Linhas - Sophia Bennett

LINHAS
SOPHIA BENNETT

Nonie é apaixonada por moda.

Edie quer salvar o mundo.
Jenny ganhou um papel num filme de Hollywood.

Recentemente, falei aqui sobre o lançamento de "Linhas", cujo original em inglês intitula-se Threads, de apenas 248 páginas, que é o primeiro volume de uma série sobre três meninas apaixonadas por moda que se juntam para ajudar uma refugiada de Uganda, que possui um talento nato.

Então, depois de concluída a leitura, discorrerei sobre as minhas impressões a respeito desse livrinho infantojuvenil, ideal para as meninas, adolescentes de 14 anos, porque é uma história divertida, relaxante, ideal para quem está cansado de ler livros densos e complexos.

Primeiramente, quero dizer que achei a capa um mimo. Para vocês terem uma ideia, ela brilha e a arte está linda com os detalhes e as florzinhas em crochê (Para quem não sabe, adoro crochê!) no rodapé e na contracapa. No título de cada capítulo tem uns arabescos, o que deu um toque a mais na leitura e, melhor ainda, o livro é bem feminino e fashion, todo pink e brilhante. Achei encantadora!

As três garotas inteligentes que fazem parte dessa história representam cada uma de nós que tivemos anseios, frustrações, sonhos ou ideais em nossa adolescência, mas que ainda continuamos sonhando... e muito! (risos). Afinal, tudo o que sonhamos, conquistamos! E, quem ainda não conseguiu concretizar seus sonhos, um dia torna-se realidade, pode ter certeza!

Devido ao fato de sua mãe ser uma ex-modelo, Nonie, de 14 anos, sempre foi fascinada por moda. Por isso, vive customizando as suas roupas e se veste diferente das demais adolescentes londrinas. Ela tem uma autoestima baixa, porque acha que não é boa em nada, em comparação com as suas amigas Edie e Jenny. Ela sente-se inferiorizada. (Quem já não passou por esse sentimento conflitante?) Leva uma vida meio superficial, pois dedica-se intensamente às revistas de moda, à customização das roupas e a observar a vida das celebridades e seus escândalos.

Já Edie é toda arrumadinha e inteligentíssima, é a melhor aluna da classe, tipicamente nerd. Quer trabalhar nas Nações Unidas e, aparentemente, vai conseguir salvar o mundo antes mesmo de entrar em Harvard. Com esse intuito, ela trabalha como voluntária nos fins de semana em um programa de apoio a crianças com necessidades especiais. Adora ler Jane Austen e cuidar do seu blog postando todos os assuntos prediletos, incluindo relacionados às causas sociais. (Temos algo em comum, pois também adoro os livros dessa autora da literatura clássica e adoro o meu blog!).

Enquanto isso, Jenny, que é a melhor amiga de Nonie, acaba de participar de uma superprodução de cinema ao lado do casal de atores mais quentes de Hollywood e de Joe Yule, o galã adolescente do momento, de olhos verdes. Assim como todos nós, Jenny é complexada, principalmente com o seu peso. Ela tem vontade de desaparecer. Seu pai ignorou sua existência por cinco anos, quando abandonou sua mãe. Independentemente da influência dele, seu sonho sempre foi ser atriz, já que ela é muito extrovertida quando está com as amigas.

Certo dia, as três melhores amigas conhecem Crow, uma garotinha negra refugiada da guerra civil em Uganda e filha de um professor apaixonado pela Inglaterra. Ela mora em Londres com a tia Florence, que trabalha na sua escola como faxineira, enquanto sua família vive em seu país em meio aos conflitos da guerra que assola sua terra natal. Aos 12 anos, Crow tem dificuldade de adaptação, porque, além de retraída, é muito tímida em função dos horrores que sofreu e da falta que sente de sua família. Ela é disléxica, tem muita dificuldade na leitura, extremamente esquisita, tem fases, mas no momento está com fixação com tutus de balé e asinhas de fada, o que é incomum na sua idade.

Usa uma jardineira de algodão azul rodeada por um imenso tutu cor-de-rosa e, preso aos ombros, um par de asas de fada pink bastante surrado. Como toque final, usa uma boina azul-celeste de crochê enfeitada com contas e pérolas falsas.

Pág. 14

Crow sofre com o bullying por parte da implicância das meninas mimadas e ricas do colégio. Menina desajustada, sempre carrega uma mochila a tiracolo e um caderno, onde vive ocupada desenhando, devido ao seu talento impressionante como estilista, porque cria vestidos fantásticos! Ao ler a história de Crow, lembrei-me instantaneamente do livro "Pequena Abelha", de Chris Cleave, também lançado pela Intrínseca. O seu dom acaba aproximando-a de Nonie, Edie e Jenny.

Devido a diversas situações que elas presenciam, decidem ajudar a garotinha, cada uma à sua maneira, e é quando têm a chance de realizar algo realmente grandioso e, com isso, tornar todos os seus sonhos realidade, unindo as suas forças, para que o mundo com o qual Crow sempre sonhou concretize-se e acabam adquirindo novas experiências que irão transformar as suas vidas. Afinal...

No mundo da moda, os contos de fadas acontecem de verdade...

E a história de Crow, entremeada com a de suas amigas, torna-se um verdadeiro conto de fadas, repleto de alusões ao universo fashion da alta costura, das artes e das celebridades, seja no âmbito da moda ou do cinema.

Muitas vezes, ficou a famosa pergunta no ar:

Mas quem realmente está ajudando quem?

Divididas entre o que parece ser o céu de qualquer fashionista e a causa humanitária das crianças na guerra civil de Uganda, elas acabam descobrindo que nada é mais importante que seguir os próprios sonhos.

Esse livro ensina-nos muitas lições e citarei uma delas:

"Ninguém deve ser rotulado e julgado porque escolheu se vestir de um jeito diferente da maioriaelo modo de se vestir."

Pág. 14

Adorei Nonie, Edie, Jenny, Crow e diversos personagens, entre eles:

- Harry (irmão de Nonie) - Fotógrafo. Superbacana, superbondoso e cativante. Acho que a Edie tem uma quedinha por ele. Será que isso rola nos próximos volumes? Ficarei na torcida! (risos). Ele lembrou-me muito do Rodrigo, irmão da Vivi, do livro "Entre o Amor e a Amizade", da Bianca Briones, que ainda estou lendo. Os dois são divertidos e tem a mesma doçura e encanto.
- A avó de Nonie - Uma dama distinta da sociedade que muda a sua maneira de ser quando conhece Crow.
- Svetlana - Uma supermodelo, que é peça fundamental na história de Crow.
- Joe Yule - Apesar de ser o galã do momento, fiquei muito zangada com o que ele fez com Jenny. (Pobre Jenny!). Será que há uma chance nos próximos livros da série? Só nos resta aguardar!

A Editora Intrínseca tem os direitos de publicação aqui no Brasil.

Série Linhas

1. Linhas (Threads)
2. Brilhos (Beads, Boys & Bangles)
3. Sequins, Stars & Spotlights

Site Oficial da Série:
http://www.threadsthebook.com/

Site Oficial da Autora:
http://sophiabennett.com/

Site Oficial no Brasil:

Twitter das personagens da série "Linhas",
onde
cada uma tem seu estilo e suas dicas sobre moda
:

7 comentários:

  1. Nossa que legal, nunca podia imaginar que esse livro tratasse desse assunto, grande surpresa mesmo!
    Gostei bastante da resenha, mostra o que se esperar lendo Linhas, que apesar de ser um titulo que não diz muito parece ter tudo a ver com a história!

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ótimo!!!
    Toda vez que eu leio, penso que é Nanie... é tão parecido com meu nome >.< ou melhor, apelido!! hehehehhe
    Quero mtu ler esse livro \o/

    ResponderExcluir
  3. Parece ser um livvro totalmente fofo!!!

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oii
    Tem um Selinho para vc no meu Blog!
    Feliz Natal e Bom ano Novo!

    =)

    Visitem, comentem, sigam e aproveitem o meu blog:
    http://malucosdaleitura.blogspot.com/
    ...
    ♥ ... Bem sei que me AdoraM ...♥
    ...
    XoXo

    ResponderExcluir
  5. Eu estou louca por esse livro. Acredito que vai ser uma história que vou amar, bem espero isso rsrss.

    Feliz natal
    bjs

    Amanda / Vício em livros

    ResponderExcluir
  6. O livro parece ser excelente!!Já está na minha lista!

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.