Garota Apaixonada em Férias - Carolina Estrella

GAROTA APAIXONADA EM FÉRIAS
CAROLINA ESTRELLA
Matrix

Este livro infanto-juvenil, com 196 páginas, é o segundo volume da série "Garota", ou seja, a continuação de “Garota Apaixonada em Apuros”.

Depois de passar grandes apuros na árdua batalha de conquistar um amor, Gabi decidiu dar mais uma chance ao Nelson, mesmo que este tenha aprontado muito antes de assumir que a amava, zoando e traindo-a no colégio, tratando-a com implicâncias, grosserias e desprezo por levar uma vida um pouco desregrada. Mas sabemos que quando amamos somos irracionais.

- Se amar fosse fácil, seria entediante, não acha?

Pág. 129

Gabi é muito certinha, pois gosta de seguir as regras impostas pela sociedade, além de ser muito romântica.

Quero saber onde foi parar o romantismo dos homens hoje em dia? Cadê as flores, os anéis de compromisso, os bombons em formato de coração?

Pág. 20

Nelson é um jovem inteligente, carinhoso, tímido, reservado, discreto, mas também chato, inseguro, imaturo, ciumento, cafona e inexperiente sempre com opiniões transitórias.

Minha relação com Nelson sempre foi assim: um dia amor, outro dia ódio... Só não sei até que ponto essa luta sentimental me fazia bem!

Pág. 81

Depois de tudo que ele aprontou, ela se sente ameaçada e insegura, porque abalou a confiança que sempre depositou nele, porque tem medo de perde-lo e de ser humilhada como foi. Por isso, se fechava por medo de se machucar, mas só o tempo mesmo para curar as mágoas de um grande amor. Sempre acreditou nele, mesmo que suas amigas dissessem para desistir dele e partir para outra.

Nelson é um cara maravilhoso, atencioso, um verdadeiro cavalheiro. Claro, sei que ele me maltratou muito no ano passado, mas eu quis isso. Até parece que você nunca amou na vida. Quem já gostou mesmo de alguém sabe o que é cometer loucuras por amor.

Pág. 119

E agora para complicar ainda mais a situação com as férias de verão chegando, ela tem de ser babá de Clara, sua irmã, e Bárbara Emília, sua amiguinha. Como se não bastasse, ainda lidar com Talita, que não quer viajar; com Gustavo, seu melhor amigo, que está estranho por causa da garota dos seus sonhos; com Paulinho (nerd, tímido e reservado), que faz Carol sofrer muito devido a um fator inesperado que abalará a todos do qual muitos jovens não conseguem sair.

- É bom mudar na vida. Às vezes caímos, outras vezes subimos. O que não podemos é ficar parados com uma opinião fixa e irredutível.

Pág. 51

Com seus amigos hilariantes e sem noção - Talita, Thaís, Lívia, Carol e Nelson -, além de sua família, Gabi passará bons e maus momentos em Búzios em sua viagem, porque assim como acontece Percy Jackson, Murphy vive perseguindo-a. Cada uma delas tinha a sua peculiaridade. Lívia era amargurada com o amor e a amizade, sendo muitas vezes arrogante e insensível, o que era estranho porque sempre foi amiga e companheira; Thaís, era a extrovertida.

Essas férias tem tudo para ser inesquecível, emocionante, além de muitas paqueras e fofocas rolando à solta. Será que todos conseguirão chegar ao final das férias de verão e ilesos? Em meio a ciúmes, desavenças terão muitas descobertas valorosas sobre a amizade e o quanto o amor é imprescindível e importante.

Fiquei doida para conhecer os lugares onde a história é ambientada. Tive a impressão de viajar com a personagem passeando por cada cantinho turístico dos arredores de Búzios.

Apreciei muito a leitura, que foi leve, agradável e prazerosa com sua linguagem coloquial narrando o universo adolescente. Passei alguns momentos entretida, divertindo-me com as peripécias de Gabi e os conflitos amorosos e existenciais, e os dramas comuns da adolescência como: problemas familiares, a inexperiência das doçuras e agruras do primeiro amor, mudanças hormonais, bebidas, drogas, falta de diálogos com os pais em meio a perdas, ciúmes, desavenças, romances, gringos, irmã pentelha, amigas problemáticas e unidas, além de muita diversão.

O livro mostra lições importantes de amizade, lealdade e afeto, abordando várias questões inerentes relacionadas aos jovens que estão em fase de transição para a vida adulta.

No decorrer da leitura, tive emoções bem conflitantes com a Gabi por ser tão ingênua, já que o Nelson tira qualquer um do sério! Mesmo assim, diverti-me demais por lembrar os livrinhos do mesmo gênero que li na adolescência como os da coleção "Primeiro Amor" e os romances juvenis do autor Pedro Bandeira. Quem não leu? Eram ótimos!

E, para minha alegria, o livro terá continuação, que a autora ainda está escrevendo, porque no final vi nas entrelinhas que ela deixou muitas coisas em aberto na história e fiquei curiosa para saber o que vem por aí.

Gostei do enredo em si, mas a única exceção desta edição é que faltou uma supervisão melhor na revisão, mas já conversei com a autora a respeito e isso será corrigido na próxima edição. Apesar disso, não há nada que interfira na história, que é muito gostosa de ler!

Os jovens vão adorar e, é claro, os adultos também, para relembrarmos os bons momentos de nossa adolescência (estou me sentindo jurássica, ou para um entendimento melhor, "velha"!) dando boas risadas com Gabi e seus amigos.

Saiba mais sobre a autora:

No Blog | Série Garota: http://www.seriegarota.com
No Twitter: @caestrella


8 comentários:

  1. Essa capa é tão fofa e não dá sinal nenhum de toda a trapalhada que a Gabbi vai se meter.
    Babá e com amigos maluquinhos... esse verão vai ser longo... kkk
    Sério, já desgostei do Nelson, tô querendo bater nele, mas também na Gabbi, isso não é amor, é cegueira. kkk
    Realmente aparenta uma leitura fácil e gostosa!!! E pelo visto mega rápida já que é curto. Adorei.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Danielle.

    Isso que relatei na minha resenha é muito pouco dos apuros que a Gabi vai se meter. É de deixar qualquer um de cabelo em pé. [risos].

    Até que o Nelson foi suportável nesse, porque no primeiro você iria matá-lo, com certeza. kkkkkkk.

    A leitura flui de forma envolvente. Em poucas horas, você lê o livro inteiro. É muito divertido.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Bom tarde, Carlinha!


    Que bom que gostou das novas aventuras de Gabi...


    Obrigada por tudo. Nelson é meio irritante mesmo, mas faz parte... rs


    Beijinhos,


    Carol*

    ResponderExcluir
  4. Oi, Carol.

    Adorei e passei algumas horas me divertindo.

    Apesar do Nelson ter me irritado, ainda prefiro personagens que mexem com as nossas emoções. Afinal, ninguém é perfeito, né? [risos].

    Agora ansiosa para saber o que vem por aí. E fiquei com peninha da Gabi, viu? Será que ainda vai continuar investindo nele ou partir para outra? ^^

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Carla!
    O livro parece ser bem leve mesmo.
    A cara dos livros juvenis que eu li quando era mais nova, lembra mesmo algumas obras do Pedro Bandeira.
    Apesar desse ar juvenil eu gostei bastante.
    Não li o primeiro livro, nem esse, mas fiquei com vontade de conhecer melhor a Gabi e seua amigos.

    ResponderExcluir
  6. Concordo. Nelson tira qualquer pessoa do sério. ÔOOO garotinho irritante, Deus.
    hahaha

    ResponderExcluir
  7.  Oi, Gabi.

    Nelson é um caso serio mesmo!!!

    Apesar disso, me diverti demais. E sinto que vem vingança por aí. Acho que a personagem não vai deixar barato, ainda mais depois daquele final. Ansiosa!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8.  Oi, Débora.

    A linguagem dele lembra muito esses livrinhos da nossa adolescência, como os do Pedro Bandeira (como você citou tão bem), Marcos Rey, da série Vagalume.

    Você vai se divertir e torcer com cada um dos personagens.

    Leia sim, vai gostar bastante.

    Beijos.

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.