Guia do Herói para Vencer Dragões Mortais - Cressida Cowell

GUIA DO HERÓI PARA VENCER DRAGÕES MORTAIS
CRESSIDA COWELL
Intrínseca

Este exemplar, cujo original em inglês A Hero's Guide to Deadly Dragons, que é o sexto volume da série "Como Treinar o seu Dragão", foi lançado em 1 de setembro de 2011, com 256 páginas.

Sua leitura irreverente proporcionou-me algumas horas de puro entretenimento, que passaram voando, como o teimoso dragão Banguela. (risos).

Como já relatei nas resenhas anteriores da série Como treinar o seu Dragão, sempre me surpreendo a cada lançamento, cujas capas alegres e coloridas, tornam o livro ainda mais atraente e convidativo com suas ilustrações extremamente divertidas entre os capítulos recheados de muita aventura, entremeados com alguns dramas vividos pelos personagens, cujos nomes são inovadores por serem bizarros e nesse volume não foi diferente, onde muitas vezes tive pena, porque algumas cenas chegaram a me comover pela lição em si que ela trazia, o que é maravilhoso, porque incute um ensinamento para o público infanto-juvenil.

Todos já sabemos que Soluço Spantosicus Strondus III foi o mais grandioso herói já visto em todo o território viking. Bravo, impetuoso e muitíssimo inteligente, sofreu o pão que o diabo amassou para superar todas as dificuldades e adversidades, simplesmente pelo fato de ter um dragãozinho teimoso e mal-educado.

No volume anterior, Soluço impediu um vulcão de entrar em erupção e enfrentou um Dragão Exterminador que tinha despertado e avançaria sobre sua tribo com Fogo e Destruição.

Nessa nova aventura, prestes a completar doze anos, ele continua com o seu treinamento de piratas na Ilha de Berk, mas as comemorações do seu aniversário, é claro, não serão muito tranquilas, porque quem já leu os livros anteriores da série, sabe que um dia normal na vida de Soluço, é um dia repleto de problemas sempre com a Lei de Murphy interferindo em seu percurso! Se não tiver isso, é um dia completamente anormal! (risos).

"Por favor, Thor, permita que este seja um dia lindo e TRANQUILO. sem tempestades, sem encontros com vilões homicidas com ganchos no lugar das mãos, sem o tipo mais mortal de dragão. Pelo menos não no meu aniversário."

Pág. 34

Mas Soluço mal sabia o que o aguardava e tudo por causa de uma travessura de Banguela, que não queria comer sua comida, especialmente pedaços de madeira, que ajudaria a lançar o fogo. Caso contrário, poderia adoecer e explodir.

- (...), se você vai insistir nisso, eu vou para o Torneio de Roubo sem você. Mas, quando eu voltar, é melhor que tenha sumido TODA essa madeira ou não vai ganhar NENHUM HADOQUE.

- Você é um MESTRE muito m-m-mau e seu coração é feito de maldades.

Pág. 35

Pobre Soluço! Mal sabe o que o espera quando voltar! (risos).

Enquanto isso estava tendo o Torneio de Roubo e as Ladras do Pântano saíram vitoriosas em todas as disputas e debochavam cruelmente do desempenho dos Hooligans. Por isso, Stoico fez uma aposta com Bertha que, até o final do dia, eles seriam tão bons quanto elas. Depois de uma participação deprimente no torneio, Soluço leva o maior susto quando constata que Banguela comeu três quartos do novo trono do seu pai, que era contra a ideia dele ler e escrever livros, já que foram banidos pela tribo viking, porque seus ancestrais deviam aprender aulas de descortesia, machado ao alvo, violência lunática, roubo de ovelhas, entre outras coisas, exceto ser culto, já que os livros eram desprezados, por serem vistos como uma péssima influência civilizadora e uma ameaça à cultura bárbara. Proibidos, eram trancados a sete chaves pelo Bibliotecário Cabelo Assustado e seu temível exército de quatrocentos Guerreiros Cabeças-ocas e Dragões-brocas, que guardavam a grande e sombria Biblioteca Pública dos Cabeças-ocas.

- LIVROS SÃO INÚTEIS, SOLUÇO, INÚTEIS! SÓ EXISTE UM LIVRO QUE VALE A PENA LER, UM LIVRO QUE É A EXCEÇÃO A ESSA REGRA, E ESSE LIVRO É COMO TREINAR O SEU DRAGÃO, DO PROFESSOR TOSCO TRASTE. (...).

Pág. 58

Este livro é a única prova que Stoico tem para Bertha, mas Soluço apavora-se ao descobrir, sem que seu pai perceba, que Banguela destruiu-o e ele é a única chance de seu pai ganhar a aposta. Diante desse fato, ele não sabe o que fazer, porque o livro está totalmente destruído e seu dragãozinho será banido.

- (...), se esse seu dragão fizer mais UMA coisa desse tipo... só mais uma coisinha... eu vou... vou... vou... BANI-LO.

Pág. 59

Diante desta ameaça, a única solução encontrada é roubar um exemplar na Biblioteca Pública dos cabeças-ocas, mas não contavam que ela fosse tão fortemente guardada e vigiada. Ao chegar lá, se viu pendurado por uma só mão no peitoril de uma janela.

E em meio a isso, está Insensato, o Assassino, chefe da Tribo Assassina, que está à caça do ladrão que roubou um Dragão Furtivo, sua arma militar secreta.

Todos sabemos que os vikings são os Grandes Bárbaros, o terror dos mares e a calamidade da civilização, mas Soluço enfrentará a sua maior, aterrorizante e horripilante aventura repleta de perigos e percalços se metendo numa grande enrascada se perdendo em um labirinto na mira do bibliotecário Cabelo Assustado, enfrentando os perigosos Dragões-brocas, larvas-de-coceira Ardentes, vermipífios venenosos, tribos assassinas e o terrível Insensato, o Assassino, prontos para atacá-los.

E, melhor ainda, Soluço terá que enfrentar tudo isso juntamente com seus fiéis amigos, Perna-de-Peixe, a convencida Camicazi e o teimoso Banguela. Será que Soluço vai conseguir bancar o herói mais uma vez, roubando o livro para impedir que Banguela seja banido e seu pai ganhe a aposta?

Seus amigos sairão ilesos ou morrerão nesta jornada em uma luta heroica com dragões homicidas? Como lidarão com todos os perigos que encontrarão pelo caminho? Isso você só saberá lendo o livro! Só garanto que o desfecho foi surpreendente.

No final do livro, me deliciei com o Dicionário de Dragonês e com as descrições das espécies mortais de dragões. Agora poderemos falar exatamente como o Banguela! (risos). E ao que tudo indica, pode surgir uma companheira para o nosso dragãozinho. Achei tão fofo!

Adorei a volta de Camicazi e dos personagens dos livros anteriores. Com tantas reviravoltas em meio aos acontecimentos, garanto que Alvin, o Traiçoeiro, não fez a menor falta (risos), mas só saberemos dele no próximo volume.

Por meio dessa série, estou adentrando ainda mais no universo viking, onde Soluço está se encaminhando para tornar o herói que seu pai tanto quer.

As duas grandes lições mostradas nesse livro são: primeira, por mais que você ame sua família, nem sempre é fácil ser o que eles querem; e segunda, o mundo universal dos livros, incentivando e propagando a leitura. Em uma determinada cena, identifiquei-me com Soluço quando foi tomado por uma forte emoção ao deparar com tantos livros, que nunca viu na vida e sentiu que eles poderiam transformar o seu mundo com toda a gama de informações contidas ali, que lhe trariam um vasto conhecimento e à toda Nação Viking.

Abrir cada livro é como abrir uma porta para outras épocas, outros mundos.

Pág. 199

Não posso sequer imaginar como é viver em um mundo no qual os livros foram banidos! E você, imagina?

Conheça os outros livros dessa série infanto-juvenil escrita e ilustrada pela própria autora:

Como Treinar o Seu Dragão

1. Como Treinar o Seu Dragão (How to Train Your Dragon)
2. Como Ser um Pirata (How to Be a Pirate)
3. Como Falar Dragonês (How to Speak Dragonese)
4. Como Quebrar a Maldição de um Dragão (How to Cheat a Dragon's Curse)
5. Como Mudar uma História de Dragão (How to Twist a Dragon's Tale)
6. Guia do Herói para Vencer Dragões Mortais (A Hero's Guide to Deadly Dragons)
7. Como Navegar em uma Tempestade de Dragão (How to Ride a Dragon's Storm)
8. Como Partir o Coração de um Dragão (How to Break a Dragon's Heart)

Mal posso esperar pela próxima aventura e ver o que acontecerá com Soluço, Banguela e toda a sua turma em: Como Navegar em uma Tempestade de Dragão. Só me resta aguardar!

10 comentários:

  1. Oi, Carlinha!

    Esses livros tem uma cara de ser tão fofinho!!!

    Adorei sua resenha!

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. CArlinha!
    Essa é uma das séries do meu desejo e quando leio suas resenhas, fico ainda com mais vontade de ler e adquirir.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Ah... Carla, estou louca por essa série! Dizem que é muito boa e engraçada! Estava em promoção esses dias no submarino, mas não deu para mim comprar... Mas, com certeza, estão na minha lista de "desejados"!
    Aliás, adoro histórias com vikings!
    Bjus,
    Náh

    ResponderExcluir
  4. Depois daquele livro que ganhei aqui no blog fiquei apaixonadaaa pela série!

    Otima resenha Carlinha!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu já li este livro e adorei,li toda a coleção antes desse ,já vi o filme também...
    Eu tenho apenas 9 anos e sou a maior fã da literatura e de BANGUELA ( apesar de ele ser bastante teimoso ).

    ResponderExcluir
  6. Depois que vi o filme Como Treinar o Seu Dragão fiquei interessada em ler os livros.Beijos LucianaNão deixe de visitar o Blog - Apaixonada por Romances

    ResponderExcluir
  7. São fofos e hilariantes, Ka. Você vai adorar rir por algumas horas. ^^

    ResponderExcluir
  8. Oi, Rudy.

    Fico feliz que você aprecie e que consigo te deixar instigada. [risos]
    Recomendo!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Náh. Também adoro, ainda mais se é recheada de caricaturas engraçadas e divertidas. Você vai adorar! ^^

    ResponderExcluir
  10. A série é fofa mesmo e divirto-me demais! ^^

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.