Como Treinar o Seu Dragão :. Cressida Cowell

COMO TREINAR O SEU DRAGÃO
CRESSIDA COWELL

Título Original: How to Train your Dragon

PRIMEIRO VOLUME DA SÉRIE
"COMO TREINAR O SEU DRAGÃO"

Primeiramente, queria agradecer a Editora Intrínseca por ter me cedido esse exemplar, como também pelo belíssimo trabalho que vocês fazem, trazendo ótimos livros, tanto de qualidade quanto de entretenimento, porque através da leitura desse livrinho, proporcionaram-me algumas horas super divertidas e garanto a vocês, caros leitores, que elas passaram voando... (risos). É excelente! Bom demais!

Comecei a ler essa série pelo segundo volume, mas ressalto que A-M-E-I esse livrinho tanto quanto Como Ser um Pirata, que é imperdível e, melhor ainda, porque é repleto de emoções, aventuras e, é claro, muitas estripulias do Banguela! (risos).

Através desse primeiro volume, adorei saber como foi o princípio de tudo. Só para vocês terem uma idéia, li-o essa semana em apenas dois dias, mas só tive tempo de resenhar agora. Apesar de ser voltado para o público infantojuvenil, essa história foi surpreendentemente agradável!

Uma leitura deliciosa, divertida, debochada, irreverente, irresistível e original. Com ilustrações engraçadas, cheio de piadas ótimas, cenas dramáticas e tocantes, personagens com nomes bizarros, essa série de livros nos passa uma bela mensagem, o que acaba sendo maravilhoso. Repleta de aventura, ação, humor, fantasia e ilustrações extremamente divertidas, que fizeram-me lembrar do livro Como se Tornar o Pior Aluno da Escola, do autor Danilo Gentili. Para ler a minha resenha, clique aqui.

Antigamente, Soluço Spantosicus Strondus III era um extraordinário Herói Viking. Chefe guerreiro, mestre no combate com espadas e naturalista amador, era conhecido por todo o território Viking como "O Encantador de Dragões", devido ao poder que exercia sobre as terríveis feras.

A história começa com Soluço narrando suas memórias de quando era garoto e levava uma vida pacífica e normal, como todo garoto da idade dele. Herdeiro do chefe supremo da Tribo dos Hooligans Cabeludos, grande orgulho e esperança de todo o território viking, mas sem o menor talento para liderar, suas notas são sofríveis, mas ele precisa provar do jeito mais dificil que é capaz de tornar-se membro da tribo, devido ao fato de ser filho do Chefe, Stoico, o Imenso. Ele não era um herói nato, capaz de treinar um dragão apenas com um erguer de sobrancelhas, mas estava em treinamento para a sua iniciação de guerreiro, cujo objetivo era capturar e treinar um dragão, que precisava ser um animal impressionante: um Pesadelo Monstruoso, que é perigosíssimo!

Soluço precisou se esforçar muito, especialmente pelo fato da Lei de Murphy ficar interferindo em sua vida. Você já passou por isso ou conhece alguém que essa lei persiste em perseguir? Eu sim! (risos). Ele acaba capturando um dragãozinho, que viria a ser seu grande amigo e companheiro, mas tem um pequeno porém, ele é muito, mas muuuuito teimoso e mal-educado, além do fato de ser banguela. Daí o seu nome: Banguela. Ele era uma criaturinha de jardim muito pequena e nada ameaçadora com aqueles olhos inocentes... mas de inocente não tem nada. (risos). E foi, a partir daí, que o destino de Soluço começou a ser traçado.

No decorrer da leitura, percebi que ele não se encaixava de forma nenhuma no perfil de um guerreiro, mas depois que descobriu como domesticar os dragões e evitar a destruição da aldeia, conquistou o direito de continuar com o seu treinamento.

Nessa primeira aventura, Soluço aprende algumas coisas incríveis sobre suas capacidades antes subestimadas. Além de treinar o seu dragão desobediente e terrível demais, ele tem que encarar os maiores desafios com o intuito de deixar de ser o Inútil, como é chamado por todos da aldeia. Enfrentar os maiores perigos em uma caverna repleta de dragões adormecidos, capturar o seu dragão, aprender a gritar com ele e a domesticá-lo, torná-lo obediente, (o que é um sacrífício para Soluço, porque Banguela, além de ser egoísta e não ter nenhuma gratidão, é extremamente terrível, sem moral nenhuma!). Sabem aquelas crianças bem malcriadas? "ADOROOO"! Pois, é... (risos). Mas ele era uma gracinha, ótima companhia e carente de atenção e acabou me conquistando completamente, ensiná-lo a caçar, aprender a falar dragonês, etc. Essa é apenas uma das inúmeras tarefas do Teste Final de Iniciação dos Jovens Heróis que se realizará no Dia de Thor, que acaba sendo um acontecimento que mudará suas vidas e faz com que Soluço tome uma atitude inesperada... O que será que aconteceu? Isso você só saberá lendo o livro! (risos).

Só para vocês terem uma ideia da teimosia do bichinho, ou melhor, do Banguela, deixo um trechinho no quadro abaixo que foi hilariante:

- MAS NÃO TEMOS PEIXE!

- Tudo bem, então - disse Banguela. - Como um g-g-gato.


Ele se virou para dar um bote em Arrepiado, mas o gato subiu a parede mais próxima soltando um berro de terror.


Pág. 80

Chorei de rir nessa parte! Só ficou pairando na minha imaginação fértil o escândalo que Banguela fez. Soluço é paciente demais, se fosse eu... tive vontade de esganá-lo! (risos).

Adorei uma das inúmeras lições aprendidas nesse livro.

Imagine que você passasse toda a sua vida sentindo-se inferiorizado, mas que no fim, você torna se útil, mesmo que para isso tenha que transpor o grande obstáculo de uma grande batalha a ser vencida! Afinal, todos somos heróis, à nossa maneira.

Adorei conhecer um pouquinho mais do universo nórdico e dos vikings. Fez-me lembrar do mundo de Asterix & Obelix, que são bem parecidos. Por isso, recomendo Como Treinar o Seu Dragão, porque crianças, jovens e adultos ficarão fascinados quando conhecerem Soluço e o dragão Banguela.

Conheça os outros livros dessa série infantojuvenil escrita e ilustrada pela própria autora:

Como Treinar o Seu Dragão

1. Como Treinar o Seu Dragão (How to Train Your Dragon)
2. Como Ser um Pirata (How to Be a Pirate)
3. Como Falar Dragonês (How to Speak Dragonese)
4. Como Quebrar a Maldição de um Dragão (How to Cheat a Dragon's Curse)
5. Como Mudar uma História de Dragão (How to Twist a Dragon's Tale)
6. Guia do Herói para Vencer Dragões Mortais (A Hero's Guide to Deadly Dragons)
7. How to Ride a Dragon's Storm
8. How to Break a Dragon's Heart

O FILME

Como Treinar o Seu Dragão, o primeiro livro da série, foi adaptado para o cinema em animação 3D, produzido pelos estúdios DreamWorks, que lançaram 'Shrek', 'Madagascar', 'Kung Fu Panda.' Tornou-se sucesso de bilheterias no Brasil e no mundo garantindo assim a continuação para 2013. Vamos aguardar!

Mas vou avisando que, por se tratar de mídias diametralmente opostas, são completamente diferentes, mas ambos são excelentes e puro entretenimento. Diversão garantida para toda a família! Vale a pena!

Agora vamos aguardar a continuação do filme.

Você está ansioso e quer saber o que aconteceu com Soluço e Banguela, leiam a resenha na continuação de suas novas aventuras: Como Ser um Pirata.

8 comentários:

  1. O filme é muitoo fofo! O livro é maravilhso! adoro!

    bjus

    ResponderExcluir
  2. To vendo que o livro é bem diferente do desenho, né? Eu ainda não assisti ao desenho, mas pelo que a minha tia me contou, tem mt diferença. Estou louca pra ler esse livro, ainda mais agora q viciei na série. O banguela é fofo, mas como vc mesmo disse, tem vezes q dá vontade de esganá-lo por ser tão mimado huhauhauahuah
    Eu morri com a quote do gato *__*
    Agora vou ler a resenha do livro do Danilo, me interessei. Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Adorei o livro, principalmente o banguela ^.^

    Legal o blog, já estou seguindo!
    Beijos!

    umajanelasecreta.com

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei bastante do livro, agora quero ler as continuações!!!


    http://www.conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não li nenhum livro dessa série.

    Adorei a sua resenha e fiquei com vontade de ler o livro, ver o filme e conhecer mais da vida desses personagens.

    beijos

    ResponderExcluir
  6. "Você já passou por isso ou conhece alguém que essa lei persiste em perseguir? Eu sim! (risos)."

    Eu! Eu! Murphy me ama!! hahahahaha
    Adorei a resenha, Carlinha!
    Meu afilhado já tinha me deixado curiosa pra lê-lo e agora você completou o serviço! Vai comigo pra Santarém hahahaha

    ResponderExcluir
  7. Oi Carla!

    Eu também fiz como você, comecei a ler pelo segundo, voltei neste e depois fui para Como falar Dragonês, mas aí ficou melhor completa né?
    rsrsrs
    Adorei a série e morri de rir! E na minha opinião o livro só melhorou ao longo dos livros!

    Boas leituras!
    Thaís :-D

    ResponderExcluir
  8. Tenho os dois primeiros livros mas ainda não li. Espero ler logo, já que ele são pequenos. Também quero ganhar o novo, Como Falar Dragonês, que deve ser ótimo.

    ResponderExcluir


Quer deixar seu comentário? Fique à vontade!

Agradeço sua visita e volte sempre! ^^

Postagens Recentes

Últimos Comentários

Copyright © 2009, 2015 - Sonho de Reflexão - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
As postagens desse blog são de minha autoria. Se tiver algo produzido por outra pessoa, os créditos serão devidamente mencionados. Se quiser reproduzir algum texto meu, me avise e dê o devido crédito. Leia os "Termos de Uso". A imagem da mulher lendo foi retirada do quadro "A Quiet Moment" da artista americana Sandra Kuck.