A Ascensão dos Nove - Pittacus Lore

A ASCENSÃO DOS NOVE
PITTACUS LORE
Intrínseca


Este livro (The Rise of Nine, 288p.) é o terceiro volume da série Os Legados de Lorien.
 

[AVISO: Se você ainda não leu a série, todos sabem que evito spoilers, mas pode conter dados importantes que aconteceram nos livros anteriores!] 

Já sabemos que o planeta Lorien foi devastado pelos mogadorianos, e seus habitantes, dizimados. Exceto nove crianças (os Gardes) e seus guardiões (Cêpans), que se exilaram na Terra. Depois de se separarem, eles seguiram caminhos distintos aqui. Enquanto estiverem dispersos e distantes uns dos outros nos quatro cantos do planeta, estiveram protegidos por um feitiço. Qual era o propósito dessa ajuda para enfrentar e lutar com os inimigos? Quanto tempo ficariam escondidos? 

Os Gardes possuíam Legados, sendo que alguns os diferenciavam entre si, enquanto outros demoravam a se desenvolver, entre eles: telecinesia, Lúmen, enxergar no escuro, curar ferimentos, respirar embaixo da água, telepatia, mudar de idade, teleportar, antigravidade, supervelocidade e superaudição.

Até agora sabemos que o Número Um foi capturado na Malásia; o Número Dois, na Inglaterra; o Número Três, no Quênia, mas falharam com John Smith, o Número Quatro, em Ohio, e com a Número Seis, em Nova York, que escapou.

No segundo volume vimos que
a mentira era o que mantinha Seis viva. Ela lutava para sobreviver antes de encontrar John e juntos constataram o quanto eram poderosos e decidiram se separar para encontrar os outros Gardes.

Ela foi à Espanha e encontrou Sete e Dez (Marina e Ella), que viviam em um convento e orfanato austero, mas agora estão à procura de John e dos outros. Eles querem terminar o que começaram, mas terão que travar uma árdua batalha.

“Quando vocês dez nasceram, Lorien reconheceu seu coração forte, sua determinação, sua compaixão, e portanto conferiu-lhes o papel que teriam de assumir: o papel dos dez Anciões originais. Isso significa que, com o tempo, aqueles de vocês que sobreviverem se tornarão muito mais fortes que qualquer outra coisa que Lorien jamais tenha visto, muito mais fortes até que os dez Anciões originais de quem receberam suas Heranças. Os mogadorianos sabem disso, e essa é a razão pela qual os caçam com tanto empenho agora.
Pág. 168

Agora, Seis quer que os mogs, que
se aliaram ao FBI, paguem pelo que fizeram ao destruir todos que amavam na Terra e em Lorien. Seu objetivo é derrotá-los e fazer o necessário para se vingar, porque é uma guerreira temida e já cansou de ser caçada.

- Mas os mogs vão destruir a Terra, ou pior, quando se livrarem de nós. O governo não sabe disso? Não é óbvio que nós somos o lado do bem?
Pág. 106

Como se não bastasse lidar com os seus problemas e sentimentos contraditórios, com a chegada d
o poderoso líder mogadoriano Setrákus Ra, os Gardes se tornaram uma ameaça e este intensifica seus esforços para matá-los. Apenas Pittacus Lore, o mais poderoso e forte dos Anciãos lorienos, pode derrotá-lo!

Foragidos, Nove e John estão à procura dos outros e de Sam, o amigo leal e compreensivo que está desaparecido.


- Se você não está com Lorien no coração, é melhor dizer agora. Não vou andar por aí com um traidor. Nosso único objetivo é fazer o possível para chegarmos ao máximo de nossa força e derrotar Setrákus Ra e seu exército. Só isso. Entendeu?
Pág. 108

Neste livro, além dos heróis que conhecemos, veremos novos personagens cativantes, entre eles: Nove (um jovem bravo e exibido que John encontrou numa cela mogadoriana. Apesar de intimidador e arrogante, por trás da máscara habitual de desprezo e sarcasmo, carrega uma dor profunda e tem um lado humano inesperado que sempre surpreende, já que é confiante e seguro de si), Oito (brincalhão e cauteloso como os outros).

Eles gostariam de levar uma vida normal sem precisar proteger um ao outro nessa guerra intergaláctica gigantesca, porque todos querem algo familiar para viver. John acredita que é aquele que vai acabar com essa guerra.

Em meio a tantos conflitos para salvar suas vidas ainda há um fio de esperança nos pequenos gestos onde mostra que com amor, lealdade, amizade e coragem tudo se conquista.

A ascensão dos Gardes é agora, mas será que sobreviverão ao que está por vir?

E o que significa o último painel? Mostra um confronto que claramente continua em andamento, sem desfecho definido. E por que o planeta está cortado ao meio? O que a imagem está prevendo?
Pág. 143

Sairão ilesos do que os aguarda e encontrarão as arcas e os outros aliados, entre eles Sam e o Número Cinco?


- Todos vocês foram escolhidos para terminar esta batalha! Vocês avançarão e destruirão as crianças lorienas. Quando elas estiverem mortas, vocês me trarão seus pingentes e suas arcas. Esmagarão os amigos humanos delas. Vocês  não falharão!
Pág. 185

Não quero me estender mais sobre a história porque tem muita informação crucial e importante que pode estragar a leitura de qualquer leitor ávido, mas garanto que há revelações bombásticas e surpreendentes a cada página permeada de muita aventura, ação, adrenalina, suspense, monstros, FBI, lutas e perigos, humor e, claro, romance culminado com diversos clichês juvenis, que amenizam os momentos tensos.


Quando ele me põe no chão, recuo e o encaro. Com apenas um olhar já percebo que esse momento romântico e incrível foi um gesto espontâneo de gratidão. Nem mais, nem menos. Sou uma idiota. Preciso mesmo superar essa quedinha.
Pág. 115
- (...). Não sei explicar o que o amor é para mim, como ele me preenche e me dá forças, mas sei que é poderoso e bonito, e sei que é isso que sinto por John. Eu o amo, e vou amá-lo para sempre.
Pág. 239

Gostei da capa do livro que ilustra o símbolo do Nove, mas o título me intrigou. De acordo com a trama, seria “A ascensão de Nove” ou “A ascensão do Nove”, que é narrado em primeira pessoa intercalando os capítulos sob a perspectiva de John Smith, Seis e Marina. Você percebe que a fonte muda a cada narrativa, o que apreciei muito porque diferencia cada personagem.

Algumas coisas me deixaram intrigada: o fato dos Cêpans não saberem tudo e não estarem tão preparados como pensamos com o intuito de treinar as crianças. A história dos dez Anciões que ainda não foi esclarecida, mas talvez veremos nos próximos livros.

A leitura é fluida e envolvente onde fiquei com os nervos à flor da pele por conta dessa batalha iminente e pela complexidade do enredo eletrizante.

Sem dúvida, este volume conseguiu superar em muito os anteriores da série. Isso mesmo! Agora a trilogia virou série! Quase surtei quando fui pesquisar mais a respeito. Ao que tudo indica, serão lançados cinco livros e outros spin-off, que complementam a série.

Série "Os Legados de Lorien"

1. Eu sou o Número Quatro (I am Number Four)
2. O Poder dos Seis (The Power of Six)
3. A Ascensão dos Nove (The Rise of Nine)


Livros complementares:

  • Os Arquivos Perdidos: Os Legados da Número Seis (The Lost Files: Six's Legacy)
  • Os Arquivos Perdidos: Os Legados do Número Nove (The Lost Files: Nine's Legacy)

Um comentário:

  1. Li apenas o primeiro livro, e infelizmente nao tive tempo de ler o segundo, e agora já estamos no terceiro \o.... tenho que agilizar a leitura o.O

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.