso E desejo que todos possam partilhar dessa emoção ao ler essa história tão fascinante!

    Pode contar sempre com o meu apoio para qualquer promoção ou divulgação do livro no meu blog!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. OH, adorei a resenha o/

    Já andei lendo algumas resenhas de Hathor e sinceramente, quanto mais leio, mais sinto vontade de tê-lo em minhas mãos ^__^

    Saber que o roteiro acontece em outra época só fez me instigar mais e sim, estou muito ansiosa para conhecer o talento do Markus ^~

    Hathor é dos livros que já está na minha lista para serem comprados, sem dúvida \o/

    Obrigada, Markus, por sortear ^~

    Abraços a todos!!!

    Illyana HimuraWakai
    illyana.himura@gmail.com
    @IllychanHimuraW

    ResponderExcluir
  17. A resenha está ótima, senti muita vontade de ler. Já ouvi comentários muito interessantes e com certeza vai para a lista.

    ResponderExcluir
  18. Boa resenha. Já li várias resenhas sobre este livro que me deixaram com vontade de lê-lo. Mas esta...! A capa é estupenda, por si só, convida o leitor a lê-lo.

    ResponderExcluir
  19. Achei ótima a tua resenha, fiquei bem ansiosa pra ler o livro, e sim pelo jeito realmente lembra os livros de Dan Brown ao qual tanto amo, espero que eu ganhe ^^.

    ResponderExcluir
  20. Adorei a resenha.
    Aguçou ainda mais minha curiosidade...
    Bjs!
    Déia

    ResponderExcluir
  21. adorei o livro !
    Nome: renan paiva
    Ignore o nom lucia

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.