Crepúsculo: Guia Oficial Ilustrado da Série (Stephenie Meyer)

CREPÚSCULO: GUIA OFICIAL ILUSTRADO DA SÉRIE
STEPHENIE MEYER
Intrínseca

Em 2005,
Crepúsculo apresentou Bella Swan e Edward Cullen aos leitores - nascia um fenômeno mundial. Desde então, milhares de pessoas acompanharam a inebriante história de amor que se seguiu em Lua Nova e em Eclipse e que chegou ao clímax em Amanhecer.

Lançado em
18 de abril de 2011, pela editora Intrínseca, este é o único guia oficial da saga de Stephenie Meyer (do original em inglês The Twilight Saga: The Official Illustrated Guide). Para quem é fã, não pode perder esse lançamento, que está um primor. (Para quem ainda não conhece ou quer saber mais informações sobre a saga e a autora, clique aqui!) As páginas lisinhas são iguais as da HQ Crepúsculo: Graphic Novel e algumas imagens inéditas de Young Kim (que vocês verão nesta postagem) e de outros ilustradores estão maravilhosas, de deixar qualquer fã e, quem não é fã, impressionado. Gostei de ver os traços dos outros personagens que compõem a saga.

Enfim, todos os pedaços se unem...

Como a própria capa ilustra perfeitamente, representando todas as "peças dos quebra-cabeças" da saga, que então se unem.

Agora, pela primeira vez, Stephenie Meyer revela os segredos por trás da série e mostra as histórias e anotações que fizeram parte de seus exercícios de criação, que incluem perfis detalhados de personagens, informações genealógicas e extensas referências cruzadas.

É um guia para fechar a série com chave de ouro, onde ele expande esse mundo com informações completas e encontramos muitas respostas reveladoras às inúmeras questões relacionadas a tudo o que você sempre quis saber sobre a série: as histórias dos personagens principais e secundários; além de outros detalhes que não foram incluídos nos livros, mas que são parte fundamental das pessoas e das tramas que compõem a saga como os ambientes, os veículos (carros e as motos) que refletem a personalidade do seu respectivo dono, as moradias (mansões, castelos, covis, etc), todos os clãs dos vampiros (Cullen, Volturi, Denali, Egípcio, Romeno, Irlandês, Mexicano, de James, das Amazonas, de Riley, os Nômades e os vampiros Híbridos), dos lobisomens (as matilhas Black e Uley; e a tribo) e dos humanos (família e amigos de Bella, estudantes e moradores de Forks, Seattle e do Brasil), além das características dos mesmos, trechos que foram cortados das edições dos livros e também anotações nunca antes reveladas nas tramas principais e secundárias.


Esme
"Vampiros são assustadores e letais, mas também podem ser encantadores. Podem ser sofisticados; têm qualidades que nós, na verdade, desejamos: juventude eterna, força e inteligência. A dualidade dos vampiros os torna quase irresistíveis."

Pág. 85





O guia começa com uma entrevista exclusiva, franca e bastante pessoal, cedida por Stephenie à amiga Shannon Hale, autora de "Academia de Princesas", onde Meyer conta como tudo começou, sobre os livros, como se inspirou para escreve-los, os finais inevitáveis, como criou seus personagens; sobre a vida familiar, seus anseios, suas frustrações, seus medos, suas recompensas, as críticas, o equilíbrio entre a sua vida pessoal e sua carreira como escritora. Para os fãs, é uma oportunidade única de conhecê-la bem mais de perto.

Sempre precisei desse mundo de fantasia. Precisava ter outro mundo, onde também pudesse estar, ao mesmo tempo.

Pág. 26
Dr. Cullen
(...). Meu raciocínio científico funciona só para mim, mas com quem não acredita nele, só posso concordar. É verdade. (...).

Pág. 54






"A única vez que realmente pesquisei sobre vampiros foi quando a personagem Bella fez isso. Eu estava criando um universo meu e não queria descobrir quantas regras já havia quebrado."

Pág. 95

Nas inspirações literárias, adorei a forma como as autoras compararam algumas cenas de "Lua Nova" e "Eclipse" aos meus livros clássicos favoritos, entre eles: "Jane Eyre" e "O Morro dos Ventos Uivantes".

A autora Shannon Hale cita uma cena específica de "Jane Eyre" e, assim como a Stephenie, também não pensei nesse contexto, mas tudo faz sentido ao fazer a comparação com "Lua Nova", o que dá um ênfase a mais na trama. Vejam esse trechinho:

"(...) ela está com St. John, mas você sabe, Jane e o sr. Rochester precisam ficar juntos. E você não sabe: eles vão ficar juntos? E há aquele pequeno toque místico - quando ela o ouve chamar seu nome. E ela volta para ele, e ela o salva. (...)."

Pág. 59
(...) há muito do sr. Rochester em Edward, e acho que há muito de Jane em Edward. Porque ele se afastaria de uma situação que não é adequada, como ela faz? E ela também é como Bella, voltando para casa no fim. (...).

Pág. 60
(...). A tensão entre Edgar e Heathcliff é forte e, você sabe, Cathy faz a escolha errada. Os dois tem algo a oferecer, e ela escolhe a parte que não importa. (...).

Pág. 65

Sobre alguns personagens:

Jacob Black
(...) nasceu Jacob - como um aparato na verdade -, para dizer a Bella o que ela precisava saber. (...), assim que dei a Jacob uma chance de abrir a boca, descobri que ele era encantador. Ele assumiu aquela personalidade que era muito divertida e fácil. E você ama os personagens nos quais não precisa trabalhar.

Pág. 36

Acredito que, na verdade, nunca é só um garoto - nunca existe esse momento em que você sabe. Existe uma escolha, e às vezes ela é difícil. Romance e relacionamentos são complicados, essa coisa confusa - e você nunca sabe o que esperar, as pessoas são muito surpreendentes.

Pág. 39
Edward
"Infelizmente, Edward não é baseado em ninguém - é apenas meu desejo e imaginação. Creio que seu encanto se deva, parcialmente, às suas maneiras antiquadas. Ele é um cavalheiro, daqueles difíceis de encontrar hoje em dia."

Pág. 114




"Gosto de Edward assim indistinto, com um lado sombrio, capaz de fazer coisas que não são claramente legais ou ilegais."

Pág. 116
"Alice foi uma personagem que simplesmente surgiu, completamente formada - foi muito fácil. Era algo como: se havia um Edward, precisava haver uma irmã chamada Alice, e ela estava estava ali. Ela é uma das minhas tristezas nesse livro; eu queria muito que Alice fosse de verdade. Ah, adoraria ter uma amiga assim! Deve haver alguém exatamente como ela em algum lugar, porque, para mim, é muito óbvio que ela tenha de existir."

Pág. 137
Bella (vampira)
"Foi um momento doce e terno. Mas havia um lado sombrio, porque ele estava admitindo também quanto tinha desejado matá-la, desde o dia em que a conhecera."


Pág. 152




"Eles se tornaram os vampiros que são porque tenho uma opinião muito definida sobre livre-arbítrio. Não importa que posição você esteja, sempre existirá uma escolha. Então, criei esses personagens e os coloquei numa posição em que, normalmente, seriam os vilões, mas, em vez disso, escolheram algo diferente - esse é um tema que sempre foi importante para mim."

Pág. 124

Sobre os vilões:

"Não há muitos vilões em meus romances. Até os caras maus têm uma razão muito boa para serem como são, e alguns se regeneram no final. Não vejo o mundo como um lugar negativo."

Pág. 167

Adorei no final da entrevista que as duas escritoras falaram sobre as péssimas experiências que alguns alunos têm na escola e, por isso não tem o hábito da leitura (devido a alguns traumas que tiveram), um dos maiores prazeres da vida!

Renesmee
(...) uma das coisas mais importantes que se pode fazer pelas crianças na escola é não dar a elas apenas os clássicos, que ensinam a excelência da forma e do estilo, mas oferecer opções divertidas que mostrem que a leitura pode ser uma aventura fantástica. Deixem que elas gostem de uma história, para que, no mínimo, saibam que nem todos os livros são "duros" ou "difíceis", que alguns podem ser puro entretenimento.

Pág. 81


Meyer fala também sobre a adolescência:

"(...) é um período da vida muito envolvente - é quando surgem algumas das piores cicatrizes e as mais belas lembranças. É um tempo fascinante: (...), você se sente com idade suficiente para ser um adulto de verdade, para tomar decisões que afetarão o resto de sua vida, para se apaixonar, mas, ao mesmo tempo, você (em muitos casos) é jovem demais para ser livre e tomar certas decisões sem a aprovação de alguém. Há nisso, um vasto material para um romance."

Pág. 339

No guia também vemos a cronologia dos principais eventos desde que surgiu o primeiro lobisomem quileute, o clã dos Volturi até o nascimento de Renesmee e a batalha de "Amanhecer"; a galeria de artes ilustradas pelos fãs, retratando cenas da saga e como eles veem seus personagens favoritos; algumas capas das edições internacionais, sendo que algumas delas achei bizarras.

E o livro termina com algumas "Perguntas Frequentes" feitas pelos fãs corajosos, que eu já me perguntei quando li os livros (já havia visto há alguns anos no site da própria autora em inglês, que tem várias), só que algumas foram novidades para mim, entre elas: "Por que a janela de Bella era tão fácil de abrir em Crepúsculo?", "Como Edward foi capaz de beber o sangue de Bella no final de Crepúsculo sem infectá-la com mais veneno?", mas uma questão em destaque, me levou às gargalhadas. (Fez lembrar-me de uma tirinha de humor onde a Bella oferecia um "saquinho de chá" para o Edward, que vi há muito tempo em uma comunidade do Orkut, mas infelizmente não consegui achar essa imagem, senão tinha postado aqui para vocês verem. Era hilária!!!):

Como Edward consegue ficar perto de Bella quando ela fica menstruada?

Você encontrará a resposta para essa e outras perguntas, mas garanto que a resposta dessa pergunta tem lógica e fez todo o sentido. (risos).

Em relação a alguns extras que foram cortados das edições dos livros (que li há anos no site da autora), senti falta de uma que é a mais linda e fofa e, achei que essa valia a pena estar neste guia: o dia do baile em Crepúsculo (estendido), que no original é o Extended Prom Remix.

Uma coisa sensacional é que agora podemos conferir o playlist que a autora ouviu quando escrevia a saga, onde foi citado alguns trechinhos dos livros, com cada música, entre elas: das bandas Evanescense, Linkin Park, Muse e Coldplay. Não é maravilhoso? Agora dá até para ler ouvindo a música que a inspirou durante a transcrição das cenas.

Recomendo esse guia para todos os fãs da série, pois além de encantar-nos com
belas imagens (algumas delas você pode conferiu aqui no post), torna-se uma leitura dinâmica, prazerosa e esclarecedora. Apesar das 560 páginas, valeram a pena cada trecho lido, porque ele proporciona uma experiência completamente nova do universo de Crepúsculo, desde o momento em que Bella pôs novamente os pés na cidade de Forks até o fantástico e instigante desfecho da saga, porque complementa toda a série com informações que desconhecíamos acerca dos personagens!

Depois dessa resenha extensa, vocês só podem concluir que eu A-M-E-I!!!! Desculpem a empolgação, mas quando gosto de algo, exagero mesmo! (risos). E você, está esperando o que para descobrir mais acerca de Bella e os humanos, Edward e os Cullen, Jacob e os quileutes, e todos os novos personagens que compõem o universo de Crepúsculo?!

12 comentários:

  1. Queria muito ler esse livrinho, Carla!
    Deve ser incrível!
    Gosto de "Crepúsculo"... Nada que eu possa dizer que maravilhoso, mas gosto, sim.
    Enfim... Essas ilustrações me deixaram curiosa!

    Bjus,
    Náh

    ResponderExcluir
  2. Ameiiiiiiiiiii
    Ja desejava esse guia, porem
    com a sua resenha
    fiquei apaixona!!!

    ResponderExcluir
  3. Nossa!!!
    Eu não tinha me interessado por esse guia, mesmo AMANDO essa série mais que qualquer outra. MAs depois dessa sua resenha EU QUERO!!!!
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Carlinha!

    Adorei os desenhos, kkkk

    Sou apaixonada por esse tipo de desenho, adorei!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Até eu achei asa ilustrações lindas...
    Tem taaannnttaaa informação nesse guia que pra quem quer saber um pouco mais da série vale a pena ler.
    E as fotos estão mesmo lindas, Carlinha!

    ResponderExcluir
  6. Ei Carlinha! Eu sou fã da série!

    Adoreeeeeeeeei! Concordo com a Carla, sou apaixonada por esse tipo de desenho!

    Suas resenhas sempre maravilhosas e impecáveis!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Eu adorei, com certeza vou ter o meu, acho tão legal a gente ficar por dentro dos bastidores de uma série que eu em particular sou apaixonada!
    Pena que acabou, com certeza merecia mais um livro!
    Fiquei estarrecida com a resposta super indiscreta da pergunta sobre a menstruação!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
  8. Oieee, tudo bem?

    Tem quem não gosta, odeia, vejo cada comentário mais não tô nem aí pra essas opiniões hehehe. Gosto cada um tem o seu, certo?

    Eu adoro a saga e preciso ter esse aí na minha coleção.

    Beijos
    Blog Apaixonada por romances

    ResponderExcluir
  9. Olá, meninas!

    Fico feliz que gostaram da resenha. Muito obrigada pelo carinho.

    O guia é lindo e fiquei maravilhada com a gama de informações que nem eu sabia a respeito dos personagens, porque não foi incluído nos livros da série, especialmente em relação ao Nahuel (tive pena deste) e ao clã Volturi (Vocês sabiam que eles tinham companheiras?!).

    Assim como vocês também curto a série, apesar de algumas coisas que não concordo em relação aos vampiros (risos), mas por ser fantasia, acabo relevando e os personagens são apaixonantes, com exceção de alguns. (risos).

    -> Faby: Também fiquei estarrecida com essa pergunta. Quase tive uma síncope quando li, mas morri de rir. Como alguém teve coragem de perguntar isso para a autora?! Eu não teria!!! (risos).

    -> Lulu Sempre Romantica: Concordo com você! Também não ligo, como citei na resposta acima, também curto a série.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Fiquei loca para ler!!!
    Adoro a saga, e fiquei loca par ter esse!!!
    A resenha ficou MARAVILHOSA!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Caramba, adorei, pensei na minha irmã, mas acho que vou ver pra mim mesma. Bjs, Rose:D

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho muita curiosidade para ler esse guia, não coube no meu bolso, o preço dele é salgado. Mas o legal é que responde várias dúvidas, algumas delas são perguntas que já passaram pela minha cabeça enquanto lia a saga

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.