[Breves impressões] Minhas para proteger - F. P. Rozante

MINHAS PARA PROTEGER
F. P. ROZANTE
Publicação independente | 2016 - 2ª edição

SINOPSE: Certa vez escutei que duas almas destinadas a ficarem juntas serão guiadas até que se encontrem. Mas no mundo é muito mais fácil encontrar a crueldade do que o amor. Posso afirmar, pois estou marcada, ferida e certa de que nem o tempo é capaz de curar velhas feridas. Não sou cética, apenas ciente de que não posso me arriscar. Não posso colocar em risco meu bem mais precioso. Aprendi a sobreviver sozinha e é deste modo que pretendo seguir até o fim. Mas, o que fazer quando nossas convicções são colocadas à prova? Uma coisa é certa. Não podemos fugir do que estamos destinados.


Há livros que nos marcam por uma hora, um momento, mas há aqueles que se eternizam para sempre em nossas memórias devido ao fato de mexer com nossos sentimentos, falar em nossa alma, nos fazer refletir acerca da vida mostrando valores que estão se perdendo, tais como: romantismo, amor, respeito, bondade, tolerância, humildade, altruísmo, família, fé, entre outros. 

Este romance sensível – que é o primeiro volume da SÉRIE DESTINADOS – me encantou desde a primeira página e como diria o protagonista: "um raio de luz em meio à escuridão". Um livro que incute a esperança de que dias melhores virão, basta acreditar que tudo é possível.

A autora é uma das poucas que consegue emocionar com histórias tão verossímeis que enobrece e engrandece a alma do leitor que anseia por tramas atuais e, ao mesmo tempo, que falam ao nosso coração com drama, humor e ternura. Ela te leva de um extremo a outro. Ao mesmo tempo que você se encanta, no outro momento você está chorando, rindo ou querendo passar algum conforto para esses dois protagonistas repletos de questões internas, lembranças que machucam, que os fazem ter tanto em comum.

Não tem como não se encantar com o drama de Viviane, a coragem e a força de Augusto e a candura de Julia.

É impossível não se emocionar, rir, suspirar e, ao mesmo tempo, sorrir enlevada ansiando um personagem que é o companheiro que idealizamos em nossos sonhos em todos os sentidos da palavra: "Minhas para proteger, minhas para amar".

"Não se tratava apenas de carinho por ter sido acolhida, agradecimento por tudo que ele me ofereceu... Era amor, eu havia deixado Romão entrar, e ele aproveitou e se enraizou. Era meu porto seguro, tudo que eu precisava, tudo que eu pedi a Deus, dia após dia, em meio à solidão e o medo."
[...] aquele beijo era diferente, era um beijo de cura, um beijo de entrega, onde ambos confirmávamos que estávamos juntos e que enfrentaríamos tudo. Um beijo que refletia o amor, um beijo que significava uma nova chance.

Esse livro está à venda em formato digital
na AMAZON e pelo KINDLE UNLIMITED.




Nenhum comentário:

Postar um comentário


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Copyright © 2009, 2022 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.